Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/6860
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 2010
metadata.dc.creator: FOLHES, Ricardo Theophilo
metadata.dc.contributor.advisor1: AGUIAR, Ana Paula Dutra de
Title: Cenários de mudanças de uso da terra na Amazônia: explorando uma abordagem participativa e multi-escala no PAE Lago Grande, em Santarém-Pará
metadata.dc.description.sponsorship: PIME - Programa Integrado MCT/EMBRAPA
Citation: FOLHES, Ricardo Theophilo. Cenários de mudanças de uso da terra na Amazônia: explorando uma abordagem participativa e multi-escala no PAE Lago Grande, em Santarém-Pará. Orientador: Ana Paula Dutra Aguiar. 2010. 138 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Belém, 2010. Disponível em:. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A criação de Projetos de Assentamento Agroextrativistas (PAE) vem possibilitando a regularização fundiária de apossamentos praticados por comunidades tradicionais na Amazônia. Em 2005, foi criado pelo INCRA no município de Santarém-PA, o PAE Lago Grande, que com seus 290.000 hectares e seus 30.000 habitantes corresponde a um dos maiores assentamentos de reforma agrária já criado no Brasil. Nesse contexto, este trabalho teve por objetivo adaptar métodos participativos de elaboração de cenários para a realidade da Amazônia. Cenários são narrativas sobre o futuro, que podem ser construídos com uma variedade de técnicas e objetivos e têm sido utilizados em diferentes contextos, desde planejamento de negócios por empresas a análises ambientais. Buscou-se analisar se este processo pode ser efetivo como ferramenta de apoio a consolidação de diferentes unidades territoriais da região. Para tanto, o PAE Lago Grande foi utilizado como estudo de caso. Os resultados da pesquisa demonstram que existe grande potencial para a replicação da metodologia adotada em outras modalidades de assentamentos de reforma agrária e em unidades de conservação de uso sustentável.
Abstract: The Agroforestry Settlement Projects (ASP) has largely been successful in achieving land ownership by traditional communities in the Amazon. In 2005, an ASP has been created by the National Institute of Colonization and Land Reform (INCRA) in Santarém County (PA), the so-called ASP of Great Lake, which has an area of 290,000 hectares and 30,000 inhabitants, and corresponds to one of the largest land reform settlements ever created in Brazil. In this agrarian context, this work aims to use scenarios derived from participatory methods in conformity with the reality of Amazon. Scenarios are tales of the future designed to better reflect from business planning to environmental analysis, using a variety of techniques and goals. Therefore, this work evaluate whether this technique can give support to the consolidation of different territorial units in this region. Thus, the ASP of Great Lake was used here as a case study. As a result, the study shows that there is great potential for replication such efforts in other agrarian reform methods of settlements and in units of conservation and sustainable use.
Keywords: Assentamentos humanos
Cenários
Agroextrativismo
Projeto de Assentamento Agroextrativista Lago Grande - PA
Lago Grande - PA
Santarém - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ENGENHARIA AGRICOLA::CONSTRUCOES RURAIS E AMBIENCIA::ASSENTAMENTO RURAL
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Museu Paraense Emílio Goeldi
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
MPEG
EMBRAPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Geociências
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Ciências Ambientais (Mestrado) - PPGCA/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_CenariosMudancaUso.pdf1,84 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons