Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8145
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 25-Jan-2017
metadata.dc.creator: SANTOS, Thayssa Ferreira dos
metadata.dc.contributor.advisor1: LEAL, Walace Gomes
Title: Neuroproteção, diminuição do infiltrado de neutrófilos e microgliose após tratamento com óleo-resina de copaifera reticulata ducke em um modelo experimental de lesão aguda da medula espinhal
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: SANTOS, Thayssa Ferreira dos. Neuroproteção, diminuição do infiltrado de neutrófilos e microgliose após tratamento com óleo-resina de copaifera reticulata ducke em um modelo experimental de lesão aguda da medula espinhal. 2017. 75 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2017. Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular.
metadata.dc.description.resumo: A fisiopatologia da lesão aguda da medula espinhal (LAME) envolve processos complexos como alterações vasculares, excitotoxicidade, peroxidação lipídica e neuroinflamação, causada principalmente pelas células microgliais. Apesar do conhecimento da fisiopatologia, ainda não existe um tratamento eficaz para a LAME. Diante disso, existe uma mobilização da comunidade científica em encontrar uma substância capaz de promover neuroproteção e, consequentemente diminuir as sequelas da LAME abaixo do nível da lesão. Nesse contexto, o Óleo de resina de Copaíba, pode representar uma boa estratégica terapêutica. Neste estudo, investigamos os efeitos antiinflamatórios e neuroprotetores do óleo de resina de copaíba após hemisecção da medula espinhal de ratos. Os animais foram divididos em 2 grupos experimentais e controle de 24h e 7 dias de sobrevida. Foram utilizadas técnicas imunohistoquímicas usando os anticorpos anti-MBS-1(marcador de neutrófilos), anti-Iba -1(marcador de micróglias), assim como coloração com Violeta de Cresila. Foram realizadas análises qualitativas e quantitativas. O óleo de resina de copaíba se mostrou eficaz em diminuiu o recrutamento de células inflamatórias para a área de lesão medular e promoveu melhor preservação da área tecidual em comparação com o grupo controle. Assim como no menor recrutamento de neutrófilos em ratos tratados em comparação com o grupo controle (Grupo Tratado : 8,33 ± 0,66 (N=3); Grupo Controle: 12,27 ± 0,28 (N=3) ). O óleo de resina de copaíba também promoveu a redução do número de micróglias na área de lesão medular em diferentes tempos (Grupo Tratado no 1º dia: 8,59 ± 1,72 (N=3), Grupo Controle no 1º dia : 35,07 ± 9,87 (N=3). Grupo Tratado no 7º dia: 19,59 ± 9,48 (N=3), Grupo Controle no 7º dia : 65,77 ± 6,19 (N=3)). Esses resultados sugerem o efeito antiinflamatório e neuroprotetor do óleo de resina de copaíba após a LAME, revelando uma estratégia promissora para o paciente pós LAME.
Abstract: Most central nervous system (CNS) diseases are incurable and extremely debilitating, acute spinal cord injury (LAME) causes permanent loss of neurological function below the level of the injury, causing severe physical consequences to patients. Trauma, falls and gunshot or joint weapon damage together make up almost 100% of the main mechanisms that cause LAME, as well as contribute to the high costs of the public health system. The pathophysiology of LAME involves complex processes such as vascular changes, excitotoxicity, lipid peroxidation and neuroinflammation, generated mainly by microglial cells. Despite the knowledge of pathophysiology, there is still no effective treatment for LAME. Thus, there is a mobilization of the scientific community to find a substance capable of promoting neuroprotection and, consequently, to reduce the sequelae of LAME below the level of the lesion. In this context, the Copaíba Resin Oil may represent a good therapeutic strategy. In this study, we investigated the antiinflammatory and neuroprotective effects of copaiba resin oil after hemisection of the spinal cord of rats. The animals were divided into experimental and control groups. Immunohistochemical techniques using anti-MBS-1 (neutrophil marker), anti-Iba-1 (microglial marker) antibodies, as well as staining with Cresila Violet were used. Qualitative and quantitative analyzes were performed. Copaiba resin oil proved effective in decreasing the recruitment of inflammatory cells to the area of spinal cord injury and promoted better preservation of the tissue area compared to the control group. As in the lowest neutrophil recruitment in treated rats compared to the control group (Treated group: 8.33 ± 0.66 (N = 3); Control group: 12.27 ± 0.28 (N = 3)) . Copaíba resin oil also promoted a reduction in the number of microglia in the area of spinal cord injury at different times (Treated group on day 1: 8.59 ± 1.72 (N = 3), Control Group on day 1: 35, (N = 3), Control Group on the 7th day: 65.77 ± 6.19 (N = 3)). These results suggest the antiinflammatory and neuroprotective effect of copaiba resin oil after LAME, revealing a promising strategy for the patient after LAME.
Keywords: Medula espinhal
Copaíba
Agentes anti-inflamatórios
Lesão medular
Óleo de copaíba
Anti-inflamatórios
Ferimentos e lesões
Lesão Aguda da Medula Espinhal (LAME)
Neutrófilos
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::FISIOLOGIA::FISIOLOGIA GERAL::NEUROFISIOLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Neurociências e Biologia Celular (Mestrado) - PPGNBC/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_NeuroprotecaoDiminuicaoInfiltrado.pdf1,47 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons