Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/6836
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 31-Aug-2012
metadata.dc.creator: ANDRADE, Daniele Bonente Melo de
metadata.dc.contributor.advisor1: BRIENZA JÚNIOR, Silvio
Title: Identificação de áreas preferenciais para uso de espécies florestais potenciais em sistemas agroflorestais no Arco Verde Paraense
metadata.dc.description.sponsorship: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: ANDRADE, Daniele Bonente Melo de. Identificação de áreas preferenciais para uso de espécies florestais potenciais em sistemas agroflorestais no Arco Verde Paraense. Orientador: Silvio Brienza Júnior. 2012. 78 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Belém, 2012. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/6836. Acesso em: .
metadata.dc.description.resumo: O desmatamento é um processo evidente na Amazônia oriundo da ação antrópica predatória dos recursos naturais. A extração madeireira e a agropecuária são as principais atividades que tem promovido a destruição da floresta no Arco do desmatamento. Entretanto, o reflorestamento tem sido o foco de políticas públicas que o Governo tem desenvolvido por meio do Programa Arco Verde. No Pará este projeto está sendo aplicado em 16 municípios que integram as áreas críticas de desmatamento devido às pressões antrópicas exercidas. Nesse contexto, os sistemas agroflorestais tem sido uma das alternativas para reflorestamento dessas áreas. Neste trabalho objetivou-se a identificação de áreas preferenciais para plantio de 15 espécies florestais potenciais para uso em sistema agroflorestais. A partir do mapeamento da ocorrência das espécies florestais selecionadas, e do cruzamento de dados geográficos de tipologia climática e deficiência hídrica, identificou-se 24 zonas bioclimáticas no Arco Verde paraense. Os resultados para o plantio das espécies florestais em áreas preferenciais foram: J. copaia, T. serratifolia e B. excelsa são potenciais para serem plantadas em 100% do Arco Verde Paraense; C. pentandra, H. courbaril, S. morototoni e T. vulgaris são indicadas para serem plantadas em 98% da área alvo; C. odorata, C. goeldiana, D. odorata, S. macrophylla são indicadas para serem inseridas em 75% do Arco Verde paraense; C. guianensis, S. parahyba var. amazonicum, B. guianensis e V. maxima em 60% da área estudada. Em suma, é necessário se intensificar estudos em espécies florestais que são indicadas para as áreas preferenciais mais abrangentes.
Abstract: Deforestation is an evident process at Amazonia from the predatory human activity of natural resources. Logging and agriculture are the main activities that have promoted destruction of forest at Arc of Desforestation. Therefore reforestation has been the focus of public policies that the Government has developed through the “Programa Arco Verde”. In Pará this program is being implemented in 16 municipalities that they constitute the critical areas of deforestation due to human pressures. In this context agroforestry has been an alternative for reforestation these areas. This work aimed identification preferred areas for plantation of 15 tree species with potential use in agroforestry systems. From the intersection of spatial data type of climate and water deficit, we identified 24 bioclimate areas at “Arco Verde” of Para state. The results for plantation of forest species in preferred areas are: J. copaia, T. serratifolia e B. excelsa are potential to be planted 100% do Arco Verde Paraense; C. pentandra, H. courbaril, S. morototoni e T. vulgaris are indicated to be planted in 98% of the target area; C. odorata, C. goeldiana, D. odorata, S. macrophylla are indicated to be insertion in 75% of the “Arco Verde paraense”; C. guianensis, S. parahyba var. amazonicum, B. guianensis e V. maxima in 60% of the area of work. In conclusion, it is necessary further studies in forest species that are suitable for wider preferred areas.
Keywords: Desmatamento
Reflorestamento
Clima
Distribuição geográfica
Pará - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::SILVICULTURA::FLORESTAMENTO E REFLORESTAMENTO
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Museu Paraense Emílio Goeldi
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
MPEG
EMBRAPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Geociências
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Ciências Ambientais (Mestrado) - PPGCA/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_IdentificacaoAreasPreferenciais.pdf3,65 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons