Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8861
Tipo: doctoralThesis
Título: Caracterização dos genótipos do vírus da hepatite b em pacientes atendidos no programa de hepatites virais do núcleo de medicina tropical – UFPA, Belém - Pará
Autor(es): ALMEIDA, Marcella Kelly Costa de
Primeiro Orientador: MARTINS, Luísa Caricio
Resumo: O vírus da hepatite B pertence ao gênero Orthohepdnavirus e a família Hepadnaviridae, compreendendo um vírus de DNA, hepatotrópico capaz de infectar mamíferos. Classificados em 10 genótipos (A-J) diferentes e muitos subgenótipos, estudos sugerem que eles podem influenciar na gravidade da doença, na resposta ao tratamento e na resposta vacinal. Os genótipos e subgenótipos do VHB tem uma distribuição variada, sendo alguns restritos a determinadas regiões geográficas, enquanto outros mostram uma distribuição mundial. É encontrada nas diversas regiões do Brasil com prevalência dos genótipos A, D e F. Este estudo teve como objetivo identificar os genótipos e subgenótipos do vírus da hepatite B entre os pacientes atendidos no Núcleo de Medicina Tropical - UFPA, na cidade de Belém, estado do Pará, no período de janeiro de 2011 a dezembro de 2015. De um total de 1274 pacientes atendidos no NMT-UFPA dentro do período, foram selecionadas para o estudo 222 pacientes, de ambos os sexos, com sorologia reagente para os marcadores HBsAg e/ou anti-HBc total. As amostras foram submetidas a testes de biologia molecular, PCR “in House” e PCR multiplex para detecção do DNA viral e genotipagem, e posteriormente ao sequenciamento, para a confirmação e determinação dos subgenótipos virais. Em 65 das 222 amostras foi detectada a presença do DNA do VHB, sendo identificada a presença dos genótipos A (46/65), com predominância os subgenótipos A1(36/48) seguido do subgenótipo A2 (10/46), e genótipo F (17/65) sendo detectado apenas o subgenótipo F2 (17/17) circulando nesta população. A média de idade entre os paciente foi de 38 anos, com predominância do sexo masculino, sendo a maioria dos pacientes naturais do estado do Pará. Alguns fatores de risco foram identificados entre a população estudada, sendo a não utilização de preservativo durante as relações sexuais o mais predominante. Ao se comparar a presença do DNA viral com a sorologia para o marcador HBsAg, fica evidenciado um quadro que sugerem a presença de hepatite oculta entre os pacientes atendidos. Os resultados encontrados nesta pesquisa estão de acordo com o que é relatado em outros estudos no Brasil.
Abstract: The hepatitis B virus belongs to the genus Orthohepdnavirus and Hepadnaviridae family, comprising a DNA virus capable of infecting mammalian hepatotropic. Classified into 10 genotypes (A-J) and many different subgenotypes, studies suggest that they may influence the severity of the disease, response to treatment and vaccine response. Genotypes and subgenotypes HBV has a wide distribution, some being restricted to certain geographic regions, while others show a worldwide distribution. It is found in different regions of Brazil with prevalence of genotypes A, D and F. This study aimed to identify genotypes and subgenotypes of hepatitis B virus among patients treated at the Tropical Medicine Center - UFPA, in the city of Belém, state Pará, from January 2011 to December 2015. A total of 1274 patients treated at the NMT-UFPA in the period, were selected for the study 222 patients of both sexes, with positive serology for HBsAg and / or anti-HBc. The samples were subjected to molecular biology, PCR "in house" and multiplex PCR to detect viral DNA and genotyping, and then the sequencing for confirmation and determination of viral subgenotypes. In 65 of the 222 samples was detected the presence of HBV DNA, but only 63 samples were satisfactory after the result of sequencing, which were identified the presence of genotypes A (46/63), especially the subgenotype A1 (36/46) followed by subgenotype A2 (10/46), and genotype F (17/63) and only detected subgenotype F2 (17/17) circulating in this population. The average age of the patients was 38 years, predominantly male, and most natural state of Pará patients. Some risk factors have been identified among the population studied, and not using a condom during sex the most predominant. Comparing the presence of viral DNA with serology for HBsAg marker is shown a picture that suggests the presence of occult hepatitis among the patients treated. The results found in this study are consistent with what is reported in other studies in Brazil.
Agência de fomento: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Palavras-chave: Medicina tropical
Biologia molecular
Hepatite B
Epidemiologia
Genótipos
Núcleo de Medicina Tropical - UFPA
Belém - PA
Pará - Estado
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA::GENETICA MOLECULAR E DE MICROORGANISMOS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Instituto: Núcleo de Medicina Tropical
Programa: Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais
Citação: ALMEIDA, Marcella Kelly Costa de. Caracterização dos genótipos do vírus da hepatite b em pacientes atendidos no programa de hepatites virais do núcleo de medicina tropical – UFPA, Belém - Pará. 2016. 86 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Medicina Tropical, Belém, 2016. Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8861
Data do documento: 27-Mai-2016
Aparece nas coleções:Teses em Doenças Tropicais (Doutorado) - PPGDT/NMT

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese_CaracterizacaoGenotiposVirus.pdf1,87 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons