Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/7521
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 20-Mar-2015
metadata.dc.creator: PEREIRA, Rayanne Rocha
metadata.dc.contributor.advisor1: SILVA JÚNIOR, José Otávio Carréra
Title: Obtenção e caracterização de sistemas líquido cristalinos contendo óleo de açaí (euterpe Oleraceae Mart.)
Other Titles: Attaiment and characterization liquid crystal (euterpe Oleraceae Mart.) containning açaí oil
metadata.dc.description.sponsorship: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: PEREIRA, Rayanne Rocha. Obtenção e caracterização de sistemas líquido cristalinos contendo óleo de açaí (euterpe Oleraceae Mart.). 2015. 102 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências da Saúde, Belém, 2015. Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas.
metadata.dc.description.resumo: A Euterpe oleraceae Mart. é uma palmeira amazônica, conhecida popularmente como açaí. A partir da polpa do fruto de açaí pode-se extrair o óleo fixo, constituído principalmente de ácidos graxos mono e poli-insaturados. Esse óleo é uma promissora matéria-prima para a indústria farmacêutica, onde pode ser aproveitado por suas atividades biológicas e como matéria-prima no desenvolvimento de sistemas de liberação prolongada de fármacos. Os cristais-líquidos são exemplos de sistemas de liberação prolongada de fármacos. O objetivo deste trabalho foi desenvolver sistemas líquido cristalino contendo óleo de açaí como fase oleosa e o Procetyl AWS como tensoativo. Inicialmente o óleo de açaí foi analisado quanto a suas características físico-química. A cromatografia gasosa revelou o ácido oleico (47,58%), ácido palmítico (24,06%) e ácido linoleico (13,58%), como os principais constituintes. A caracterização físico-química mostrou valores de acidez, iodo, saponificação, refração e densidade dentro dos limites e padrões recomendados. A espectroscopia na região do infravermelho revelou bandas características do óleo de açaí. A termogravimetria do óleo de açaí evidenciou um único evento que possivelmente deve-se à degradação dos ácidos graxos, este evento localiza-se na faixa de temperatura de 241,71 à 481,14ºC. O tempo de indução do óleo de açaí foi de 11,79h. Os estudos de pré-formulação realizados com o óleo de açaí e com o tensoativos não mostrou indícios de interação química ou degradação resultante da mistura binária entre o óleo e o Procetyl AWS. Foram preparadas 36 formulações com auxílio do diagrama ternário, entre estas formulações foram identificadas mesofases hexagonal e cúbica. A análise reológica evidenciou comportamento pseudoplástico (n<1) com características plásticas que remetem aos fluidos de Bingham. O estudo de estabilidade realizado durante 30 dias não revelou qualquer sinal de instabilidade dos sistemas avaliados. A realização desse trabalho demonstrou que o óleo de açaí é uma matéria-prima promissora no desenvolvimento de sistema de liberação prolongada de fármacos.
Abstract: The Euterpe oleracea Mart. is an Amazonian palm tree, popularly known as acai. From the pulp of the acai fruit can extract the fixed oil, consisting mainly of fatty mono and polyunsaturated acids. This oil is a promising raw material for the pharmaceutical industry, which can be exploited by their biological activities and as a raw material in the development of sustained drug delivery systems. Liquid crystals are examples of sustained drug delivery systems. The objective of this study was to develop liquid crystalline systems containing acai oil as the oil phase and the Procetyl AWS as surfactant. Initially acai oil was analyzed for its physical and chemical characteristics. Gas chromatography revealed oleic acid (47.58%), palmitic acid (24.06%) and linoleic acid (13.58%) as major constituents. The physicochemical characterization showed values of acidity, iodine, saponification, refraction and density within the limits and recommended standards. Spectroscopy in the infrared region showed characteristic bands of acai oil. Thermogravimetry açai oil showed a unique event that possibly due to the degradation of fatty acids, this event is located in the temperature range of 241.71 to 481,14ºC. The acai oil induction time was 11,79h. The pre-formulation studies with acai oil and the surfactants showed no evidence of chemical interaction or resulting degradation of binary mixture between the oil and the Procetyl AWS. Formulations were prepared 36 with the aid of ternary diagram between these formulations were identified hexagonal and cubic mesophases. The rheological analysis showed pseudoplastic behavior (n <1) with plastic characteristics that refer to the Bingham fluids. The stability study conducted over 30 days did not reveal any signs of instability of the evaluated systems. The realization of this study demonstrated that the acai oil is a promising raw material in the development of sustained drug delivery system.
Keywords: Óleos vegetais
Óleo de açaí
Açaí
Palmeira (Vegetal)
Euterpe oleracea
Fármacos
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FARMACIA::ANALISE E CONTROLE E MEDICAMENTOS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Ciências Farmacêuticas (Mestrado) - PPGCF/ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_ObtencaoCaracterizacaoSistemas.pdf3,21 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons