Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/6885
Compartilhar:
Type: Tese
Issue Date: 7-Jan-2015
Authors: PEREIRA, Rosa Claudia Cerqueira
First Advisor: SARGES, Maria de Nazaré dos Santos
First Co-Advisor: KOSSOY, Boris
Title: Percepção visual da cidade: iconografias da natureza urbana de Belém (1808 – 1908)
Citation: PEREIRA, Rosa Claudia Cerqueira. Percepção visual da cidade: iconografias da natureza urbana de Belém (1808 – 1908). 2015. 363 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Belém, 2015. Programa de Pós-Graduação em História Social da Amazônia.
Resumo: Este estudo propõe uma análise das iconografias urbanas de Belém, produzidas no decorrer do século XIX e início do XX. A tese tem por objetivo, então, analisar a representação da natureza em Belém, especificamente nos anos de 1808 a 1908. O compromisso inicial desse estudo se concentrou em pesquisar os diversos tipos de iconografias sobre Belém no decorrer dos Oitocentos. As questões que se procurou evidenciar tratam sobre a forma como os viajantes apreenderam a cidade, em sua passagem por Belém, tanto sob o ponto de vista narrativo quanto o visual, até os anos de 1890. A partir de então, também identificar como os governantes promoveram a cidade para além da região Amazônica. Observa-se que a natureza brasileira passou a ser representada, a partir do século XIX, por meio de linguagem escrita e iconográfica, isto graças à influência do cientificismo e da sensibilidade artística romântica, que perpassaram pelo conhecimento do país. A sensibilidade romântica realizou a aproximação entre ciência e estética ao apreender e representar a natureza, numa visão totalizante, inaugurando uma nova concepção de paisagem e a tentativa de “inventar” e visualizar uma natureza urbana, a qual é tema principal desse estudo; representa o fenômeno da urbanização que foi registrado, especialmente, por meio da fotografia. Nesse tipo de fotografias, a natureza aparece domesticada, adaptada ao desenho urbano, sua forma artificiosa e geométrica é valorizada. A fotografia urbana do final do século XIX reintroduz o “belo ideal” nas imagens da natureza ordenada segundo o modelo dos jardins franceses, ingleses e italianos. Parto do pressuposto de que a contemplação da natureza é adaptada para a realidade da região Amazônica, embora estivessem presentes modelos provenientes da Europa, mas encontram as suas especificidades a partir de uma natureza exuberante da Amazônia A percepção de natureza na Amazônia da segunda metade do século XIX e a influência de novas formas de conceber a natureza foram projetadas para as cidades na reformulação dos espaços para constituir a área verde, especialmente de Belém. Pensar historicamente a representação da natureza é refletir sobre a sua apropriação pela ação humana ao mesmo tempo em que diferentes indivíduos e grupos sociais circularam e deixaram suas marcas específicas nos lugares construídos a partir de uma natureza domesticada na paisagem urbana.
Abstract: This study proposes an analysis of urban iconography of Belém, produced during the nineteenth and early twentieth centuries. The thesis aims to analyze the representation of nature in Belém, specifically in the years 1808 to 1908. The initial commitment of the thesis concentrated on researching the various types of iconography of Belém during the nineteenth century. The questions that sought to highlight deal on how travelers seized the city in his visit to Belém, both from a narrative point of view as the visual until the year 1890. From then also identify how governments have promoted the city beyond the Amazon region. Brazilian nature It is observed that came to be represented, from the nineteenth century, through written and iconographic, that thanks to the influence of scientism and romantic artistic sensibility that permeated the knowledge of the country. The romantic sensibility made the relationship between science and esthetic to apprehend and represent nature in an overall view, inaugurating a new conception of landscape and trying to "invent" and view an urbane nature, which is the main theme of this study; is the phenomenon of urbanization, which was registere, especially by means of photography. In this type of photos, nature appears domesticated, adapted to urban design, its artful and geometric shape is valued. Urban photography from the late nineteenth century reintroduces the "ideal beauty" in the nature of the images ordered on the model of French gardens, English and Italian From assumption that contemplation of nature is adapted to the reality of the Amazon region, although they were present models from Europe. The perception of nature in the Amazon the second half of the nineteenth century, the influence of new ways of conceiving the nature were designed to cities in the redesign of spaces to form the green area, especially in Belém.. To think historically the representation of nature is to reflect on its appropriation by human action while different individuals and social groups circulated and left their specific marks in places built from a domesticated nature in the urban landscape.
Keywords: Iconografia
Paisagens
História - Séc. XIX-XX
Natureza
Renovação urbana
Fotografia
Belém - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA::HISTORIA DO BRASIL::HISTORIA REGIONAL DO BRASIL
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-Graduação em História Social da Amazônia
Appears in Collections:Teses em História (Doutorado) - PPHIST/IFCH

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_PercepcaoVisualCidade.pdf21,3 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons