Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/6934
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
Issue Date: Jun-2012
metadata.dc.creator: FERNANDES, Rozijane Santos
ROSÁRIO, Sebastião Maciel do
PIETROBOM, Marcio Roberto
Title: Licófitas e monilófitas das Unidades de Conservação da Usina Hidroelétrica - UHE de Tucuruí, Pará, Brasil
Other Titles: Lycophytes and monilophytes from Unidades de Conservação da Usina Hidroelétrica - UHE Tucuruí, Pará, Brazil
Citation: FERNANDES, Rozijane Santos; ROSÁRIO, Sebastião Maciel do; PIETROBOM, Marcio Roberto. Licófitas e monilófitas das Unidades de Conservação da Usina Hidroelétrica - UHE de Tucuruí, Pará, Brasil. Hoehnea, São Paulo, v. 39, n. 2, p. 247-285, jun. 2012. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2236-89062012000200007&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 22 set. 2015. <http://dx.doi.org/10.1590/S2236-89062012000200007>.
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo refere-se às espécies de licófitas e monilófitas ocorrentes nas Zonas de Preservação da Vida Silvestre da Usina Hidroelétrica de Tucuruí, Estado do Pará, Brasil. A área de estudo localiza-se na região sudeste do Pará, com cerca de 29.700 hectares, composta, predominantemente, por floresta ombrófila aberta. Os dados obtidos demonstraram a ocorrência de 18 famílias, 37 gêneros e 82 espécies. A família com maior riqueza de espécies é Pteridaceae (21 spp.) e o gênero mais representativo é Adiantum com 14 espécies. Três espécies são novas referências para o Pará: Didymoglossum ovale, Danaea nodosa e Pecluma hygrometrica. Além disso, duas espécies novas foram identificados, uma delas já descrita, Thyelypteris amazonica. A outra espécie pertence a Adiantum e será publicada em breve. A riqueza florística da área, associada com as novidades taxonômicas, atesta a sua importância biológica e aponta para a necessidade de aumentar os esforços em pesquisa e conservação da área estudada.
Abstract: This work presents a survey of lycophytes and monilophytes in the Conservation Unit named Zonas de Preservação da Vida Silvestre da Usina Hidrelétrica de Tucuruí, Pará State, Brazil. This Conservation Unit is located at southeastern Pará and comprises about 29,700 ha, composed mainly of tropical rainforest. Our results recorded 18 families, 37 genera and 82 species. The richest family is Pteridaceae, with 21 species, and Adiantum is the richest genus, with 14 species. Three species are new records for Pará State: Didymoglossum ovale, Danaea nodosa, and Pecluma hygrometrica. Furthermore, two new species were identified. One has already been described, Thyelypteris amazonica. The other new species belongs to the genus Adiantum and shall be published soon. The floristic richness of the area, associated with the taxonomic novelties, attests for its biological importance and for the necessity of increasing the efforts on research and conservation of the study area.
Keywords: Plantas
Licófitas
Monilófitas
Taxonomia
Usina Hidrelétrica de Tucuruí - PA
Tucuruí - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
ISSN: 2236-8906
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Artigos Científicos - FBIO/IECOS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_LicofitasMonilofitasUnidades.pdf8,02 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons