Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/6913
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 2013
Authors: SANTOS, Marina Meireles dos
First Advisor: PRUDENTE, Ana Lúcia da Costa
First Co-Advisor: MARTINS, Marlúcia Bonifácio
Title: Ecomorfologia de três espécies de Dipsas Laurenti, 1768 e Sibynomorphus Fitzinger, 1843 (Dipsadidae: Dipsadinae)
Citation: SANTOS, Marina Meireles dos. Ecomorfologia de três espécies de Dipsas Laurenti, 1768 e Sibynomorphus Fitzinger, 1843 (Dipsadidae: Dipsadinae). 2013. 111 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, 2013. Programa de Pós-Graduação em Zoologia.
Resumo: Fatores ecológicos como a utilização do ambiente e a alimentação, podem influenciar na morfologia corporal e cefálica de um organismo, porém, esta também pode ser o reflexo da linhagem filogenética a que ele pertence. A subfamília Dipsadinae inclui serpentes sul-americanas formadas por dois clados, um incluindo Geophis e Atractus e outro incluindo Dipsas, Ninia, Sibon e Sibynomorphus, que formam a tribo Dipsadini. As serpentes desta tribo apresentam um alto grau de modificações na morfologia corporal e cefálica relacionadas ao ambiente e a alimentação malacófaga. As espécies de Dipsas e Sibon possuem especializações relacionadas à utilização do ambiente arborícola, conferindo um melhor desempenho na locomoção pela vegetação, enquanto que as espécies de Sibynomorphus, em sua grande maioria, são adaptadas ao ambiente terrestre. Quanto à alimentação todas elas apresentam, em diferentes graus, uma série de modificações cranianas relacionadas à manipulação e ingestão de gastrópodes, lesmas e caramujos. Considerando que existe uma relação direta entre a forma da cabeça e a dieta, este trabalho tem como objetivo analisar as divergências da morfologia cefálica relacionadas à dieta entre espécies de Dipsas e Sibynomorphus, assim como analisar possíveis convergências entre espécies destes gêneros e Tomodon dorsatus, espécie da tribo Tachymenini, reconhecidamente especialista em lesmas. Para isto este trabalho está estruturado em duas partes: a primeira refere-se à Introdução geral, onde é apresentada uma ampla abordagem sobre as adaptações morfológicas relacionadas à alimentação dos Dipsadini, assim como as vantagens da utilização da técnica de morfometria geométrica em estudos morfológicos; e a segunda parte refere-se ao trabalho propriamente dito, intitulado “Ecomorfologia de três espécies de Dipsas Laurenti, 1768 e Sibynomorphus Fitzinger, 1843 (Dipsadidae: Dipsadinae)”.
Abstract: Ecological factors such as the use of the environment and feeding habits may influence the body and cephalic morphology of an organism, however, this can also reflect the phylogenetic lineage. The subfamily Dipsadinae includes South American snakes formed by two clades, one including Geophis and Atractus and another including Dipsas, Ninia, Sibon and Sibynomorphus, which are the tribe Dipsadini. The snakes of this tribe show a high degree of modification in their body and cephalic morphology wich is related to the environment and malacophagous feeding habits. The species of Dipsas and Sibon have specializations related to the use of arboreal environment, offering a better performance in locomotion in the vegetation, while the Sibynomorphus species are mostly adapted to terrestrial environment. Regarding their feeding habits they posses, in varying degrees, a number of changes related to cranial modification and to manipulation and ingestion of gastropods such as slugs and snails. Whereas there is a direct relationship between the shape of the head and the diet, this study aims to analyze the divergences of cephalic morphology between species of diet related to Dipsas and Sibynomorphus, as well as analyze possible convergences between species of these genera and Tomodon dorsatus, species of the tribe Tachymenini, recognized as specialized in slugs. This study is structured in two parts: the first refers to the general introduction, where a broad approach on the morphological adaptations related to feeding habits of Dipsadini, as well as the advantages of the use of geometric morphometry technique in morphological studies; and the second part refers to the work itself, titled "Ecomorphology of three species of Dipsas Laurenti, 1768 and Sibynomorphus Fitzinger, 1843 (Dipsadidae: Dipsadinae)".
Keywords: Anfíbio
Serpentes
Ecomorfologia
Dipsadinae
Dipsas
Sibynomorphus
Dieta
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::MORFOLOGIA DOS GRUPOS RECENTES
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Museu Paraense Emílio Goeldi
Institution Acronym: UFPA
MPEG
Department: Instituto de Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
Appears in Collections:Dissertações em Zoologia (Mestrado) - PPGZOOL/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EcomorfologiaTresEspecies.pdf2.97 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons