Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8680
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 2016
metadata.dc.creator: CURCINO, Wanderson dos Anjos
metadata.dc.contributor.advisor1: FIGUEIREDO, Silvio José de Lima
Title: A construção do discurso jornalístico sobre a sustentabilidade das cidades: o caso do Jornal Diário do Pará
Citation: CURCINO, Wanderson dos Anjos. A construção do discurso jornalístico sobre a sustentabilidade das cidades: o caso do Jornal Diário do Pará. 2016. 113 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Altos Estudos Amazônicos, Belém, 2016. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido.
metadata.dc.description.resumo: Esta dissertação apresenta um estudo de caso que discute a construção do discurso de sustentabilidade das cidades pelo jornal Diário do Pará. Entende-se que tal discussão é pertinente por ser o jornalismo uma das instâncias sociais de construção social da realidade, e por tanto, ser estratégico na legitimação de determinados discursos sociais, como este apresentado. Pretende-se responder mais objetivamente, a seguinte questão: como é construído o discurso de sustentabilidade das cidades no jornal Diário do Pará? Para chegar a estas respostas, nos guiamos por meio de mais duas questões: Qual o discurso dominante de cidade sustentável no jornal? De que forma este discurso se apresenta? E qual o papel dos agentes na construção destes discursos? Foram analisadas matérias que correspondam ao período de julho de 2012 a julho de 2015. A teoria do campo social foi o ponto de partida para a análise. Entre os resultados obtidos podemos destacar que o discurso predominante enfatiza a racionalidade econômica e material da cidade e se distancia de uma perspectiva social, socioambiental ou de justiça ambiental e se desenvolve a partir de premissas como as da racionalidade econômica dos recursos da cidade; da ênfase tecnológica como solução para os problemas ambientais urbanos e da conscientização ambiental como forma de promover a racionalização dos recursos. Quanto ás fontes, encontramos ao menos quatro categorias delas: fontes oficias (Secretaria de Estado, Municipal, Governo do Estado, Prefeitura Municipal e Governo Federal), fontes populares (entrevistados avulsos), fontes institucionais (Entidades de Classe, Associações, Cooperativas, ONGs) e fontes especialistas (pesquisadores de Universidades e Institutos de pesquisa), e fontes institucionais (representantes de entidades de classe, de Cooperativas e Associações). Dentre estas, as fontes que mais interferem no discurso de sustentabilidade estão as fontes especialistas, especialmente sob a função de dar legitimidade a argumentações própria do campo jornalístico.
Abstract: This paper presents a case study that discusses the construction of the discourse of sustainability of cities by the Diário do Pará newspaper. It is understood that such discussion is relevant because it is the journalism of the social institutions of social construction of reality, and therefore, be strategic legitimation of certain social discourses, as shown this. Aims to answer more objectively, the following question: how is constructed the discourse of sustainability of cities in Pará Daily newspaper? To get these answers, we are guided by two more questions: What is the dominant discourse of the journal sustainable city? How this speech presents? And what is the role of agents in the construction of these speeches? materials will be analyzed correspond to the period from July 2012 to July 2015.A theory of social field was the starting point for analysis. Among the results we can highlight that the predominant discourse emphasizes economic rationality and city material and distance from a social, environmental or environmental justice and develops from the premises as the economic rationality of the city's resources; technological emphasis as a solution to urban environmental problems and environmental awareness in order to promote the rationalization of resources. As to sources, there are at least four categories of them: official sources (Secretary of State, Municipal, State Government, Municiapal City Hall and Federal Government), popular sources (loose respondents), institutional sources (Class Entities, Associations, Cooperatives, ONGs ) and expert sources (Universities of researchers and research institutes), and institutional sources (representatives of professional associations, unions and associations). Among these, the sources that most interfere in sustainability discourse are the specialist sources, especially in the function of giving legitimacy to the very arguments of the journalistic field.
Keywords: Jornalismo
Cidade
Jornal Diário do Pará
Meio ambiente
Campo social
Sustentabilidade
Discurso jornalístico
Discurso social
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::JORNALISMO E EDITORACAO
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Altos Estudos Amazônicos
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido (Mestrado) - PPGDSTU/NAEA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_SentidoSustentabilidadeCidade.pdf1,43 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons