Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/8121
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 9-Mar-2016
metadata.dc.creator: MOUTINHO, Michell Gadelha
metadata.dc.contributor.advisor1: PICANÇO, Gessiane Lobato
Title: A precisão na fluência em leitura oral: avaliando a leitura de alunos do 6º ano do Ensino Fundamental
metadata.dc.description.sponsorship: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: MOUTINHO, Michell Gadelha. A precisão na fluência em leitura oral: avaliando a leitura de alunos do 6º ano do Ensino Fundamental. 2016. 112 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Letras e Comunicação, Belém, 2016. Programa de Pós-Graduação em Letras.
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho tem como objetivo diagnosticar o nível de desempenho na dimensão da precisão na fluência em leitura oral de 46 alunos do 6º ano do ensino fundamental de quatro escolas de Belém – Pará, sendo duas da esfera pública e duas da esfera privada. Este diagnóstico pretende contribuir para as discussões acerca da avaliação da habilidade de leitura, considerando o baixo desempenho dos alunos em exames como a Prova Brasil, Enem e PISA. Para alcançar este objetivo, utilizamos o método CBM (Curriculum-based measurement), desenvolvido por Deno (1985), que utiliza um minuto da leitura oral dos alunos, o bastante para analisar e determinar as dificuldades apresentadas de maneira mais específica que, neste estudo, estão relacionadas à precisão na decodificação de palavras. Os dados foram coletados em duas visitas, sendo a primeira no início e a segunda no final do ano letivo de 2015. A análise dos dados foi feita baseando-se nos níveis de desempenho em relação à precisão (RASINSKI, 2004) e as taxas de precisão e autocorreção. Os resultados mostram que há uma diferença entre as escolas públicas e privadas, pois estas tiveram desempenhos melhores que aquelas, embora todas as escolas onde houve duas visitas melhoraram seus desempenhos em relação à precisão na decodificação. Além disso, os tipos de erros mais cometidos pelos alunos foram os de substituição de palavras (que incluem quatro tipos de erro diferentes: semelhança lexemática, semelhança gráfica, pluralização/singularização e influência do contexto) e de pronúncia (que são: desconhecimento parcial da relação grafema-fonema, apagamento de sons das palavras e desconhecimento de sinais gráficos). Estes erros, além de apresentarem diferentes manifestações, são os que mais causam impacto na compreensão do texto lido, o que os destaca em relação aos demais erros detectados. Concluímos que a dificuldade na precisão se dá em grande parte nas esferas públicas de ensino e que, se não houver intervenção precisa para sanar as dificuldades, os alunos tendem a se distanciar ainda mais uns dos outros no desenvolvimento de suas habilidades leitoras.
Abstract: This study aims at examining students’ performance levels in oral reading accuracy. 46 sixthgraders from four schools – two public and two private –participated voluntarily in the study, which took place in Belém – Pará. The work intends to contribute to discussions about reading assessment, since Pará students’ performance in national and international exams, such as Prova Brasil, Enem and PISA, has been below the expectations. In order to achieve this goal, we followed the Curriculum-based measurement method, proposed by Deno (1985), which considers one-minute of oral reading to be enough to analyze and determine the students’ major difficulties in a more specific way, in this case, accuracy in word decoding. Oral reading samples were collected in two visits, which took place in the beginning and the end of 2015 school year. The analysis was based on the levels of performance for word decoding accuracy (RASINSKI, 2004), accuracy rate and self-correction rate. The results show a difference between students’ performance from public and private schools, in that the latter reached better levels than the former. Moreover, we also analyze the types of errors that students mostly make in reading aloud, which were substitutions (usually driven by lexemic similarity, graphic similarity, pluralization/singularization and influence of the context) and pronunciation (especially driven by lack of knowledge about phoneme-grapheme relations, deletion of word sounds and misplacement of stress position). These errors exhibited different manifestations and were the ones with a major impact on reading comprehension. We conclude that the difficulty in word decoding is more frequent in public schools, thus, if nothing is done to solve these problems, these students will continue to recede in their reading skills.
Keywords: Linguística
Leitura oral
Leitura - Ensino fundamental
Compreensão na leitura
Livros e leitura - Ensino Fundamental
Escola pública
Escola privada
Método CBM
Belém - PA
Pará - Estado
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Letras e Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Letras
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Letras (Mestrado) - PPGL/ILC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_PrecisaoFluenciaLeitura.pdf1,25 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons