Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/8017
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
Issue Date: Dec-2015
metadata.dc.creator: PRUDENTE, Gabriel de Cássio Pinheiro
Title: Ler e copiar, ouvir e registrar: um dicionário jesuítico como instrumento de aprendizado da língua geral na amazônia setecentista
Other Titles: Reading and copying, listening and registering: a Jesuit dictionary as a tool for learning the Língua Geral in eighteenth century Amazonia
Citation: PRUDENTE, Gabriel de Cássio Pinheiro. Ler e copiar, ouvir e registrar: um dicionário jesuítico como instrumento de aprendizado da língua geral na amazônia setecentista. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas, Belém, v. 10, n. 3, p. 641-657, out./dez. 2015. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222015000300641&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 27 mar. 2017. <http://dx.doi.org/10.1590/1981-81222015000300008>.
metadata.dc.description.resumo: Este artigo tem como objetivo entender como um dicionário, escrito por um jesuíta alemão no século XVIII, foi utilizado como instrumento de aprendizado da língua geral na Amazônia. O documento analisado é entendido como parte da política linguística jesuítica, a partir da qual o aprendizado de línguas era de fundamental importância para a ação missionária. O conceito de mediação cultural será apropriado, pois o dicionário é interpretado como um instrumento linguístico essencial para o missionário, como mediador, aprender o idioma indígena e realizar seu trabalho de conversão. Primeiramente, buscou-se delinear, em linhas gerais, como se formou a política jesuítica de línguas na América portuguesa. Em seguida, foi realizada uma contextualização histórica do manuscrito. Por fim, foram analisados indícios encontrados nos verbetes que elucidam o processo de confecção do dicionário, a trajetória missionária do autor e seu aprendizado da língua geral.
Abstract: The aim of this article is to understand how a dictionary, written by a German Jesuit in the eighteenth century, was used as a tool for learning the “língua geral” in the Amazon region. The analyzed document is understood as a part of Jesuit linguistic politics, in which the learning of languages was of fundamental importance for missionary activity. The concept of cultural mediation will be discussed because the dictionary is interpreted as an essential linguistic tool for the missionary, as a mediator, to aid his conversion work. Firstly, this article intends to give a general outline of Jesuit linguistic politics in Portuguese America. Secondly, the manuscript is placed in its historical context. Finally, indications found in the entries that clarify the process of dictionary making, the missionary trajectory of the author, and his learning of the Língua Geral are analyzed.
Keywords: Dicionário jesuítico
Jesuítas
Mediação cultural
Idioma indígina
Linguística jesuítica
Historiografia
América portugues
Amazônia colonial
Series/Report no.: Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas
ISSN: 2178-2547
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Artigos Científicos - IFCH

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_LerCopiarOuvir.pdf742,28 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons