Please use this identifier to cite or link to this item: http://10.7.2.42:8080/jspui/handle/2011/9025
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorFARIAS, Geovani Gonçalves-
dc.date.accessioned2017-08-23T16:41:08Z-
dc.date.available2017-08-23T16:41:08Z-
dc.date.issued2017-03-22-
dc.identifier.citationFARIAS, Geovani Gonçalves. Território e modo de vida ribeirinho na Amazônia Paraense: uma análise na comunidade de Caxiuanã (Melgaço-Pará). 2017. 134 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Belém, 2017. Programa de Pós-Graduação em Geografia.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/9025-
dc.description.abstractRecently the geographic science has been using the territory concept/category frequently to explain many transformations in the geographical space in the most diverse scales. It has been observed that in the last years the concept/category of lifestyle have been resumed in the geographical researches, principally in the traditional populations analysis. The geography’s events have been the main publication space for researches that deal with this concept/category, most in agrarian geography studies events. In this way, in this research both concepts/categories have been utilized, since comprehends that the lifestyle construction is also a construction of the territory. Therefore they must be treated in an indissociable way to emphasize that the territory is essential for the existence of a lifestyle and vice versa. The use of these two concepts/categories in an indissociable way in the analysis of traditional populations is also important because it is perceived that they need a territory to guarantee their existence and on other hand, lifestyle is an instrument of resistance and combat against hegemonic actors. In one sense, the object of this research is to identify, analyze and periodize the ribeirinhos’ of Caxiuanã Community lifestyle and territory changes that occurred since the creation of the Caxiuanã FLONA and the ECFPn, as well the conflicts and the main individuals in this process. To achieve that objective the following inquire was made: 1) Which changes occurred in the ribeirinhos’ of Caxiuanã Community lifestyle and territory, since the creation of the Caxiuanã FLONA and ECFPn? 2) Which are the conflicts and the main individuals in this process? Besides, the utilization of a participative cartography methods the following methodological steps: bibliographic and documental investigation indispensable to cement theoretically this dissertation, fieldwork through by means of structured and/or semi-structured interviews, informal conversations with the older habitants of Caxiuanã Community, elaboration of community maps using participative mapping, photographic investigation of the community’s quotidian and the treatment and systematization of the collected data. In this way, stands out some data about the results obtained with the hypothesis confirmation that the Caxiuanã FLONA as well ECFPn creation are events that have a direct relation to the lifestyle and territory changes observed in the community analyzed, among which it is highlighted the almost extinction of the religions’ traditions which were and still are the main cultural expression of the Community and the community’s majority abandon of the farming and other inherent activities of the riverside lifestyle as consequence of the territories superposition which the Community had principally with the EFCPn’s arrival that utilized in the beginning all the local available manpower ant still utilizes nowadays, however much less.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectModo de vidapt_BR
dc.subjectTerritóriopt_BR
dc.subjectComunidade de Caxiuanãpt_BR
dc.subjectFLONA de Caxiuanãpt_BR
dc.subjectEstação Científica Ferreira Pena (ECFPn)pt_BR
dc.subjectRibeirinhospt_BR
dc.subjectPará - Estadopt_BR
dc.subjectMelgaço - PApt_BR
dc.titleTerritório e modo de vida ribeirinho na Amazônia paraense: uma análise na comunidade de Caxiuanã (Melgaço-Pará)pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Filosofia e Ciências Humanaspt_BR
dc.publisher.initialsUFPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIApt_BR
dc.contributor.advisor1SILVA, Christian Nunes da-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4284396736118279pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/1514718571055552pt_BR
dc.description.resumoA ciência geográfica recentemente tem utilizado com bastante frequência o conceito/categoria de território para explicar muitas das transformações que vem acontecendo no espaço geográfico nas mais diversas escalas. Observou-se também que nos últimos anos o conceito/categoria de modo de vida vem sendo retomado nas pesquisas geográficas, principalmente nas análises das populações tradicionais. Os eventos de geografia tem sido o principal meio de publicação de pesquisas que tratam desse conceito/categoria com destaque para os eventos de geografia agrária. Dessa forma, neste trabalho, utilizou-se ambos os conceitos/categorias, uma vez que se entende que a construção do modo de vida é concomitantemente a construção do território. Assim, eles devem ser tratados de forma indissociável de modo a enfatizar a necessidade de um território para a existência de um modo de vida e vice-versa. O uso desses dois conceitos/categorias de maneira indissociável na análise das populações tradicionais é importante também porque se percebe que eles necessitam de um território para garantir sua existência e por outro lado, o modo de vida torna-se para esses sujeitos um instrumento de resistência e luta frente aos atores hegemônicos. Nesse sentido, objetivou-se nessa pesquisa identificar, analisar e periodizar as mudanças que ocorreram no modo de vida e no território dos ribeirinhos da Comunidade de Caxiuanã a partir da criação da FLONA de mesmo nome e da ECFPn, bem como os conflitos e os principais sujeitos envolvidos nesse processo. Para alcançar tal objetivo buscou-se respostas para os seguintes questionamentos: 01) Quais mudanças ocorreram no modo de vida e no território dos ribeirinhos da Comunidade de Caxiuanã, a partir da criação da FLONA de Caxiuanã e da ECFPn? 02) Quais os conflitos e os principais sujeitos envolvidos nesse processo? Além, da utilização do método da cartografia participativa seguindo os seguintes passos metodológicos: pesquisa bibliográfica e documental imprescindível para alicerçar teoricamente esta dissertação, pesquisa de campo por meio de entrevistas estruturada e/ou semiestruturada; conversas informais com os moradores mais antigos da Comunidade de Caxiuanã, elaboração de mapas da comunidade através de mapeamento participativo, levantamento fotográfico do cotidiano comunitário e do tratamento e sistematização dos dados coletados. Desta forma, destaca-se alguns dados acerca dos resultados obtidos como a confirmação da hipótese de que a criação tanto da FLONA de Caxiuanã quanto da ECFPn foram eventos que tem relação direta com as mudanças observadas no modo de vida e no uso do território da Comunidade analisada, dentre os quais se destacam a quase extinção de tradições religiosas que era e ainda é, o principal meio de expressão cultural dessa Comunidade. E o abandono pela maioria dos moradores, a atividade roceira e outras inerentes ao modo de vida ribeirinho como consequência das sobreposições territoriais que a Comunidade teve e principalmente da chegada da ECFPn, que utilizou no inicio toda mão de obra disponível no local e ainda utiliza atualmente, mas de modo bastante reduzido.pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Geografiapt_BR
Appears in Collections:Dissertações em Geografia (Mestrado) - PPGEO/IFCH

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_TerritorioModoVida.pdf4,43 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons