Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/7260
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 10-Nov-2015
Authors: BATISTA, Lecildo Lira
First Advisor: KHAYAT, André Salim
Title: Estudo da expressão das proteínas Twist1, Kai1 e E-Caderina em amostras de câncer de pênis, de pacientes atendidos em um hospital de referência do estado do Pará
Citation: BATISTA, Lecildo Lira. Estudo da expressão das proteínas Twist1, Kai1 E E-Caderina em amostras de câncer de pênis, de pacientes atendidos em um hospital de referência do estado do Pará. 2015. 61 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Pesquisas em Oncologia, Belém, 2015. Programa de Pós Graduação em Oncologia e Ciências Médicas.
Resumo: O câncer de pênis é uma doença rara em nações desenvolvidas, sendo mais comum em regiões em desenvolvimento figurando como um importante problema de saúde pública, por ter um caráter mutilante, que pode acarretar problemas psicológicos e sociais ao paciente acometido. O fator prognóstico mais importante do câncer de pênis é o comprometimento linfonodal e a presença de metástases à distância. Os pacientes que apresentam estas características raramente sobrevivem por cinco anos. Por outro lado, nos estadios iniciais da doença o prognóstico é bom, obtendo-se cura na maioria dos casos. Na busca por indicadores prognósticos mais confiáveis, inúmeros genes/proteínas associados à carcinogênese peniana têm sido avaliados vislumbrando um melhor entendimento deste processo, para que métodos mais precisos de diagnósticos identifiquem os pacientes com doenças mais agressivas e de modo mais confiável, e permitindo um tratamento primário mais eficaz e uma maior sobrevida. Algumas classes de marcadores epiteliais e mesenquimais têm sido utilizadas para determinar a presença de transição epitélio mesenquimal em tecidos neoplásicos. Essas classes abrangem proteínas de superfície como a E-caderina, e marcadores do citoesqueleto, como vimentina, β-catenina e fatores de transcrição como Snail, Slug e Twist1. Com este enfoque, realizamos um estudo retrospectivo, onde foram analisados um total de 109 pacientes do Hospital Ophir Loyola, no período de janeiro 2012 a novembro 2014. Foi investigada a expressão proteica do Twist1, Kai1 e E-caderina em tecidos de pênis com lesões benignas e malignas, buscando evidenciar o padrão de imunorreatividade destas, assim como correlacionar este padrão quanto às características de progressão e invasão do câncer de pênis bem como características clínico-patológicas deste tumor. Em relação a E-caderina, 48,6% dos pacientes com câncer de pênis apresentavam expressão reduzida ou ausente. Não houve associação da expressão diminuida da E-caderina com outros fatores clínicos ou patológicos, tendo este resultado significado estatistico A expressão aumentada do Twist1 também não esteve associada com fatores clínicos ou patológico, bem como o KAI1. Houve relação estatística entre diminuição de expressão E-caderina e Twist1. Obtivemos um resultado inconclusivo da entre a expressão diminuída de E-caderina e Kai1, e não houve significância estatística da análise entre as proteínas Twist1 e Kai1.
Abstract: Penile neoplasms are a rare disease in developed nations and occur more in the development areas, which states as a major problem of public health by its mutilating features that may lead to social and psychological problems for the patient. The most important prognosis factor are the lymph node involvement and the presence of distance metastasis. Those patiens who have these features rarely survive for five years. By the other side, the prognosis is good at the initial phases and the cure is obtained in most of the cases. In the search for more reliable prognosis indicators, countless of gens and proteins associated with the penile carcinogenesis have been evaluated for a better understanding of the process, in order to achieve more accurate diagnosis methods to identify patients with aggressive disease, then submit them to a more efficient primarily treatment and a better survive rate. Some groups of epithelial and mesenchymal markers have been used to determinate the transition of mesenchymal epithelium in neoplasm tissues. Those groups include surface proteins like E-cadherin and cytoskeleton markers, as vimentin and β-catenin, and transcription factors, as Snail, Slug and Twist1. With this approach, we did a retrospective study which was analyzed 109 patients from Ophir Loyola Hospital, between January 2012 to November 2014. It was investigated the protein expression of Twist1, Kai1 and E-cadherin in penile tissues with benign and malign lesions to look for evidence of the immunoreactivity pattern and correlate that immunoreactivity pattern with the progression and invasion features of the penile neoplasms and other clinicopathological features of the studied tumor. In relation to E-cadherin, 48,6% of the patients had lower expression of this protein when compared to non-neoplasms tissues, this result showed statistical significance. But the association of the abnormal expression of E-cadherin with others clinicopathoogical factors was not found. The higher expression of Twist1 it was not associated with clinicopathological factors and the KAI1. There was statistical significance when we simultaneously compared the defective expression of E-cadherin and Kai1 and we obtained an inconclusive outcome about the association between them and there was not statistical significance among the analysis of the Twist1 e Kai1 proteins.
Keywords: Neoplasias penianas
Aparelho genital masculino
Pênis
Câncer peniano
Metástases linfáticas
Marcadores biológicos
Pará - Estado
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::CANCEROLOGIA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Núcleo de Pesquisas em Oncologia
Program: Programa de Pós-Graduação em Oncologia e Ciências Médicas
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Oncologia e Ciências Médicas (Mestrado) - PPGOCM/NPO

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EstudoExpressaoProteinas.pdf1,54 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons