Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8752
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 30-Jan-2015
metadata.dc.creator: CERASI JUNIOR, Antonio José
metadata.dc.contributor.advisor1: MAIA, Cristiane do Socorro Ferraz
Title: Alterações no comportamento motor e na bioquímica oxidativa de ratas intoxicadas agudamente com etanol no período inicial da adolescência
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: CERASI JUNIOR, Antonio José. Alterações no comportamento motor e na bioquímica oxidativa de ratas intoxicadas agudamente com etanol no período inicial da adolescência. 2015. 63 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências da Saúde, Belém, 2015. Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas.
metadata.dc.description.resumo: O etanol é uma das substâncias psicoativas mais consumidas pelos jovens e geralmente este consumo ocorre em episódios de binge, uma forma eventual e intensa de beber seguida por um período de abstinência. No Brasil os índices de abuso de álcool por adolescentes do sexo feminino têm aumentado nos últimos anos. Esta população é mais sensível aos efeitos neurotóxicos desta substância uma vez que o completo desenvolvimento de estruturas como o cerebelo ocorre nesta etapa da vida. O consumo agudo e crônico do etanol e o seu catabolismo estão associados com alterações neurocomportamentais e na geração de espécies reativas ao oxigênio e outros metabólitos. O objetivo deste estudo foi investigar os efeitos em ratas no início da adolescência após exposição ao EtOH no padrão binge agudo. Ratas adolescentes (n= 20, n=10 animais por grupo) receberam, por gavagem, água destilada ou EtOH (3 g/kg/dia, 20 p/v) por 3 dias consecutivos. Sete horas e meia após o último dia de administração foram realizados os testes comportamentais da atividade locomotora espontânea e rotarod, posteriormente os animais foram sacrificados para retirada do cerebelo e realização dos testes da bioquímica oxidativa no tecido cerebelar. Os ensaios comportamentais demonstraram que o binge agudo em ratas no início da adolescência não produziu alterações na atividade locomotora espontânea, porém foi identificado alteração no aprendizado motor. Nos testes da bioquímica oxidativa os resultados demonstraram uma elevada atividade da catalase, o que demonstra que houve uma compensação do organismo para reverter a produção de ERO’s em cerebelos de ratas adolescentes expostas agudamente ao EtOH por um curto período de tempo seguido de abstinência (binge).
Abstract: Ethanol (EtOH) is one of the most commonly psychoactive substances consumed by young people, usually occurring in episodes of binge consumption, which is an intense form of drinking followed by a period of abstinence. In Brazil, the rates of alcohol abuse by female adolescents have increased in the past few years. This population is more sensitive to the neurotoxic effects of this substance since the complete development of structures such as the cerebellum occurs in this stage of life. Acute and chronic consumption of ethanol and its catabolism are associated with motor behavior alterations so as the generation of reactive oxygen species (ROS) and other metabolites. The purpose of this study was to investigate the effects of EtOH exposure following an acute binge pattern in female rats on their early adolescence (n = 20, n = 10 animals per group) received distilled water or EtOH (3 g / kg / day, 20 w / v) by gavage, for 3 consecutive days. Seven and a half hours after the last day of administration, the behavioral tests of spontaneous locomotor activity and rotarod were performed. Subsequently, the animals were sacrificed for cerebellum removal and the oxidative biochemical tests in cerebellar tissue were carried out. Behavioral tests showed that acute binge in rats on early adolescence did not alter spontaneous locomotor activity, but elicited alterations in motor learning. Oxidative biochemical results showed a high activity of catalase, which demonstrates that there was an offset of the body to reverse the ROS production in the cerebellum of adolescent rats acutely exposed to EtOH followed by a withdrawal period (binge).
Keywords: Bioquímica oxidativa
Ensaios comportamentais
Álcool - consumo
Comportamento motor cerebelares
Etanol
Adolescentes - Intoxicação aguda
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::FARMACOLOGIA::TOXICOLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Ciências Farmacêuticas (Mestrado) - PPGCF/ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AlteracoesComportamentoMotor.pdf1,58 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons