Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/6847
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 29-Jun-2012
metadata.dc.creator: OLIVEIRA, Juarez Ventura de
metadata.dc.contributor.advisor1: SÁ, Leonardo Deane de Abreu
metadata.dc.contributor.advisor-co1: VITORINO, Maria Isabel
Title: A oscilação Madden - Julian na Amazônia Oriental: variáveis superfíciais
Citation: OLIVEIRA, Juarez Ventura de. A oscilação Madden - Julian na Amazônia Oriental: variáveis superfíciais. Orientador: Leonardo Deane de Abreu Sá. 2012. 112 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Belém, 2012. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/6847. Acesso em: .
metadata.dc.description.resumo: Tendo como foco as múltiplas escalas de tempo que atuam na Amazônia, este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de investigar a possível influencia da Oscilação Madden – Julian (OMJ) em elementos turbulentos da CLP. A OMJ foi identificada a partir de 30 anos de dados de reanálise de radiação de onda longa (ROL) e componente zonal do vento (u). As grandezas turbulentas foram estudadas a partir da variância, covariância e coeficiente de correlação de um conjunto de dados de resposta rápida coletado na torre micrometeorológica de Caxiuanã (PA), e tratados com a Transformada em Ondeletas (TO) para se obter a contribuição de cada escala para estes momentos estatísticos. A análise dos 30 anos de dados de ROL e u mostrou que a ocorrência da OMJ está ligada com o fenômeno do El Niño/Oscilação Sul (ENOS), bem como influência do ENOS no tempo da região amazônica pode estar associado a presença ou não da OMJ. Foi observado que anos de El Niño tendem a desfavorecer a ocorrência da OMJ e anos de La Niña tendem a favorecer o desenvolvimento da oscilação. Caso uma OMJ se desenvolva durante um episodio de El Niño, a oscilação pode influenciar a temperatura, a velocidade do vento e a precipitação de forma diferente ao do El Niño. A análise por fase da OMJ mostrou que, em Belém, há diferença significativa na temperatura máxima e na precipitação entre cada fase, porém, a temperatura mínima e o módulo do vento apresentaram pouca diferença. Os fluxos cinemáticos turbulentos analisados, por escala, em três horários distintos, foram mais diferentes durante o período diurno, principalmente w’T’ e w’q’. A diferença entre fase ativa e fase inativa foi reduzindo com passar do dia, durante o período de transição dia – noite, poucas escalas tiveram diferença significativa, e durante a noite, nenhuma escala teve nível de confiança acima ou igual a 95%. Estes resultados indicam que a convecção diurna é o mecanismo responsável por esta diferença e como a OMJ atua como uma grande célula convectiva, a convecção local é amplificada, explicando a grande diferença observada entre as fases durante o período diurno.
Abstract: The aim of this work is to investigate the influence of the Madden - Julian Oscillation (MJO) on turbulent elements of the Atmospheric Boundary Layer (ABL). The MJO was identify on a time series of 30 years of outgoing long-wave radiation (OLR) and zonal component of the wind (u). The turbulent parameters were studied through the covariance and the correlation coefficient of a fast response data set collected on Caxiuanã’s (Pa) micrometeorological tower. The difference between each phase of the MJO was statistically analyzed with the t test of Student. The OLR and u data set results shows that the MJO occurrence is linked to El Niño / Southern Oscillation (ENSO) happening. The El Niño phase of an ENSO tends to diminish the chances of MJO case to develops, the opposite situation is identify during an La Niña episode, when the MJO is favored by the dynamics of the ongoing ENSO mechanism. If a MJO occurs during an El Niño, it can change the temperature, wind velocity and the precipitation expected for an El Niño year. The MJO’s phase analysis, for Belém, reveled a significant difference on precipitation and maximum temperature between the active and inactive phase, but for minimum temperature and wind module, this difference is little significant. The turbulent kinematic fluxes, analyzed by scale on each phase of the MJO, during three different periods of the day, were more distinct during the daytime period, with high confidence levels, mostly on w’T’ and w’q’ fluxes. The day – night transition and the night period were less different, with only a few scales showing more than or exactly 95% of confidence during the transition, and with none scales reaching the 95% mark during the night. Those results indicate that the diurnal convection is the responsible mechanism for this differences, and as the MJO is like a big convective cell, the local convection during its active phase is amplified, explaining the differences found during the daytime period.
Keywords: Meteorologia tropical
Oscilação Madden–Julian
Múltiplas escalas
Fluxo turbulento
Caxiuanã - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::METEOROLOGIA::METEOROLOGIA SINOTICA
CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::METEOROLOGIA::MICROMETEOROLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Museu Paraense Emílio Goeldi
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
MPEG
EMBRAPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Geociências
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Ciências Ambientais (Mestrado) - PPGCA/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_OscilacaoMaddenJulian.pdf6,3 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons