Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/7636
Compartilhar:
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorSANTOS JÚNIOR, Roque Flor dos-
dc.date.accessioned2017-02-10T18:37:14Z-
dc.date.available2017-02-10T18:37:14Z-
dc.date.issued2015-08-28-
dc.identifier.citationSANTOS JÚNIOR, Roque Flor dos. Plantas medicinais e fitoterápicos no município de Marapanim-PA: qualificação da atenção básica e desenvolvimento local. 2015. 89 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Núcleo de Meio Ambiente, Belém, 2015. Programa de Pós-Graduação em Gestão dos Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia. Disponível em: <http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/7636>. Acesso em:.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/7636-
dc.description.abstractMedicinal plants in the Amazon have always had an important role, because they are used as one of the major therapeutic resources in disease treatments. The city of Marapanim-PA is 161 Km from the State capital of Pará and is characterized by presenting, through information obtained by its inhabitants, great affinity with the use of medicinal plants as a therapeutic option. In Brazil, there are several consolidated experiences of municipal programs and projects of use of medicinal plants as a complementary practice in the Unified National Health System (SUS), however in Marapanim-PA, still no program for insertion of this therapeutic resource in the basic attention in health. This work aims to outline the profile of the users of the basic attention to health, noting the frequency of use of medicinal plants and their claims, in addition to emphasizing the importance of medicinal plants while local resource of community health. This work consisted on information survey in two phases: the first held interviews with healthcare professionals in primary care, ending with interviews with users. Were collected informations from groups, transformed into data, charts and tables, summarizing the opinion of 185 people, being 150 users and 35 health professionals. The results of the interviews revealed that all users were in favour of the inclusion of medicinal plants in the primary health care units, this confirmation was also retrieved from health professionals, with the exception of dentists due to their lack of knowledge about herbal medicines, their effectiveness and toxicity. Another important work is the expectation of all respondents for the implementation of a Municipal Program of Medicinal Plants and Phytotherapeutics. This work revealed that medicinal plants are relevant in the daily lives of users of public health services as a therapeutic resource. This work brings as a contribution to the process a procedures booklet with guidelines that will serve as an initial step for the development of a productive chain in the field of medicinal plants in the city.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Cássio da Cruz Nogueira (cassionogueirakk@gmail.com) on 2017-02-08T13:09:01Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Dissertacao_PlantasMedicinaisFitoterapicos.pdf: 2024503 bytes, checksum: d81f444d3dc3a8daa97629b902370935 (MD5)en
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Edisangela Bastos (edisangela@ufpa.br) on 2017-02-10T18:37:14Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Dissertacao_PlantasMedicinaisFitoterapicos.pdf: 2024503 bytes, checksum: d81f444d3dc3a8daa97629b902370935 (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2017-02-10T18:37:14Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Dissertacao_PlantasMedicinaisFitoterapicos.pdf: 2024503 bytes, checksum: d81f444d3dc3a8daa97629b902370935 (MD5) Previous issue date: 2015-08-28en
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectPlantas medicinais - Marapanim (PA)pt_BR
dc.subjectErvas - Uso terapêutico - Marapanim (PA)pt_BR
dc.subjectMatéria médica vegetal - Marapanim (PA)pt_BR
dc.subjectFitoterapiapt_BR
dc.titlePlantas medicinais e fitoterápicos no município de Marapanim-PA: qualificação da atenção básica e desenvolvimento localpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentNúcleo de Meio Ambientept_BR
dc.publisher.initialsUFPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIApt_BR
dc.contributor.advisor1BARBOSA, Wagner Luiz Ramos-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1372405563294070pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/9395826555870138pt_BR
dc.description.resumoAs plantas medicinais na Amazônia sempre tiveram um papel importante, pois são usadas como um dos principais recursos terapêuticos nos tratamentos de doenças. O Município de Marapanim-PA está a 161 Km da capital do Estado do Pará e se caracteriza por apresentar através de informações obtidas por uma grande afinidade pelo uso de plantas medicinais como opção terapêutica. No Brasil, existem várias experiências consolidadas, de programas e projetos municipais de uso de plantas medicinais como prática complementar no Sistema Único de Saúde (SUS), porém no Município de Marapanim-PA, ainda não há um programa para a inserção deste recurso terapêutico na atenção básica em saúde. Este trabalho objetiva delinear o perfil dos usuários da atenção básica em saúde, observando a frequência de uso das plantas medicinais e suas alegações, além de ressaltar a importância das plantas medicinais enquanto recurso local para a saúde comunitária. Este trabalho consistiu de levantamento de informações em duas fases: na primeira se realizaram entrevistas com profissionais de saúde atuantes na atenção básica do município, finalizando com entrevistas a usuários. De cada grupo foram coletadas informações, transformadas em dados, gráficos e tabelas, resumindo a opinião de 185 pessoas, sendo 150 usuários e 35 profissionais de saúde. Os resultados das entrevistas revelaram que todos os usuários se manifestaram favoráveis à inserção das plantas medicinais nas unidades básicas de saúde. Esta confirmação também foi obtida de profissionais de saúde, com exceção dos odontólogos devido ao desconhecimento deles acerca dos fitoterápicos, sua eficácia e toxicidade. Outro dado importante neste trabalho é a expectativa de todos os entrevistados pela implantação de um Programa Municipal de Plantas Medicinais e de Fitoterápicos. Este trabalho revelou que as plantas medicinais são relevantes no cotidiano dos usuários dos serviços públicos de saúde como recurso terapêutico. Este trabalho traz como contribuição para o processo uma cartilha de procedimentos com diretrizes que servirão como passo inicial para o desenvolvimento de uma cadeia produtiva no setor de plantas medicinais no município.pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazôniapt_BR
dc.subject.linhadepesquisaUSO E APROVEITAMENTO DOS RECURSOS NATURAISpt_BR
dc.subject.areadeconcentracaoGESTÃO DOS RECURSOS NATURAIS E DESENVOLVIMENTO LOCALpt_BR
Appears in Collections:Dissertações em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia (Mestrado) - PPGEDAM/NUMA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_PlantasMedicinaisFitoterapicos.pdf1.98 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons