Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/7064
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
Issue Date: Mar-2005
metadata.dc.creator: SOUZA FILHO, Antonio Pedro da Silva
PEREIRA, Angela Albertina Gaspar
BAYMA, Joaquim de Carvalho
Title: Aleloquímico produzido pela gramínea forrageira Brachiaria humidicola
Other Titles: Allelochemical produced by the forage grass Brachiaria humidicola
Citation: SOUZA FILHO, A. P. S.; PEREIRA, A. A. G.; BAYMA, J. C. Aleloquímico produzido pela gramínea forrageira Brachiaria humidicola. Planta Daninha, Viçosa, v. 23, n. 1, p. 25-32, mar. 2005. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/pd/v23n1/23925.pdf>. Acesso em: 28 jan. 2016. <http://dx.doi.org/10.1590/S0100-83582005000100004>.
metadata.dc.description.resumo: Os métodos usuais de controle de plantas daninhas não atendem mais as atuais e futuras exigências da sociedade em relação à preservação dos recursos naturais e da qualidade de vida. Uma alternativa para essa questão seriam os metabólitos secundários produzidos pelas plantas, que apresentam pouco risco para o ambiente e para os interesses da sociedade. Os objetivos deste trabalho foram isolar, identificar e caracterizar a atividade alelopática de substâncias químicas produzidas pela gramínea forrageira Brachiaria humidicola. Analisaram-se os efeitos alelopáticos dos extratos, frações e substâncias isoladas sobre a germinação e o desenvolvimento da radícula das invasoras malícia, fedegoso e mata-pasto, em bioensaios monitorados em períodos de 10 dias, em condições de 25 ºC e fotoperíodo de 12 horas, para a germinação, e 24 horas, para o desenvolvimento da radícula. A partir do extrato hidrometanólico, foi isolado e identificado o ácido p-cumárico. Os efeitos alelopáticos estiveram positivamente relacionados à concentração do ácido, à espécie de planta daninha e à característica da espécie analisada. Comparativamente, fedegoso e malícia se mostraram mais sensíveis aos efeitos alelopáticos. A germinação e o desenvolvimento da radícula do mata-pasto não foram afetados pelo ácido p-cumárico nas concentrações de 1,0 a 8,0 mg L1. O alongamento da radícula se mostrou mais sensível aos efeitos alelopáticos do ácido pcumárico do que a germinação das sementes.
Abstract: The traditional methods of weed control in cultivated pasture do not meet society's present and future needs of protecting natural resources and life quality. An alternative to this problem could be the use of secondary metabolites produced by plants. These products present few risks to the environment and meet society interests. Therefore, this research was carried out to isolate, identify and characterize the allelopathic activity of chemical compounds produced by the forage grass Brachiaria humidicola. The allelopathic effects of the extracts, fractions and compound were tested on seed germination and root elongation of the weeds Mimosa pudica, Senna obtusifolia and Senna occidentalis. Germination bioassays were developed under 25 ºC and a photoperiod of 12 hours. For root elongation, the bioassay conditions were 25 ºC and photoperiod of 24 hours. Hydromethanolic extract was used as a source for isolating and identifying p-coumaric acid. The allelopathic effects were positively related to p-coumaric acid concentration, weed species and the evaluated parameter. Comparatively, S. occidentalis and M. pudica showed the greatest sensitivity to the allelopathic effects. For S. obtusifolia no allelopathic effects promoted by p-coumaric acid on seed germination or on root elongation could be detected under the concentration of 1.0 and 8.0 mg L-1. Root elongation was more sensitive to p-coumaric acid allelophatic effects than seed germination.
Keywords: Alelopatia
Aleloquímico
Ácido p-cumárico
Radícula
Brachiaria humidicola
Capim-quicuio-da-amazônia
Malícia
Fedegoso
Mata-pasto
Gramínea forrageira
Planta daninha
Belém - PA
Pará - Estado
ISSN: 1806-9681
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Artigos Científicos - FAQUI/ICEN

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_AleloquimicoProduzidoGraminea.pdf644,26 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons