Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8537
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 30-Jun-2015
metadata.dc.creator: ASSUNÇÃO, Mônica Pontes de
metadata.dc.contributor.advisor1: PAIXÃO, Carlos Jorge
Title: Relações cotidianas no ambiente instituído da Ufpa: a experiência dos acadêmicos de países africanos
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: ASSUNÇÃO, Mônica Pontes de. Relações cotidianas no ambiente instituído da Ufpa: a experiência dos acadêmicos de países africanos. 2015. 147 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências da Educação, Belém, 2015. Programa de Pós-Graduação em Educação.
metadata.dc.description.resumo: Este estudo tem por objeto o cotidiano vivido por estudantes de países africanos vinculados ao Programa Estudante-Convênio Graduação, o PEC-G, que realizam a experiência acadêmica em uma IES nacional. A problemática se orientou com o foco na influência deste ambiente instituído nas relações cotidianas estabelecidas pelos estudantes de países africanos. O local da pesquisa foi a Universidade Federal do Pará – UFPA, na Casa de Estudos Brasil-África, CBA. Os objetivos do estudo foram: a) analisar o perfil socioeconômico, acadêmico e cultural dos estudantes de países africanos matriculados na instituição; b) descrever as interações estabelecidas pelos estudantes de países africanos no interior da IES; e c) compreender em que condições são estabelecidas as relações entre estes e o grupo do ambiente instituído responsável em orientar/auxiliar em sua vivência acadêmica. A metodologia seguiu a abordagem qualitativa e o referencial teórico centrou-se na Teoria do Cotidiano de Agnes Heller (2008), e dos estudos contemporâneos sobre as relações raciais e Ensino Superior. Atrelado a estes conceitos, a análise do discurso bakhtiniana proposta por Brait (1997); Barros e Fiorin (1994); Bezerra (2008) e Faraco (1996) foi utilizada envolvendo três etapas. A primeira compreendeu a análise dos documentos oficiais e institucionais a fim de se conhecer os discursos que se materializam nas orientações acerca do cotidiano vivido em espaços públicos por pessoas que apresentam diferentes características estéticas, culturais, sociais, etc. A segunda refere-se à observação do cotidiano vivido pelos interlocutores deste estudo na instituição selecionada, com registro em diário de campo. A terceira refere-se à análise dos documentos orais, constituídos dos discursos dos estudantes de países africanos acerca do cotidiano acadêmico. Os resultados revelam que o cotidiano dos estudantes de países africanos foi influenciado por tensões e conflitos vivenciados no ambiente instituído que por sua vez contribui para o distanciamento à instituição que deveria auxiliar em sua experiência acadêmica na IES.
Abstract: This study 's purpose is the daily lived by students from African countries linked to the Student - Graduate Program Agreement , the PEC- G, conducting academic experience in a national HEI . The problem was oriented with a focus on the influence that the environment has instituted in everyday relationships established by students from African countries. The locus of the research was the Federal University of Pará - UFPA , in the House of Brazil - Africa Studies CBA . The objectives of the study were : a) raise the socioeconomic profile , academic and cultural development of students of African countries enrolled in the institution; b ) describe the interactions established by students of African countries within the HEI ; c ) verify that conditions are established relations between them and the environmental group established responsible to advise / assist in their academic experience.The methodology followed the qualitative approach and the theoretical framework focused on Everyday Theory of Agnes Heller (2008 ) , and contemporary studies on race relations and Higher Education. Coupled to these concepts , discourse analysis Bakhtin proposed by Brait (1997 ) ; Barros and Fiorin (1994); Bezerra (2008) Faraco (1996 ) was used involving three steps . The first involved the analysis of official and institutional documents in order to meet the speeches that materialize the guidelines about the daily life lived in public spaces for people with different aesthetic, cultural , social, etc. The Second refers to the on-site observation and journaling of everyday field experienced by the partners of this study . The third refers to the analysis of oral documents , made up of speeches by students from African countries about the daily academic . The results show that the daily lives of students of African countries is influenced by tensions and conflicts experienced in the set environment which in turn contributes to the distance to the institution that should assist in their academic experience at IES.
Keywords: Educação superior
Estudantes universitários - Condições econômicas
Estudantes africanos
Programa Estudante-Convênio Graduação (PEC-G)
Universidade Federal do Pará
Belém - PA
Pará - Estado
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO::EDUCACAO SUPERIOR
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências da Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Educação (Mestrado) - PPGED/ICED

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_RelacoesCotidianasAmbiente.pdf2,39 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons