Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/9061
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 13-Dec-2016
metadata.dc.creator: MARQUES, Patrícia Bentes
metadata.dc.contributor.advisor1: LOUREIRO, Edvaldo Carlos Brito
Title: Caracterização molecular de Klebsiella pneumoniae produtoras de ß-lactamases de espectro ampliado e Carbapenemase tipo KPC isoladas de pacientes hospitalizados em Belém, estado do Pará
Citation: MARQUES, Patrícia Bentes. Caracterização molecular de Klebsiella pneumoniae produtoras de ß-lactamases de espectro ampliado e Carbapenemase tipo KPC isoladas de pacientes hospitalizados em Belém, estado do Pará. 2016. 122 f. Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2016. Programa de Pós-Graduação em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários.
metadata.dc.description.resumo: A resistência aos antimicrobianos em bactérias da família Enterobacteriaceae está aumentando de forma alarmante no mundo todo. As K. pneumoniae constituem um importante grupo de patógenos humanos, causadores de infecções hospitalares e comunitárias. Nestas bactérias, a produção de beta-lactamases é um dos principais mecanismos de resistência aos antimicrobianos e responsável pela falha da terapia antimicrobiana. Este trabalho teve como objetivo realizar a caracterização molecular de espécimes de K. pneumoniae produtoras de ESBL e KPC quanto a resistência aos antimicrobianos em pacientes hospitalizados em Belém-PA. Foram analisadas 124 espécimes de K. pneumoniae oriundas de um hospital público de Belém-Pará. Foram realizadas nesses espécimes testes de suscetibilidade a antimicrobianos, testes fenotípicos para detecção de betalactamases de espectro ampliado (ESBL) e K. pneumoniae produtora de carbapenemase (KPC). Posteriormente foram realizadas reações de cadeia de polimerase (PCR) e o sequenciamento de DNA para identificar os genes determinantes de resistência aos antimicrobianos. Foi observado que 83% dos isolados apresentaram o gene bla CTX-M, 85,5% o bla SHV, 83% o bla TEM e 5% o gene bla KPC. Quanto aos genes que codificam ESBL o gene bla CTX-M-71 foi isolado com maior freqüência e foi identificado em 60% dos isolados analisados. Os outros genes que codificam ESBL foram bla SHV-38 (5%), bla SHV-100 (5%) and bla SHV-12 (3,5%). O gene bla KPC-2 foi detectado em 100% dos isolados. Estas enterobactérias apresentaram fenótipos de multidroga resistência com elevados níveis para os quinolonas e aminoglicosideos. Foram observadas associações entre os genótipos e à resistência aos antibióticos. A presença de micro-organismos multirresistentes em unidades hospitalares reforça a necessidade de medidas para a rápida contenção de possíveis infecções causadas por esses patógenos.
Abstract: The antimicrobial resistance in Enterobacteriaceae is increasing worldwide. The K. pneumoniae constitute an important group of human patogen, causing of hospital and communitarian infections. In these bacteria, the production of extended spectrum beta-lactamases (ESBL) is one of the main mechanisms of resistance the antimicrobials, responsible for the imperfection of the therapy against infections for gram-negative bacilli. This work aimed to do the molecular characterization of the K. pneumoniae producing ESBL and KPC about antimicrobial resistence in pacients from Belém-PA. A total of 124 K. pneumoniae isolates were collected from public hospital from Belém-PA and susceptibility test was performed to detect its susceptibility patterns antibiotics. Phenotypic tests for extended-spectrum beta-lactamases (ESBLs) and carbapenemase-producing Klebsiella pneumoniae (KPC) producing strains were performed to detect the resistance phenotype of the isolates. Then PCR amplification and sequencing analysis were performed for the drug resistance determinants genes. The results showed that 83% strains harbored bla CTX-M gene, 85,5% carried bla SHV , 83% carried bla TEM and 5% carried bla KPC. The most frequent gene ESBL detected was bla CTX-M-71, which was observed in 60% of isolates. Other ESBL genes were bla SHV-38 (5% of isolates), bla SHV-100 (5% of isolates) and bla SHV-12 (3,5% of isolates). O gene bla KPC-2 was detected in 100% of isolates.These enterobacterias showed multidrug resistance phenotypes with high levels for quinolones and aminoglycosides. Associations between genotypes and antibiotic resistance were observed.The presence of multidrug resistant micro-organisms in hospitals, reinforces the need for measures for rapid containment of possibles infections caused by these pathogens.
Keywords: Microbiologia
Antimicrobianos
Klebsiella pneumoniae
Belém - PA
Pará - Estado
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::DOENCAS INFECCIOSAS E PARASITARIAS
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::MICROBIOLOGIA::BIOLOGIA E FISIOLOGIA DOS MICROORGANISMOS::BACTEROLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Teses em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários (Doutorado) - PPGBAIP/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_CaracterizacaoMolecularKlebsiella.pdf3,3 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons