Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/8127
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 30-Sep-2015
Authors: SANCHES, Romário Duarte
First Advisor: RAZKY, Abdelhak
Title: Variação lexical nos dados do Projeto Atlas Geossociolinguístico do Amapá
Sponsor: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: SANCHES, Romário Duarte. Variação lexical nos dados do Projeto Atlas Geossociolinguístico do Amapá. 2015. 145 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Letras e Comunicação, Belém, 2015. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Resumo: Este trabalho objetiva descrever, mapear e analisar a variação lexical do português brasileiro falado no Amapá, com base nos dados do projeto Atlas Geossociolinguístico do Amapá (ALAP). A pesquisa segue os postulados teórico-metodológicos da dialetologia pluridimensional (THUN, 2000), numa abordagem geossociolinguística (RAZKY, 2003). Ressalta-se que os dados analisados aqui, sob a perspectiva geossocial, compõem o corpus do projeto Atlas Geossociolinguístico do Amapá (ALAP). Foram selecionados 10 pontos de inquéritos, sendo entrevistados quatro informantes por localidade. Os informantes se dividem em dois grupos que correspondem às variáveis sociais: sexo (masculino e feminino) e idade (18-30 anos e 50-75 anos). Para as entrevistas, foi aplicado o Questionário Semântico-Lexical do projeto Atlas Linguístico do Brasil (ALiB).Por meio dos dados coletados e tratados, foram selecionados 15 itens lexicais referentes a seis campos semânticos. Consideraram-se três tipos de análise para os dados: espacial (geográfica), social (variáveis idade e sexo) e comparativa (dado lexicais do ALAP com o ALiB). Este último tipo de análise buscou comparar 11 itens lexicais do projeto ALAP com os dados publicados pelo projeto ALiB. Na análise espacial (geográfica), constatou-se que no Amapá há uma forte pluralidade lexical para designar um mesmo item lexical, no entanto, não há uma delimitação geográfica restrita à realização das variantes lexicais encontradas. Em relação à análise social, observou-se que a variável faixa etária tende a gerar mais variabilidade do que a variável sexo. Sobre a comparação com os dados do ALiB, ratifica-se que a maioria dos dados encontrados no ALAP se complementam e coincidem com os dados publicados pelo ALiB.
Abstract: This paper aims to describe, map and analyze the lexical variation of the Brazilian Portuguese spoken in Amapa, based on project data Geossociolinguistic Atlas of Amapa (ALAP). The research follows the theoretical and methodological postulates of multidimensional dialectology (THUN, 2000), a geossociolinguística approach (RAZKY, 2003). The data analyzed here under the geo-social perspective, make up the corpus of the Geossociolinguistic Atlas of Amapa - ALAP. We selected 10 points surveys, and interviewed four informants by location. Informants are divided into two groups corresponding social variables: gender (male and female) and age (18-30 years and 50-75 years). For the interviews was applied Semantic-Lexical Questionnaire. Through the collected and processed data, we selected 15 lexical items related to six semantic fields. They considered three types of analysis to the data: spatial (geographical), social (variables age and sex) and comparative. The latter type of analysis aimed to compare 11 lexical items ALAP design to data released by ALiB project. Spatial analysis (geographical), it was found that in Amapa there is a strong lexical plurality to designate a same item, however, there is a restricted geographical boundaries the realization of lexical variants found. About social analysis, it was observed that the age variable tends to generate more variability that sex. About compared to ALiB data they recognize that most of the data found in ALAP complement and coincide with the data published by ALiB.
Keywords: Linguística
Língua portuguesa - Brasil
Sociolinguística
Gessociolinguística
Dialetologia
Variação lexical
Atlas Geossociolinguístico do Amapá (ALAP)
Amapá - Estado
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::SOCIOLINGUISTICA E DIALETOLOGIA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Letras e Comunicação
Program: Programa de Pós-Graduação em Letras
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Letras (Mestrado) - PPGL/ILC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_VariacaoLexicalDados.pdf8,49 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons