Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8094
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 12-Aug-2014
metadata.dc.creator: MORAES, Francineide Paiva
metadata.dc.contributor.advisor1: FAIRCHILD, Thomas Massao
Title: Autoria da aula de língua portuguesa: o papel do professor como voz didática, locutor e instância de escuta do aluno
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: MORAES, Francineide Paiva. Autoria da aula de língua portuguesa: o papel do professor como voz didática, locutor e instância de escuta do aluno. 2014. 128 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Letras e Comunicação, Belém, 2014. Programa de Pós-Graduação em Letras.
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho tem como objetivo investigar como se constitui a função-autor assumida pelo professor de Língua Portuguesa (doravante LP) ao produzir suas aulas. Para tanto, a pesquisa, de natureza documental e etnográfica, foi desenvolvida durante um bimestre em uma escola da rede pública de ensino do município de Belém-PA, onde observamos as aulas de LP de uma turma de 5ª série (6º ano) do Ensino Fundamental. Adotamos como corpus materiais de ensino mobilizados pela professora colaboradora, atividades realizadas pelos alunos e anotações registradas em diário de campo, dos quais selecionamos 33 recortes discursivos que foram analisados na perspectiva da Análise do Discurso de linha francesa. A discussão dos dados está ancorada em pressupostos de Foucault (2001/1969), que defende que a função-autor pode dar lugar simultaneamente a várias posições-sujeito; de Orlandi (2007), que afirma que a autoria pressupõe um gesto de produzir um discurso interpretável; de Maingueneau (2008), que postula as noções de “competência discursiva” e dos planos discursivos “estatuto do enunciador e do destinatário” e “vocabulário”, que contribuíram para a compreensão dos discursos inscritos nos posicionamentos assumidos pela professora; além de outros autores que colaboraram para a reflexão ora proposta. Com base nesses postulados, analisamos como a professora da turma pesquisada assume na aula as posições enunciativas de voz didática, enquanto mediadora entre o conhecimento e o aluno; de locutor, na interlocução com os alunos, criando condições para que os saberes sejam desenvolvidos na aula; e de escuta da aprendizagem do aluno, buscando identificar suas dificuldades e agir sobre elas. Os resultados das análises indicam que a professora, embora tenha ocupado um lugar de escuta que, em alguns momentos, não se realizou plenamente, assume a função-autor, ao executar um trabalho de produzir, filtrar ou selecionar o que poderá fazer parte de suas aulas e de traduzir o enunciado do outro para dentro de seu discurso, produzindo, assim, aulas com uma lógica própria, a fim de promover o processo de ensino-aprendizagem do aluno.
Abstract: The present dissertation aims to investigate how the authorship-function assumed by Portuguese Language (PL) teachers as they produce their classes is constituted. To that end, this documental and ethnographic research was developedduring a bimester‟s time in a public school located in the city of Belém, Brazil, where we observed Portuguese classes taught to the sixth year of „Ensino Fundamental‟. Our corpus was assembled from teaching materials utilized by the teacher that collaborated to the research, activities solved by students and field log notes. Among those, we selected 33 discursive segments that were analyzed under the light of french Discourse Analysis. The discussion is based on Foucault (2001/1969), to whom the author-function may lead to the emergence of various subject-positions; on Orlandi (2007), to whom authorship implies a gesture by which an interpretable discourse is produced; and on Maingueneau (2008), who postulates the concepts of “discursive competence” and of “status of the enunciator and of the addressee” and “vocabulary” as discursive plans. These concepts, among some others, have contributed to interpret the discourses imprinted in the positions assumed by the collaborating teacher during her classes. Based on them, we analyze how the teacher plays the roles of didactic voice, acting as a mediator between students and knowledge; of speaker, in the interactions with the students, creating the necessary conditions for knowledge to be developed in class; and of a listening stance, trying to probe their difficulties and act upon them. The results indicate that the teacher, although listening to students in such a way that sometimes, is not realized completely, assumes the authorship-function by filtering or selecting what may or may not become part of her classes and by translating the enunciate of the other into her discourse, thus producing classes that have their own logic, in order to promote the teaching-learning process of the students.
Keywords: Língua portuguesa - Estudo e ensino
Aula - Planejamento e execução
Professor - Locutor e escuta
Ensino fundamental
Voz didática
Belém - PA
Pará - Estado
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Letras e Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Letras
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Letras (Mestrado) - PPGL/ILC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AutoriaAulaLingua.pdf1,45 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons