Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8744
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 3-May-2017
Authors: SARMENTO , Carolina Gomes
First Advisor: QUEIROZ, Helder Lima de
First Co-Advisor: CARVALHO, Thaís Billalba
Title: Efeito do estado reprodutivo e do sexo no comportamento agonístico do ciclídeo amazônico Mesonauta insignis (Hackel, 1840)
Sponsor: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: SARMENTO, Carolina Gomes. Efeito do estado reprodutivo e do sexo no comportamento agonístico do ciclídeo amazônico Mesonauta insignis (Hackel, 1840). 2017. 69 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, 2017. Programa de Pós-Graduação em Zoologia.
Resumo: O comportamento agonístico entre animais é uma ferramenta para o estabelecimento da hierarquia social, e para regular o acesso a recursos limitados. O sucesso na reprodução está intimamente relacionado ao nível de comportamento agressivo exibido durante a atividade reprodutiva. A agressividade pode ser manifestada em contexto de competição por meio de lutas ou conflitos na disputa pelo acesso a alimentação, abrigo ou parceiros sexuais. Essas disputas incluem lutas ofensivas com avaliação, agressões diretas, lesões corporais e defesas. O presente estudo investigou o efeito do estado reprodutivo e do sexo sobre o comportamento agonístico do ciclídeo amazônico Mesonauta insigns. Desse modo, buscou-se inicialmente identificar e descrever os padrões de comportamento agonístico exibidos por peixes adultos desta espécie e avaliar a dinâmica das suas interações agonísticas (capítulo 1). Além disso, buscou-se comparar a exibição agressiva de Mesonauta insignis adultos em estados reprodutivo e não reprodutivo, comparar a interação agressiva de fêmeas e machos, e analisar o efeito do gênero do oponente sobre as táticas de lutas usadas em encontros agressivos intrasexuais e intersexuais de adultos de Mesonauta insignis (capítulo 2). Foi elaborado um etograma composto por oito unidades comportamentais agonísticas que foram separadas em três classes: avaliação, agressão e defesa e classificadas de acordo com sua intensidade: baixa, média ou alta intensidade. A dinâmica da interação agonística indicou um escalonamento das unidades comportamentais até o fim do conflito, parecendo corroborar com o modelo de avaliação sequencial. Os adultos da espécie mostraram maior nível de agressividade quando estão em estado reprodutivo. Os machos apresentaram maior tempo de latência para iniciar o conflito que fêmeas. Os encontros intersexuais foram mais frequentemente vencidos por machos. Este estudo sugere que ciclídeos competem mais agressivamente em época reprodutiva aumentando a probabilidade de defesa de recursos importantes para a reprodução e que fêmeas e machos mostram táticas agressivas distintas provavelmente impulsionadas por pressões de seleção que atuam diferentemente em cada sexo.
Abstract: Agonistic behavior among animals is a tool to establishing social and regular hierarchy. Reproductive success is closely related to the level of aggressive behavior exhibited during the reproductive activity. Aggressiveness may be manifested in a context of competition by means of fight or conflict in the dispute over access to food, shelter or sexual partners. These disputes include offensive fights with assessment, direct agressions, body injuries and defenses. The present study aims to investigate the effect of reproductive state and sex on the agonistic behavior of the Amazonian cichlid Mesonauta insignis. Initially we describe the patterns of agonistic behavior exhibited by adult fish of the species and evaluate the dynamics of their agonistic interactions (Chapter 1). We also aim to compare the aggressive displays of Mesonauta insignis adults in reproductive and non-reproductive state. In addition, we compare the aggressive interaction of females and males and analyzed the effect of the opponent's gender on the tactics of fights used in aggressive intrasexual and intersexual encounters of Mesonauta insignis adults (Chapter 2). An etogram was prepared, composed of eight agonistic behavioral units that were separated into three classes: assessment, aggression and defense and classified according to their intensity: low, medium or high intensity. The dynamics of the agonistic interaction indicated a scaling of the behavioral units towards the end of the conflict, suggesting the corroboration of the sequential evaluation model. The adults of the species showed a higher level of aggressiveness when they are in the reproductive state. Males showed longer latency times to engaje the conflict than females. Intersex encounters were more often won by males. This study suggests that this cichlid species compete more aggressively in the reproductive season, increasing the probability to defend important reproductive resources, and that females and males show distinct aggressive tactics, probably boosted by selective pressures acting differently in each sex.
Keywords: Comportamento animal
Ecologia animal
Reprodução animal
Animais - Comportamento agressivo
Ciclídeos
Peixes - comportamento sexual
Mesonauta insignis
Amazônia brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::COMPORTAMENTO ANIMAL
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
MPEG
Department: Instituto de Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
Appears in Collections:Dissertações em Zoologia (Mestrado) - PPGZOOL/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EfeitoEstadoReprodutivo.pdf1.17 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons