Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/7762
Tipo: Tese
Fecha de publicación : 19-jun-2016
Autor(es): REIS, Adebaro Alves dos
Primer Orientador: ALMEIDA, Oriana Trindade de
Título : Desenvolvimento sustentável e uso dos recursos naturais em áreas de várzea do território do baixo Tocantins da Amazônia paraense: limites, desafios e possibilidades
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
FAPESPA - Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas
IDRC - International Development Research Centre
Citación : REIS, Adebaro Alves dos. Desenvolvimento sustentável e uso dos recursos naturais em áreas de várzea do território do baixo Tocantins da Amazônia paraense: limites, desafios e possibilidades. 2015. 271 f. Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Pará, Núcleo de Altos Estudos Amazônicos, Belém, 2015. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido.
Resumen: A tese teve como objetivo central entender e analisar a dinâmica de uso sustentável dos recursos naturais pelas populações caboclo-ribeirinhas visando à aplicação do conceito de desenvolvimento sustentável e, a partir da observação do cotidiano do modo de vida, do uso dos recursos naturais e do processo de produção diversificada como elementos empíricos necessários para se pensar um novo padrão de desenvolvimento, ou seja, o sustentável, ancorado nos saberes tradicionais das populações caboclo-ribeirinhas das áreas de várzea do território do Baixo Tocantins da Amazônia Paraense. Assim, buscou-se, a partir do debate teórico, desenvolver uma crítica à ciência moderna, com especificidade para a racionalidade instrumental, que promoveu a framentação da relação entre homem e natureza, por meio do desenvolvimemto de atividades destruidoras dos recursos naturais, comprometendo a própria vida humana. Ao mesmo tempo, introduziu-se a abordagem da interdisciplinaridade como uma possibilidade de articulação das diferentes áreas de conhecimento para uma intervenção sob a perspectiva das dimensões da vida social e natural. O estudo para a elaboração da tese teve como universo o Território do Baixo Tocantins, considerando-se os ecossistemas de várzea dos municípios Abaetetuba e Igarapé-Miri, em seus componentes, considerados estratégicos como: comunidades ribeirinhas, agroecossistema e população ribeirinha, constitutivos das margens do rio Tocantins. Para isso, reconstitui-se de modo sintético, a trajetória histórica desse território por meio da ocupação, desenvolvimento e uso dos recursos naturais, os quais foram analisados a partir das dinâmicas produtivas adaptativas e uso dos recursos naturais em suas múltiplas atividades de manejo do ecossistema de várzea voltadas para produção e manejo do açaí, sistemas agroflorestais (SAFs), agricultura, criação de pequenos e médios animais, criação de peixe, extrativismo vegetal e animal, pesca de camarão e peixe no ecossistema de várzea. Essas práticas de uso dos recursos naturais, tradicionalmente empregadas pelos habitantes das áreas de várzea, fazem parte de um modo de vida, que secularmente vem garantindo a produção de conhecimento adquirido/herdado de gerações passadas, de como manejar e usar os recursos naturais desse agroecossistema. As estratégias de diversidade produtiva, manejo e uso múltiplo dos recursos naturais seguem os ritmos impostos pela natureza da capacidade adaptativa em relação com as condições naturais das áreas de várzea, tais como: o processo da enchente, cheia e vazante dos rios, erosão/deposição, impactos ambientais pelos grandes projetos desenvolvimentistas, elevação dos níveis dos rios, entre outros fatores, mantendo um alto grau de inter-relacionamento equilibrado com a natureza. Pode-se dizer que, no ecossistema de várzea, natureza e homem se completam, criando um padrão único de desenvolvimento sustentável.
Resumen : The central goal of this thesis is to understand and analyze the dynamics of sustainable use the natural resource by the cabocla-riverside populations aiming the application of sustainable development concept and, starting the observation the everyday the way of life, the use of natural resources and the process of diversified production as empirical elements required to think a new pattern of development, in other words, the sustainable, anchored to traditional knowledges of cabocla-riverside populations of lowland areas the territory of Baixo Tocantins of Amazon Paraense. Like this, sought , starting of theoric debate, develop a criticizes to modern science, with specificity to instrumental rationality, that promoted fragmentation the relationship between man and nature, through development of destructive activities the natural resources that compromise the own human life , the same time, was introduced an approach of interdisciplinarity as one possibility of articulation in different areas of knowledge for a intervention under perspectives of dimensions the social life and natural. The study to elaborate this thesis has as universe the Baixo Tocantins territory, where it considered the lowland ecosystems of municipalities Abaetetuba and Igarapé-Miri, in their components considered strategic like: riverside communities, agro ecosystem and riverside population, constitutive the Tocantins river margin. For this, was reconstituted of synthetic mode, the historical trajectory of this territory through of occupation, development, and use of natural resources, which were analyzed from adaptive productive dynamics , and use of natural resources in their multiple activities of management of lowland ecosystem focused for production and management of açaí , agroforestry systems (SAFs), agriculture, creating of small and medium-sized animals , creation of fishes, vegetal extractivism and animal , shrimp fishery and fish on lowland ecosystem. This practices of use the natural resources, traditionally employed by inhabitants of lowland areas makes part of one lifestyle, that secularly has guaranteed the production of knowledge acquired/inherited of past generations, how management and use nature resources of this agrosystem. The productive diversity strategies, management and multiple uses the nature resources follows the rhythms imposed by nature of adaptation capacity of relation with natural conditions of lowland areas, such as : flood process, flood and ebb the rivers, erosion/ deposition , environmental impacts by great developmental projects, elevated levels of the rivers , among others factors, keeping a high degree of interrelationship balanced with nature. Can mean that, in the lowland ecosystem, man and nature are completed, creating a single standard of sustainable development.
Palabras clave : Desenvolvimento sustentável
Recursos naturais
Várzea
Vida ribeirinha
Economia florestal
Sustentabilidade
Ecossistema
Ribeirinhos
Região do Baixo-Tocantins - PA
Amazônia paraense
CNPq: CNPQ::OUTROS::CIENCIAS
CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIA AGRARIA
País: Brasil
Editorial : Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Instituto: Núcleo de Altos Estudos Amazônicos
Programa: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Aparece en las colecciones: Teses em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido (Doutorado) - PPGDSTU/NAEA

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
Tese_DesenvolvimentoSustentavelUso.pdf5,77 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este ítem está sujeto a una licencia Creative Commons Licencia Creative Commons Creative Commons