Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8858
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 4-Sep-2014
Authors: ROCHA, Manoel Cláudio Mendes Gonçalves da
First Advisor: SILVEIRA, Flávio Leonel Abreu da
Title: A memória coletiva e o ofício de sapateiro em Belém-Pa: as narrativas de mestres e aprendizes da arte dos calçados
Sponsor: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: ROCHA, Manoel Cláudio Mendes Gonçalves da. A memória coletiva e o ofício de sapateiro em Belém-Pa: as narrativas de mestres e aprendizes da arte dos calçados. 2014. 101 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Belém, 2014. Programa de Pós-Graduação em Antropologia.
Resumo: O trabalho em questão tem por objetivo refletir a respeito do ofício de sapateiro em Belém, Pará. O estudo parte da apreciação das narrativas de trabalhadores que exercem atividades ligadas aos calçados na porção central da capital paraense – precisamente nos bairros de Batista Campos e Campina. Por meio das memórias destes sapateiros acerca de suas trajetórias sociais, busco compreender o modo como esta ocupação se transformou ao longo dos anos e de que forma esses sujeitos percebem as mudanças na própria vida urbana, considerando as modificações no espaço ao longo do tempo, logo, a conformação e reconfiguração das paisagens no mundo urbano belemense. As proposições aqui elencadas apontam para o fato de que através do saber-fazer característico do ofício de sapateiro e por meio de um “saber viver” que reflete a experiência cotidiana destes indivíduos, as oficinas de calçados constituem espaços prenhes de sociabilidades, onde além da fabricação e conserto de sapatos e artigos de couro, em geral, são também produzidas formas sociais outras túrgidas de uma dimensão simbólica e sensível que traduz seus conteúdos a partir das interações/relações ali engendradas e da intermediação dos próprios gestos técnicos característicos do ofício.
Abstract: The objective of the present study is to think over shoemaker craft in Belém, Pará. The research starts from the assessment of cobbler’s narratives, accurately workers from Batista Campos’s district and Campina’s District, located at central portion of the city. By the review of shoemaker’s memories about their social trajectories, I intend to comprehend how this occupation altered itself, how these people realize changes in urban life and space modifications over the years elapsed, therefore, frame and reconfiguration of urban world’s landscapes. The propositions listed here point to the fact that shoemaker knowledge and know-how, and a “saber viver” that reflects everyday experience of these individuals make workshops constitute spaces of sociability. In these places, besides manufacture and repair of shoes, other social forms are produced – full of sensitive and symbolic contents resulting from interactions and relationships engendered there and by the mediation of craft inherent technical gesture.
Keywords: Antropologia urbana
Sapateiro - Ofício
Identidade social
Classe social
Belém - PA
Pará - Estado
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::ANTROPOLOGIA::ANTROPOLOGIA URBANA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-Graduação em Antropologia
Appears in Collections:Dissertações em Antropologia (Mestrado) - PPGA/IFCH

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_MemoriaColetivaOficio.pdf4,63 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons