Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8753
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 31-Mar-2016
Authors: GONÇALVES FILHO, Wilson Vieira
First Advisor: ANDRADE, Marcieni Ataíde de
First Co-Advisor: VIEIRA, José Luiz Fernandes
Title: Avaliação da adesão ao tratamento preconizado para malária: determinação da primaquina em pacientes diagnosticados com Plasmodium vivax
Sponsor: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
FAPESPA - Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas
Citation: GONÇALVES FILHO, Wilson Vieira. Avaliação da adesão ao tratamento preconizado para malária: determinação da primaquina em pacientes diagnosticados com Plasmodium vivax. 2016. 65 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências da Saúde, Belém, 2016. Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas.
Resumo: A malária é uma doença que ameaça 50% da população mundial, que vivem em zonas endêmicas, como África, Sudoeste Asiático e América Latina. No que se refere à malária causada por Plasmodium vivax no Brasil, cujo tratamento é baseado em primaquina e cloroquina, é um importante problema de saúde pública que atrapalha o desenvolvimento da região Amazônica e que a adesão à terapia medicamentosa é um dos principais fatores que influenciam na eficácia do tratamento. Este estudo utiliza métodos indiretos para avaliar a adesão ao tratamento, correlacionando-a com a concentração plasmática de primaquina e carboxiprimaquina. Desse modo foi realizado um estudo observacional transversal controlado com 27 pacientes, na cidade de Anajás - Pará, antes (D0) durante (D1) e após (D7) o tratamento com o antimalárico, seguido de avaliação os pacientes com perguntas baseadas no teste de Morisky-Green ao final do tratamento. Foi possível observar maior prevalência da malária vivax em indivíduos do sexo masculino (70,4%) e na faixa etária de 20 a 39 anos (55,56%), o teste de Morisky-Green indicou uma adesão de 75%, 15 de um total de 20 pacientes, com uma taxa de acerto de 80%, 65%, 70% e 65% para as perguntas. A concentração média de primaquina no D1 foi de 134,8 ng/mL, no D7 de 131,9 ng/mL, e os valores de carboxiprimaquina foram de 408 ng/mL e 529,4 ng/mL respectivamente. É possível observar diferença estatisticamente significativa entre os valores do carboxiprimaquina em D1 e D7 no grupo dos aderentes definido pelo teste de Morisky-Green, mostrando que a carboxiprimaquina se acumula no organismo, sendo assim mais indicada para avaliar a adesão ao tratamento. Dessa forma, é importante ressaltar que estas concentrações de primaquina e carboxiprimaquina são as primeiras determinações de fármacos e metabólitos encontradas para o tratamento curto preconizado pelo Ministério da Saúde para malária vivax na região amazônica, corroborando para a pesquisa de avaliação da adesão aos antimaláricos.
Abstract: Malaria is a disease that threatens 50% of the world population living in endemic areas such as Africa, Asia and Latin America. Concerning malaria caused by Plasmodium vivax in Brazil, which treatment is based on primaquine and chloroquine, it is a major public health issue that hinders the development of the Amazon region and adherence to drug therapy is one of the main factors that influence the effectiveness of the drug. This study uses indirect methods assess treatment adherence, correlating it with plasma concentrations of primaquine and carboxyprimaquine. Thus, a cross-sectional observational controlled study was conducted with 27 patients in Anajás, Pará before (D0), during (D1) and after (D7) treatment using the antimalarials, followed by the assessment of the patients with questions based on Morisky-Green test at the end of the treatment. Higher prevalence of vivax malaria was observed in males (70.4%) and age group of 20-39 years (55.56%), Morisky-Green test indicated adherence of 75%, 15 out of 20 patients, with hit rates of 80%, 65%, 70% and 65% to the questions. Mean-value of primaquine concentration on D1 was 134.8 ng/mL, and 131.9 ng/mL on D7, values for carboxyprimaquine are 408 ng/ml and 529.4 ng/mL respectively. It is possible to observe a statistically significant difference in the carboxyprimaquine values between D1 and D7 in the acceding group defined by the Morisky-Green tests, showing that carboxyprimaquine accumulates in the body; therefore being more suitable for assessing adherence to treatment. Therefore, it is important to point out these concentrations of primaquine and carboxyprimaquine consist as the first determination study of drugs and metabolites found for the short-course treatment suggested by the Ministry of Health for vivax malaria in the Amazon region, supporting the studies of adherence surveys regarding antimalarials.
Keywords: Fármacos e medicamentos
Malária
Primaquina
Plasmodium vivax
Carboxiprimaquina
Concentração plasmática
Anajás - PA
Pará - Estado
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Ciências da Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas
Appears in Collections:Dissertações em Ciências Farmacêuticas (Mestrado) - PPGCF/ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AvaliacaoAdesaoTratamento.pdf2,02 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons