Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/7996
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 18-Dec-2015
metadata.dc.creator: COSTA, Patricia Fagundes da
metadata.dc.contributor.advisor1: SALGADO, Claudio Guedes
Title: Isolamento e cultivo in vitro do agente etiológico da Doença de Jorge Lobo: morfologia, fisiologia e genoma de Candida loboi sp. nov
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
FAPESPA - Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas
FADESP - Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa
Citation: COSTA, Patricia Fagundes da. Isolamento e cultivo in vitro do agente etiológico da Doença de Jorge Lobo: morfologia, fisiologia e genoma de Candida loboi sp. nov. 2015. 115 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2015. Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular.
metadata.dc.description.resumo: A Doença de Jorge Lobo é uma infecção crônica, granulomatosa, que se desenvolve após a implantação traumática do fungo na pele. Manifesta-se com lesões nodulares, verrucosas e/ou queloidiformes, localizadas principalmente nos membros inferiores e pavilhões auriculares. Doença prevalente na região Amazônica e, atualmente considerada como emergente, com casos novos em outros continentes em humanos e golfinhos. Pouco se conhece sobre o agente etiológico da doença de Jorge Lobo, principalmente pela impossibilidade do cultivo in vitro, dificultando a caracterização correta do agente. Este trabalho teve como objetivo isolar, cultivar e caracterizar cepas do agente etiológico da doença de Jorge Lobo provenientes de pacientes atendidos na Unidade de Referência em Dermatologia Sanitária do Estado do Pará Dr. Marcello Candia, Marituba no estado do Pará. Durante alguns anos foram acompanhados 23 pacientes, a maioria lavradores do sexo masculino, entre 14 e 80 anos de idade, com material biológico coletado por raspado dérmico e biópsia, para confirmação do diagnóstico pelo exame micológico direto e histopatologia, com posterior tratamento. O material biológico coletado foi processado para o isolamento, com a obtenção de células leveduriformes características do agente etiológico da doença de Jorge Lobo após 7 a 14 dias em meio RPMI com a enzima dispase II. Depois de 2 a 6 meses em RPMI (5% CO2, 37ºC) observamos a fragmentação das células-mãe provenientes das lesões e a presença de células leveduriformes, variando de 1 a 7 μm de diâmetro. A partir deste momento, foi possível manter as cepas do agente etiológico da doença de Jorge Lobo em meio líquido RPMI ou em ágar Sabouraud-dextrose à temperatura ambiente, onde formaram colônias pastosas, branco-acastanhadas, cerebriformes, por vezes lanuginosas. Células destas cepas foram analisadas por diferentes técnicas de microscopia óptica e eletrônica, bioquímicas e genéticas, culminando com a descrição do genoma da cepa de um paciente, logo após o isolamento enzimático e antes da diferenciação em cultura, definindo aseguinte identificação taxonômica:Eukaryota; Fungi; Dikarya; Ascomycota; Saccharomycotina; Saccharomycetes; Saccharomycetales; Debaryomycetaceae; Candida/Lodderomyces clade; Candida; Candida sp. LDI48194. A apresentação de características clínicas peculiares, associada a aspectos morfológicos únicos, propriedades fisiológicas e genéticas, que não permitem a definição de uma espécie já identificada, indicam que o agente da doença de Jorge Lobo é, na realidade, uma nova espécie, para a qual propomos a nomenclatura de Candida loboi.
Abstract: Jorge Lobo’s disease is a chronic granulomatous infection developing after traumatic implantation of the fungus in the skin. It presents with nodular, verrucous or keloid-like lesions mainly on legs and ears. The highest prevalence is at Amazon Region and it has been considered an emergent disease, presenting new cases on other continents in both, humans and dolphins. Little is known about L. loboi, and the absence of in vitro culture impairs the correct characterization of the fungus. This work had as the main goal to isolate, culture and characterize strains of the etiological agent of Jorge Lobo´s disease, obtained from patients attended at the Dr Marcello Candia Reference Unit in Sanitary Dermatology of the State of Pará, in Marituba, Pará, Brazil. During many years 23 patients were diagnosed and followed by our team. Most of them were male farmers, with age varying from 14 to 80 years-old. After biopsy of the lesion for confirming the diagnosis, the patients initiated treatment and the material was processed with dispase II at liquid medium RPMI, 37º C, 5% CO2 for 1-2 weeks to isolate yeast cells from human tissue. After 2-6 months in the medium, we observed fragmentation of mother cells and the presence of new yeast cells with diameter varying from 1 to 7μm. From that moment, it was possible to grow the strains in different liquid or solid mediums at 37º C or RT, where creamy, whitish cerebriform, sometimes hairy colonies were observed. Cells from those strains were analyzed by different techniques of optical and electron microscopy, biochemistry and genetics, ending with the description of the genome of one patient just after isolation of the fungal cells from the lesional skin, defining the following taxonomic identification: Eukaryota; Fungi; Dikarya; Ascomycota; Saccharomycotina; Saccharomycetes; Saccharomycetales; Debaryomycetaceae; Candida/Lodderomyces clade; Candida; Candida sp. LDI48194. The peculiar clinical presentation associated to unique morphological, physiological and genetic characteristics that do not permit the definition of a known species indicate that the etiological agent of Jorge Lobo’s disease is a new species, for which we propose to use the name Candida loboi.
Keywords: Doença de Jorge Lobo
Lacazia loboi
Lobomicose
Doença granulomatosa crônica
Micose
Candida loboi
Epidemiologia
Morfologia
Fisiologia
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::MICROBIOLOGIA::BIOLOGIA E FISIOLOGIA DOS MICROORGANISMOS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Teses em Neurociências e Biologia Celular (Doutorado) - PPGNBC/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_IsolamentoCultivoVitro.pdf7,28 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons