Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8920
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 26-Feb-2016
metadata.dc.creator: CORRÊA, Laiane da Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: MAGALHÃES, Celina Maria Colino de
metadata.dc.contributor.advisor-co1: CAVALCANTE, Lilia Iêda Chaves
Title: Serviços de acolhimento institucional de crianças e adolescentes na Região Metropolitana de Belém: os ambientes, os acolhidos e os educadores
Other Titles: Institutional sheltering services of children and adolescents in metropolitan region of Belém: the environments, the sheltered children, and the educators
metadata.dc.description.sponsorship: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: CORRÊA, Laiane da Silva. Serviços de acolhimento institucional de crianças e adolescentes na Região Metropolitana de Belém: os ambientes, os acolhidos e os educadores. 2016. 225 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento, Belém, 2016. Programa de Pós-Graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento.
metadata.dc.description.resumo: O estudo visou caracterizar os serviços de acolhimento para crianças e adolescentes da Região Metropolitana de Belém (RMB), com destaque para o perfil e práticas adotadas pelas instituições e educadores, bem como o perfil pessoal, familiar e institucional dos acolhidos. Participaram 14 gestores dos serviços de acolhimento que atendem crianças e adolescentes em situação de risco na RMB e 198 educadores. O estudo contou, com o preenchimento de 426 prontuários dos acolhidos, no período de janeiro a dezembro de 2012. Para a coleta de dados utilizou-se um formulário de caracterização das instituições, do perfil dos acolhidos e dos educadores, através de pesquisa documental e entrevista. Os dados foram analisados a partir de estatística descritiva e inferencial. Entre os resultados encontrados, identificou-se uma proporção igualitária de unidades governamentais e não-governamentais e um número expressivo da modalidade abrigo institucional. Quanto ao espaço físico, foram encontrados ambientes com características residenciais, em áreas urbanas e sem placas de identificação. Em geral, as instituições adotam critérios como sexo e idade para o atendimento, e mantem articulação com a rede de serviços, especialmente na área da educação, saúde, cultura e lazer. Quanto ao perfil dos acolhidos, constatou-se a predominância de crianças do sexo masculino, que não possuem o nome do pai na certidão de nascimento, possuem de zero a três anos de idade e estão fora da idade escolar. Entre os adolescentes notou-se o predomínio de meninas, de 15 a 17 anos, com o nome do pai no registro civil e cursam o ensino fundamental. Quanto aos motivos do acolhimento, destacaram-se o abandono, a negligência familiar, a pobreza e vulnerabilidade e a violência sexual. As famílias, em geral, não recebem benefícios de apoio e transferência de renda e são usuários de drogas. As mães possuem de 20 a 35 anos e os pais acima de 36 anos, ambos possuem baixa escolaridade, atuam em atividades de baixa qualificação e remuneração e têm paradeiro conhecido. Identificou-se um conjunto de ações que são desenvolvidas no procedimento de atendimento nas instituições, tanto com os acolhidos como com as famílias, contudo, a realidade encontrada é repleta de lacunas, com número expressivo de falta de informações e dados inconsistentes, especialmente quanto ao perfil familiar, visita, doenças e alterações emocionais dos acolhidos. Em relação aos educadores, a maioria é de mulheres, acima de 36 anos, com o ensino médio, filhos e experiência na função, mas que não frequentaram cursos de capacitação. A maior parte deles realiza ações voltadas ao resgate da história de vida e estão engajados em interações positivas na rotina de trabalho, com exceção de práticas voltadas para aspectos da sexualidade. Os resultados reforçam a concepção da instituição de acolhimento ser um espaço em constante transformação, dinâmico e complexo, que precisa ser visto como um contexto de desenvolvimento. É preciso ainda pensar nestes espaços enquanto um ambiente de cuidado, mas também de escuta e possibilidade de diálogo constante entre os atores envolvidos.
Abstract: The study aimed at characterizing the shelter services provided for children and adolescents in the metropolitan region of Belém (MRB) giving emphasis for the profile and practices adopted by institutions and educators, as well as personal, family, and institutional profile of the sheltered children and adolescents. Were part of this study 14 manager the sheltering services that attend children and adolescents at a risky situation in the MRB, and the 198 educators. The study made use of 426 personal records of the sheltered children from January to December 2012. For the data collection it was used a characterization form of the institutions, the profile of the sheltered children and the educators, through document research and interview. The data were analyzed through descriptive and inferential statistical analyses. Among the results it was identified an equal proportion of governmental and non-governmental units and a high number of institutional shelter. With regards to the physical environment, some spaces were found to have residential characteristics, placed on urban areas and without any identification sign. In general, the institutions use criteria as gender and age for providing the service, and they maintain an articulation with the social services network, chiefly in areas as education, health, culture and leisure. About the profile of the sheltered ones it was noticed a majority of male children, who didn’t have the name of the father on their birth certificate, aged between zero and three years, and were not old enough to be in school. Among the adolescents, it was noted a majority of girls, between 15 and 17 years old, with the name of the father on their identification documents, and were attending high school. With what concerns the reasons for sheltering the most frequent are abandonment, family negligence, poverty and vulnerability, and sexual violence. In general, the families did not receive the benefits of support and income transference, and some of the members are drug abusers. The mothers aged between 20 and 35, the fathers were over 36 years old, both with a low level of education, had low paying and low qualification jobs, and had known residence. The institutions point to a set of actions that take place during the process of attendance, not only with the sheltered ones but also with the family. Nonetheless, the reality found was filled with gaps, pronounced lack of information and inconsistent data usually regarding the family profile, visits, illnesses, and emotional changes. Regarding the educators, most were women, over 36 years old, who had finished high school, had children of their own, and had experience working in this job, however, did not attend any training program. The majority of them performed some actions to bring back their life histories and engaged in positive interactions in the working routine, with the exception of practices directed to sexuality aspects. The results strengthen the conception of sheltering institutions to be a constantly changing, dynamic, and complex environment, that needs to be seen as a care environment, but also as a space for hearing, and possible constant dialog between the actors involved.
Keywords: Ecoetologia
Acolhimento institucional
Crianças - Assistência em instituições
Adolescentes - Assistência em instituições
Educadores
Região Metropolitana de Belém
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA SOCIAL::PAPEIS E ESTRUTURAS SOCIAIS INDIVIDUO
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Teses em Teoria e Pesquisa do Comportamento (Doutorado) - PPGTPC/NTPC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_ServicosAcolhimentoInstitucional.pdf4,86 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons