Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8669
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 14-Dec-2016
Authors: REMÍGIO, Luan José Silva
First Advisor: CHAVES, Ernani Pinheiro
Title: O conceito de psicologia em humano, demasiado humano I
Citation: REMÍGIO, Luan José Silva. O conceito de psicologia em humano, demasiado humano I. 2016. 134 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Belém, 2016. Programa de Pós-Graduação em Filosofia.
Resumo: O presente trabalho tem como objetivo explorar o conceito de psicologia tal como apresentado em Humano, demasiado humano. A formulação deste conceito encontra-se intimamente ligada ao projeto filosófico nietzscheano de filosofia histórica inaugurado em 1878. Este empreendimento critica a filosofia tradicional a partir do conhecimento científico, que volta a ser valorizado a partir da obra de 1878. A psicologia elaborada por Nietzsche distancia-se daquela elaborada pela metafísica, pois o filósofo parte de pressupostos diferentes da tradição ao rejeitar a dualidade corpo/alma e a supremacia do inteligível sobre o sensível, ao atribuir importância maior ao sensível. Importantíssimo, também, é a amizade iniciada com Paul Rée que apresentará os moralistas franceses do século XVII e XVIII ao filósofo alemão. O duque de La Rochefoucauld, um desses pensadores franceses, é fundamental para elaboração de suas “observações psicológicas”, assim como os estudos sobre fisiologia, intensificados a partir de então. Sendo assim, a análise psicológica é necessária para denunciar os ideais, teóricos, práticos e estéticos como ficções humanas, demasiadas humanas.
Abstract: The present work aims to explore the concept of psychology as presented in Human, all too human. The formulation of this concept is closely linked to the Nietzschean philosophical project of historical philosophy inaugurated in 1878. This enterprise criticizes the traditional philosophy based on scientific knowledge, which is again valued from the work of 1878. The psychology elaborated by Nietzsche departs from that elaborated by metaphysics, since the philosopher starts from different presuppositions of the tradition when rejecting the body/soul duality and the supremacy of the intelligible over the sensible, when attaching greater importance to the sensitive. Most important, too, is the friendship begun with Paul Rée that will present the French moralists of the seventeenth and eighteenth centuries to the German philosopher. The Duke of La Rochefoucauld, one of these French thinkers, is fundamental for the elaboration of his "psychological observations", as well as the studies on physiology, intensified thereafter. Thus, psychological analysis is necessary to denounce ideals, theoretical, practical and aesthetic as human fictions, too human.
Keywords: Psicologia e filosofia
Metafísica
Nietzsche, Friedrich Wilhelm, 1844-1900
La Rochefoucauld, François, Duque de, 1613-1680
História da filosofia
Ciência
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-Graduação em Filosofia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Filosofia (Mestrado) - PPGFIL/IFCH

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_ConceitoPsicologiaHumano.pdf1,34 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons