Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/8240
Tipo: Artigo de Periódico
Data do documento: Ago-2015
Autor(es): ARAUJO, Juliana de Souza
GIARRIZZO, Tommaso
LIMA, Marcelo de Oliveira
Título: Mercury concentration in different tissues of Podocnemis unifilis (Troschel, 1848) (Podocnemididae: Testudines) from the lower Xingu River – Amazonian, Brazil
Título(s) alternativo(s): Concentrações de mercúrio em diferentes tecidos de Podocnemis unifilis (Podocnemididae: Testudines) do baixo Rio Xingu – Amazônia, Brasil
Citar como: ARAUJO, Juliana de Souza ; GIARRIZZO, Tommaso ; LIMA, Marcelo de Oliveira. Mercury concentration in different tissues of Podocnemis unifilis (Troschel, 1848) (Podocnemididae: Testudines) from the lower Xingu River – Amazonian, Brazil. Brazilian Journal of Biology, São Carlos, v. 75, n. 3, supl. 1, p. 106-111, ago. 2015 . Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-69842015000500106&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 24 abr. 2017. <http://dx.doi.org/10.1590/1519-6984.01514BM>.
Resumo: Estudos utilizando quelônios como biosentinelas de qualidade ambiental ou de riscos à saúde associados ao consumo de tartarugas são raros, especialmente na bacia amazônica. Neste estudo foram medidos os níveis de mercúrio no músculo, fígado, gordura e sangue de Podocnemis unifilis do baixo Rio Xingu. Foram avaliadas as possíveis diferenças de concentração entre os sexos e também o potencial de bioacumulação ao longo de diferentes tamanhos corporais. A etapa de amostragem ocorreu durante o período seco (Outubro de 2012) e a quantificação de Mercúrio (Hg) foi realizada através de digestão ácida e análises por Espectrometria de Absorção Atômica com Vapor Frio (CVAAS). Um total de 29 amostras de Podocnemis unifilis, mesmo em diferentes tamanhos, mostraram concentrações de Hg menores que 0,2 mg/kg. As concentrações mais elevadas de Hg foram encontradas no fígado, e também foram detectadas correlações significativas entre as concentrações de Hg nos tecidos. Não foram observadas diferenças significativas entre machos e fêmeas, sendo registrada correlação negativa entre a concentração de Hg e o tamanho do corpo.
Abstract: Studies using chelonians as biosentinels of environment quality or health risks associated with turtle consumption are very rare, especially in the Amazon basin. This study aims to measure Mercury levels (Hg) in muscle, liver, fat and blood of Podocnemis unifilis from the lower Xingu River, assessing the possible difference in concentration between sexes and also evaluating the potential bioaccumulation along different body sizes. Samples were collected during the dry season (October 2012) and Mercury (Hg) concentrations were analysed by Cold Vapor Atomic Absorption Spectrometry (CVAAS). A total of 29 specimens of P. unifilis of different sizes showed low levels lower than 0.2 mg/Kg). Higher Hg concentrations were found in the liver, and significant correlations between Hg concentrations in the different tissues were also detected. There was no difference between males and females and a negative correlation was found between Hg concentration and body size.
Palavras-chave: Mercúrio
Podocnemis
Quelóide
Rio Xingu (Bacia do Amazonas)
Título do Periódico: Brazilian Journal of Biology
ISSN: 1519-6984
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Aparece nas coleções:Artigos Científicos - ICB

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo_MercuryConcentrationDifferent.pdf1,26 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons