Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/9106
Compartilhar:
Type: Tese
Issue Date: 2015
Authors: KAIANO, Jane Haruko Lima
First Advisor: MASCARENHAS, Joana D'Arc Pereira
Title: Avaliação epidemiológica, clínica e molecular de enteropatógenos causadores de diarreia aguda em crianças e adultos residentes na comunidade Quilombola do Abacatal, Ananindeua, Pará
Sponsor: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: KAIANO, Jane Haruko Lima. Avaliação epidemiológica, clínica e molecular de enteropatógenos causadores de diarreia aguda em crianças e adultos residentes na comunidade Quilombola do Abacatal, Ananindeua, Pará. 2015. 162 f. Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Pará, Núcleo de Medicina Tropical, Belém, 2015. Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais.
Resumo: A doença diarreica aguda é uma das principais causas de morbidade e mortalidade infantil nos países em desenvolvimento e um dos fatores que mais contribui para o agravamento do estado nutricional das crianças. Este estudo objetivou avaliar o perfil clínico, epidemiológico e molecular das infecções por agentes virais e parasitários em crianças na faixa etária de 0 a 10 anos e da comunidade quilombola do Abacatal, no período de 2008 a 2010. Foram colhidas amostras fecais de 294 crianças na faixa etária de 0 a 10 anos e 81 indivíduos acima de 10 anos, residentes na comunidade do Abacatal, Ananindeua, Pará, que apresentaram quadro de diarreia aguda ou sem diarreia (controles). O diagnóstico viral foi realizado pelos testes imunocromatográficos e moleculares e o parasitológico pelo método de Faust e Hoffman. Um total de 375 amostras de fezes foi obtido de 177 indivíduos. As frequências dos agentes virais encontrados no presente estudo foram rotavírus do grupo A, rotavírus do grupo C e picobirnavírus em 6,4% (24/375), 0,3% (1/375) e 1,3% (5/375), respectivamente. A eletroforese em gel de poliacrilamida confirmou a presença de rotavírus A nas 23 amostras com 10 (43,48%) apresentando perfil curto e 13 (56,52%), perfil longo. A presença de enteroparasitas foi observada em 272 (77,94%) amostras, sendo que os mais frequentes foram Ascaris lumbricoides detectado em 13,18% (46/349) das amostras, seguido por Trichuris trichiura com 10,88% (38/349), ancilostomídeos com 4,01% (14/349) e Strongyloides stercoralis 1,72% (6/349). Das 24 amostras positivas para rotavírus do grupo A foram detectados os seguintes genótipos: G2P[4] (12,50%, 3/24); G1P[8] (25,00%, 6/24), G3P[9] (29,20%, 7/24) e G12P[6] (33,33%, 8/24). Foram detectados dois novos genótipos para os genes VP6 (I18) e NSP1 (A19) de rotavírus A. Foi realizada a avaliação nutricional de 38 crianças, demonstrando que 18,4% (7/38) apresentavam-se desnutridas. Este estudo destaca a necessidade de implementar ações de prevenção na comunidade, incluindo medidas de educação para a saúde, a vacinação contra o rotavírus, e até mesmo a implementação de programas para controlar infestações parasitárias.
Abstract: Acute diarrheal disease is a major cause of morbidity and mortality in developing countries and one of the factors that contributes to the worsening of the nutritional status of children. This study aimed to evaluate the clinical, epidemiological and molecular profile of infections by viral and parasitic agents in children aged 0-10 years and those over 10 years of quilombo of Abacatal in the 2008-2010 period. Fecal samples from 294 children were collected in the age group 0-10 years and 81 individuals over 10 years, residents of the community Abacatal, Ananindeua, Pará, which had acute diarrhea board or without diarrhea (controls). The viral diagnosis was made by immunochromatographic and molecular tests and parasitological by Faust and Hoffman method. A total of 375 fecal samples were obtained from 177 individuals. The frequency of viral agents in this study were rotavirus group A rotavirus C and picobirnavirus group by 6.4% (24/375), 0.3% (1/375) and 1.3% (5/375 ), respectively.The polyacrylamide gel electrophoresis confirmed the presence of rotavirus in 23 of 10 samples (43.48%) having short profile of 13 (56.5%) long profile. The presence of intestinal parasites was observed in 272 (77.94%) samples, and the most common were Ascaris lumbricoides detected in 13.18% (46/349) of the samples, followed by Trichuris trichiura with 10.88% (38 / 349), hookworms with 4.01% (14/349) and Strongyloides stercoralis 1.72% (6/349). Of the 24 samples positive for rotavirus group A the following genotypes were detected: G2P [4] (12.50%, 3/24); G1P [8] (25.00%, 6/24), G3P [9] (29.20%, 7/24) and G12P [6] (33.33%, 8/24). Two new genotypes were detected for VP6 genes (I18) and NSP1 (A19) of rotavirus A. Nutritional assessment of 38 children was conducted, showing that 18 4% (7/38) presented malnourished. This study highlights the need to implement preventive actions in the community, including education measures for health, vaccination against rotavirus, and even the implementation of programs to control parasitic infestations.
Keywords: Doenças infecciosas e parasitárias
Epidemiologia
Genética molecular
Diarreia aguda
Rotavírus grupo A e C
Picobirnavírus
Parasitos intestinais
Comunidade Quilombola do Abacatal - PA
Ananindeua - PA
Pará - Estado
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA::GENETICA MOLECULAR E DE MICROORGANISMOS
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::PEDIATRIA
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::EPIDEMIOLOGIA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Núcleo de Medicina Tropical
Program: Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais
Appears in Collections:Teses em Doenças Tropicais (Doutorado) - PPGDT/NMT

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_AvaliacaoEpidemiologicaClinica.pdf9,25 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons