Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/7912
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorCUNHA, Débora Suely Anjos-
dc.date.accessioned2017-03-20T11:13:19Z-
dc.date.available2017-03-20T11:13:19Z-
dc.date.issued2009-07-01-
dc.identifier.citationCUNHA, Débora Suely Anjos. Análise da produção de lodo de esgoto e da capacidade de disposição do aterro sanitário do Aurá na região metropolitana de Belém para os próximos 20 anos. 2009. 136 f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Instituto de Tecnologia, Universidade Federal do Pará, Belém, 2009. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/7912. Acesso em:pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/7912-
dc.description.abstractBelém Metropolitan Region has few and incomplete informations about production and destination of sewage sludge, because just little part of the sludge generated in septic tank and collective Sewage Works is throwed away without control in Aurá Sanitary Landfill. Because of this, is usual to throw the sludge in water bodies and in the ground, worsen the problems of pollution/contamination in the urban areas. Therefore, this work has the objective of analyzing the increase of production of sludge and evaluate the impact in the Aurá Sanitary Landfill. The search was developed in Belém Metropolitan Region, composed by Belém, Ananindeua, Benevides, Marituba and Santa Bárbara do Pará. It was divided in 2 stages. In the first stage it was estimated the production of the sludge (brute and drained) of septic tanks and in the collective Sewage Works during 2009 to 2030, and the second one was the availability of an area to disposal in the Aurá Sanitary Landfill. In the period studied, it was verified that by the way of the increase of the content of sludge drainage doesn’t has too many impact in the content of the residence solid waste, the deficiency of the available areas in the Aurá Sanitary Landfill is a problem that has to be solved as soon as possible, otherwise residence solid waste and sewage sludge produced in Belém Metopolitan Region won’t be well disposal, as a matter of fact that the prevision is the fast implicate of the free content of Aurá Sanitary Landfill.pt_BR
dc.description.sponsorshipFAPESPA - Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisaspt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectLodo de esgotopt_BR
dc.subjectProduçãopt_BR
dc.subjectTratamentopt_BR
dc.subjectTanque sépticopt_BR
dc.subjectEstação de tratamento de esgotopt_BR
dc.subjectAterro sanitáriopt_BR
dc.subjectSewage sludgeen
dc.subjectProductionen
dc.subjectTreatmenten
dc.subjectSeptic tanken
dc.subjectSewage worksen
dc.subjectSanitary landfillen
dc.titleAnálise da produção de lodo de esgoto e da capacidade de disposição do aterro sanitário do Aurá na região metropolitana de Belém para os próximos 20 anospt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Tecnologiapt_BR
dc.publisher.initialsUFPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA SANITARIA::SANEAMENTO AMBIENTAL::QUALIDADE DO AR, DAS AGUAS E DO SOLOpt_BR
dc.contributor.advisor1PEREIRA, José Almir Rodrigues-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9918600634569244pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/8720769733320931pt_BR
dc.description.resumoA Região Metropolitana de Belém possui poucas e incompletas informações sobre a produção e destino final de lodo de esgoto, pois apenas pequena parte do lodo gerado nos tanques sépticos e nas ETEs coletivas é desaguado e disposto sem controle no Aterro Sanitário do Aurá, portanto, é muito comum o lançamento indevido de lodo em corpos d`água e no solo, o que agrava os problemas de poluição/contaminação na área urbana. Sendo assim, esse trabalho tem como objetivo analisar o aumento da produção de lodo e avaliar o seu impacto no Aterro Sanitário do Aurá. A pesquisa foi desenvolvida na Região Metropolitana de Belém, que é composta pelos municípios de Belém, Ananindeua, Benevides, Marituba e Santa Bárbara do Pará. Tendo sido dividida em duas fases. Na Fase I foram estimados os volumes de lodo de esgoto (bruto e desaguado) de tanques sépticos e de ETEs na RMB no período de 2009 a 2030, sendo a Fase II destinada à análise da capacidade do aterro sanitário do Aurá como local de disposição deste lodo. Durante a mesma foi constatado que apesar do aumento do volume de lodo desaguado não ter grande impacto no volume de resíduos sólidos domiciliares no período estudado, a falta de áreas disponíveis no Aterro Sanitário do Aurá é um problema que deve ser resolvido com a máxima brevidade, pois, caso contrário, os resíduos sólidos domiciliares e o lodo de esgoto gerados na Região Metropolitana de Belém, não serão dispostos adequadamente, já que a previsão é o rápido comprometimento do volume livre do Aterro Sanitário do Aurá.pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Engenharia Civilpt_BR
Appears in Collections:Dissertações em Engenharia Civil (Mestrado) - PPGEC/ITEC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AnaliseProducaoLodo.pdf4,31 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons