Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/7883
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 29-Sep-1995
metadata.dc.creator: LIMA, Mário Ivan Cardoso de
metadata.dc.contributor.advisor1: COSTA, João Batista Sena
Title: Metodologia de interpretação radargeológica: exemplo da sinéclise do Parnaíba e de seu embasamento
Citation: LIMA, Mário Ivan Cardoso de. Metodologia de interpretação radargeológica: exemplo da sinéclise do Parnaíba e de seu embasamento. Orientador: João Batista Sena Costa. 1995. 2 v. Tese (Doutorado em Geologia e Geoquímica) - Centro de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 1995. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/7883. Acesso:.
metadata.dc.description.resumo: Desenvolve-se nesta tese o Método Sistemática de Elementos Radargráficos, inédito em termos mundiais, na interpretação geológica em imagens de Radar de Visada Lateral (Radargeologia), uma técnica de grande relevância no campo dos recursos naturais, tendo em vista ser a década de 90, a década do Radar. O Método Sistemática de Elementos Radargráficos (SER) revela de forma sistemática o roteiro metodológico adotado, quer através do texto, quer através de Figuras esquemáticas ou em imagens Radar de Visada Lateral (RVL), os elementos radargráficos (feições), auferidos em cinco diferentes estádios (etapas): Leitura, Reconhecimento, Identificação, Análise e Interpretação (stricto sensu). O Estádio Leitura visa lêr o significado dos elementos de imagem no terreno, objetivando entender seu significado; o Reconhecimento procura agrupá-los de acordo com a textura e tom radargráficos, a fim de obter zonas radargráficas homogéneas; o Identificação visa o estudo das formas de relevo em tais zonas, no que concerne a topo e pendente, como tambem o estudo dos padrões de drenagem, grau de dissecação e resistência à erosão; e o Análise estabelece as relações espacial e temporal das formas de relevo pesquisadas, através das feições lineares, planares e tabulares. De posse de tais informações, atinge-se o Estádio Interpretação, propriamente dito, no qual é possível a definição de litologias, estruturas circulares, descontinuidades, dobras e suas inter-relações, objetivando a execução do Mapa Radargeológico. Com efeito, selecionou-se uma área modelo para servir de paradigma aos diferentes estádios metodológicos acima reportados. Como um exemplo da aplicação do "Método Sistemática de Elementos Radargráficos", utilizou-se a região abrangida pela Sinéclise do Parnaíba e seu embasamento, com uma área em torno de 925 000 km2 , envolvendo principalmente os estados do Maranhão e Piauí, dispostos na região nordeste ocidental do território brasileiro. Tal exemplo visa enfatizar a aplicabilidade do sensoriamento remoto em terrenos sedimentares e seu embasamento metamórfico, haja vista a importância acadêmica e econômica que a mesma se reveste. Para a realização desta etapa utilizaram-se 52 mosaicos de imagem de Radar de Visada Lateral, escala 1:250 000, GEMS, banda X, resultando na definição de 39 unidades radargeológicas principais, com posicionamento temporal relativo, e 19 estruturas regionais e 30 locais, em que mais da metade são inéditas. Tais resultados estão expressos em texto explicativo e ilustrações, dentre os quais um Mapa Radargeológico na escala ao milionésimo, e um esboço estrutural na escala 1:2 000 000. Conclui-se pela potencialidades das imagens de Radar de Visada Lateral em mapeamentos geológicos, cujas dificuldades na definição dos elementos radargráficos (feições), devido principalmente a extensas sombras, encurtamento de pendentes, "layover" e efeitos paralaxe serão superados em Sistemas de Radar mais sofisticados (modo digital, estereoscopia, multifreqüência, diferentes ângulos de incidência, etc), a exemplo do SIR-C e RADARSAT . Finalmente, atestou-se a excelência do Método Sistemática de Elementos Radargráficos, em vista dos resultados alcançados no estudo da Sinéclise do Parnaíba e de seu embasamento, como seja: definição de unidades radargeológicas, as quais guardam estreita relação com as unidades litoestratigráficas já descritas na literatura; arcabouço estrutural com identificação de quase meia centena de morfoestruturas de caráter regional e local, em sua maioria inéditas; e perfeita correlação com mapas aeromagnéticos.
Abstract: This thesis develops the Radargraphic Elements Sistematic method, unknown throughout the world, in the geologic interpretation with Side-Looking Radar (Radargeology), a technique of major relevante in the field of natural resources, considering that the 1990s are the Radar's decade. The Radargraphic Elements Sistematic (SER) method reveals in a sistematic form the methodological route adopted , be it trough the text, trough schematic figures, or in Side-Looking Radar (SLR), with the radargraphic elements (features), ordered in five different stages: Reading, Recognizing, Identifying, Analisys and Interpretation (stricto senso). The stage Reading seeks to understand the meaning of the image elements in the terrain, with the goal of understand their meaning ; the Recognizing stages seek to group them according to the texture and tone radargraphic, so as to obtain homogeneous radargraphic zones; Identification seeks to study the relief forms in such zones, with regard to top and pending, as well as the studying of the drainage patterns, dissection degree and erosion resistance ;and the Analysis establishes the spacial and temporal relation of the relief forms researched through linear, planar and tabular features. With such information in hand , the Interpretation stage itself is reach, in which is possible to define lithologies, rounded structures, unconformities, discontinuities, folds and their interrelations,with a view to executing the Radargeological Map.In effect, a model area was selected to serve a paradigm for the the different methodological stages. To apply the Radargraphic Elements Sistematic method, the region encompassed by Parnaíba Sineclyse and its embasement was selected, with an area of around 925 000 km2, involving mostly Maranhão e Piauí states, located in northeastern region of Brazil. Such an example seeks to emphasys the applicability of the remote sensing in sedimentar terrains and their metamorphic embasement, due to academic and economic importance involved.. To carry out this stage, 52 SLR images mosaics were utilized, scale, I: 250 000, GEMS, X band, resulting in the definition of 39 basic radargeologicals unities, with a temporal stratigraphy, and 19 regional strucutures and 30 local ones, of which more than half were unpublished. These results are expressed in an explanatory text with ilustrations, including a Radargological Map on the milionth scale , and a structural sketch on the scale of 1:2 000 000. The study reaches a favorable conclusion regarding the potentialities of SLR images in geological whose difficulties in defining the radargraphic elements (features) due mainly to extensive shadows, foreshortening , layover and paralaxe effects, will be overcome with the use of more sophisticated Radar Systems (digital mode, stereoscopy, multifrequency, differents angles of incidence,etc) , as is the case with SIR-C and RADARSAT. Finally, the study attests of the excelence of Radargraphic Elements Sistematic method considering the results achieve with the study of the Parnaíba Sineclyse and its embasement, such as : definition of radargeological units, which mantain a strict relation with the lithostratigraphic units already described in the literature; structural setting with the identification of almost 50 morphostructures of regional and local character , and a perfect correlation with aeromagnetic maps.
Keywords: Geologia
Radar nas geociências
Sensoriamento remoto
Parnaíba - PI
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA::CARTOGRAFIA GEOLOGICA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Geociências
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Geologia e Geoquímica
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Teses em Geologia e Geoquímica (Doutorado) - PPGG/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_MetodologiaInterpretacaoRadargeologica_V1.pdf55,82 MBAdobe PDFView/Open
Tese_MetodologiaInterpretacaoRadargeologica_V2.pdf32 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons