Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8332
Tipo: doctoralThesis
Título: Polimorfismos no gene da osteopontina e suas associações com a fertilidade de búfalos na Amazônia
Autor(es): ROLIM FILHO, Sebastião Tavares
Primeiro Orientador: RIBEIRO, Haroldo Francisco Lobato
Resumo: Este trabalho teve como objetivo identificar polimorfismos neste gene e associar os mesmos aos parâmetros de fertilidade de búfalos criados de forma extensiva. Foram utilizados 306 machos bubalinos, acima de 18 meses de idade, criados em duas propriedades, uma no estado do Amapá e outra no estado do Pará. Os resultados obtidos para a extração de DNA através de pêlos foram de excelente quantidade, com concentração maior que 50ng/l. Ambos pares de primers amplificaram as regiões específicas do gene da osteopontina. Foram identificados 3 polimorfismos do tipo SNP para a região amplificada pelo primer OS4 (5`UTR) e 4 polimorfismos do tipo SNP para a região amplificada pelo primer OS9 (éxon 5 ao éxon 6). Os polimorfismos foram nas posições 1478, 1513 e 1611 na região amplificada pelo OS4 e nas posições 6690, 6737, 6925 e 6952 na região amplificada pelo OS9. Para todas as características estudadas foram encontrados SNPs significativos a 5%. Para circunferência escrotal, o SNP 6690; para volume testicular, o SNP 6737; para a concentração, o SNP 6690; para motilidade, o SNP 6690 e para patologia espermática, o SNP 6690. Estando os polimorfismos do SNP 6690 relacionado com quatro características. Para a característica CE o genótipo AA foi associado (P<0,05) com os animais que apresentaram maior média de circunferência escrotal, maior média de concentração espermática, maior média de motilidade e menor número de patologias totais. Entretanto, para a característica volume testicular, os animais que apresentaram maior volume estão correlacionados com a presença do genótipo GG, para o SNP 6737. Isso indica que o gene da osteopontina pode influenciar as características reprodutivas em machos bubalinos.
Abstract: Because the osteopontin gene can influence the fertility of water buffaloes, the aim of this work was to identify polymorphisms in this gene and associate them with fertility parameters of animals kept under extensive grazing. We used 306 male buffaloes older than 18 months, bred on two farms, one in the state of Amapá and the other in the state of Pará. We identified three SNP for the region amplified by the primer OS4 (5`UTR) and four SNP polymorphisms for the region amplified by the primer OS9 (exon 5 to exon 6). The polymorphisms were in positions 1478, 1513 and 1611 in the region amplified by OS4 and positions 6690, 6737, 6925 and 6952 in the region amplified by OS9. We calculated correlations with the traits scrotal circumference and volume and sperm motility, concentration and pathology. There were SNPs for all the traits studied at 5% significance: for circumference, SNP 6690; for volume, SNP 6737; for concentration, SNP 6690; for motility, SNP 6690; and for pathology, SNP 6690. Therefore, SNP 6690 was related to four traits. The AA genotype of SNP 6690 presented the highest averages for scrotal circumference, sperm concentration and motility and the lowest total number of pathologies. However, for the scrotal volume trait, the animals with the largest volume were correlated with the presence of the GG genotype of SNP 6737. This indicates that the osteopontin gene is important because it can have a substantial influence on the reproductive traits of male buffaloes.
Palavras-chave: Búfalo
Genética animal
Polimorfismo genético
Fecundidade
Osteopontina
Reprodução animal
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::REPRODUCAO ANIMAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Pará
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Universidade Federal Rural da Amazônia
Sigla da Instituição: UFPA
EMBRAPA
UFRA
Instituto: Núcleo de Ciências Agrárias e Desenvolvimento Rural
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal
Citação: ROLIM FILHO, Sebastião Tavares. Polimorfismos no gene da osteopontina e suas associações com a fertilidade de búfalos na Amazônia. 2012. 46 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Ciências Agrárias e Desenvolvimento Rural, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém, 2012. Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8332
Data do documento: 24-Set-2012
Aparece nas coleções:Teses em Ciência Animal (Doutorado) - PPGCAN/NCADR

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese_PolimorfismosGeneOsteopontina.PDF500,21 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons

Ferramentas do administrador