Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8000
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 5-Apr-2014
metadata.dc.creator: MORAES, Tânia Mara Pires
metadata.dc.contributor.advisor1: SALGADO, Claudio Guedes
Title: Avaliação sorológica dos antígenos micobacterianos ND-O-BSA, LID-1 E NDO-LID em pacientes com hanseníase, contatos intradomiciliares e estudantes de um município hiperendêmico da Amazônia brasileira
metadata.dc.description.sponsorship: FAPESPA - Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas
Citation: MORAES, Tânia Mara Pires. Avaliação sorológica dos antígenos micobacterianos ND-O-BSA, LID-1 E NDO-LID em pacientes com hanseníase, contatos intradomiciliares e estudantes de um município hiperendêmico da Amazônia brasileira. 2014. 79 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2014. Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular.
metadata.dc.description.resumo: Apesar dos esforços para sua eliminação como problema de saúde pública, a hanseníase permanece com alta prevalência em alguns países, como o Brasil, sendo o Estado do Pará responsável pelo diagnóstico de aproximadamente 10% dos cerca de 400.000 casos novos do Brasil nos últimos 10 anos. Até o momento, não existe nenhum teste de diagnóstico para detectar a hanseníase nos estágios iniciais, contribuindo assim para a manutenção das altas taxas de incidência da doença. Neste sentido, novos antígenos específicos do M. leprae que possibilitem o desenvolvimento de novos métodos de diagnóstico podem facilitar a detecção precoce de casos novos e contribuir para alcançar as metas de controle da hanseníase. Neste estudo, foi realizada avaliação clínica e dermatoneurológica dos participantes para a detecção de casos novos e foram coletadas amostras de sangue para pesquisa de anticorpos em dois momentos diferentes, T1 e T2, em um intervalo de tempo de 2 anos entre os mesmos. Os anticorpos IgM anti-ND-O-BSA e IgG anti-LID-1 foram detectados por ELISA, além de anti-IgM e anti-IgG associados para a pesquisa de anti-NDO-LID em amostras de plasma, também por ELISA ou sangue total pelo teste rápido OrangeLife® (OL) de 79 pessoas com hanseníase, 131 contatos e 331 estudantes do município de Breves, Estado do Pará. Nossos resultados mostraram alta incidência de hanseníase de 18,6% e 6,1% em contatos e estudantes respectivamente em T1 e de 19,8% e 9,4% em T2 e neste momento, entre contatos, foram positivos 44,3% para anti-ND-O-BSA, 7,86% para o anti-LID-1 e 37,4% para o anti-NDO-LID e para estudantes foram 49,5% para o anti-ND-O-BSA, 5,1% para o anti-LID-1 e 45% para o anti-NDO-LID. A associação entre os antígenos mostrou uma forte correlação para o ND-O-BSA e NDO-LID. A positividade para o OL em casos novos foi de 44,3% para MB, a maioria BT, em estudantes foi 47,4% e em contatos foi de 36,3%, com baixa concordância com ELISA anti-NDO-LID. No seguimento (T2), o percentual de casos novos foi de 35% e o maior percentual foi identificado entre indivíduos positivos para anti-ND-O-BSA. Os dados mostram alta incidência em contatos e estudantes através de busca ativa e seguimento sorológico, e concluímos que o antígeno ND-O-BSA se mostrou mais sensível no ensaio de ELISA para a identificação de casos novos em populações endêmicas.
Abstract: Despite efforts for its elimination as a public health problem, leprosy remains highly prevalence in some countries, including Brazil, specially in the state of Pará, which accounts for approximately 10% of the 400,000 new cases in Brazil during the last 10 years. To date, there is no diagnostic test to detect leprosy in its early stages, thus contributing to the maintenance of high rates of disease incidence. In this sense, the Discovery of new specific antigens of M. leprae to enable the development of new diagnostic methods may facilitate early detection of disease prior to the onset of disfigurement and nerve damage and contribute to achieving the goals of leprosy control. In this study, dermatological clinical evaluation of the participants was performed to detect new cases and blood samples were collected for antibody screening at two different timpoints, T1 (2011) and T2 (2013), two years apart. IgM anti-ND-O-BSA and IgG anti-LID-1 titers were detected by ELISA, and anti-IgM and anti-IgG were combined for detection of both in plasma samples by ELISA or also the whole blood by OrangeLife® (OL) rapid test in 79 leprosy patients, 131 household contacts and 331 students from the municipality of Breves, Pará State. Samples collected at T1 showed a high number of new cases detected, with 18.6% of household contacts and 6.1% of students diagnosed, while two years later at T2, there were 19.8% of household contacts and 9.4% of students diagnosed. At T2, 44.3% of contacts were positive for anti-ND-O-BSA, 7.8% for anti-LID-1 and 37.4% for anti-NDO-LID. Mong the students 49.5% were positive for anti-ND-O-BSA, 5.1% for anti-LID-1 and 37% for anti-NDO-LID. The association between antigens showed a strong correlation to ND-O-BSA and NDO-LID. Positivity of the OL rapide test was 44.3% for newly diagnosed MB cases (BT majority), in students was 47.4% and 36.3% in household contacts, with poor agreement with ELISA anti-NDO-LID. At follow-up (T2), the percentage of new cases was 35% and the largest number was identified among individuals positive for anti-ND-O-BSA. The data show a high incidence in contacts and students through active search and serologic follow-up, and we concluded that the antigen ND-O-BSA was more sensitive in the ELISA assay for identifying new cases in populations endemic.
Keywords: Doenças infecciosas
Hanseníase
Mycobacterium leprae
Sorologia
Epidemiologia
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FARMACIA
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::DERMATOLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Teses em Neurociências e Biologia Celular (Doutorado) - PPGNBC/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_AvaliacaoSorologicaAntigenos.pdf1,97 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons