Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/9118
Compartilhar:
Type: Tese
Issue Date: 2014
Authors: MATOS, Eliseth Costa Oliveira de
First Advisor: LIMA, Karla Valéria Batista
First Co-Advisor: CARNEIRO, Irna Carla do Rosário Souza
Title: Perfil epidemiológico, letalidade e caracterização molecular de Pseudomonas aeruginosa multirresistentes, produtoras de metalobetalactamases de isolados clínicos em Unidade de Terapia Intensiva na região Norte
Citation: MATOS, Eliseth Costa Oliveira de. Perfil epidemiológico, letalidade e caracterização molecular de Pseudomonas aeruginosa multirresistentes, produtoras de metalobetalactamases de isolados clínicos em Unidade de Terapia Intensiva na região Norte. 2014. 163 f. Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Pará, Núcleo de Medicina Tropical, Belém, 2014. Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais.
Resumo: A resistência bacteriana é responsável por grandes preocupações quanto ao impacto imediato aos sistemas de saúde. A proposta deste estudo foi determinar as características epidemiológicas, letalidade e aspectos moleculares de Pseudomonas aeruginosa isoladas de pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em hospital de ensino de Belém/Pará e analisar o desempenho do teste de sensibilidade para P. aeruginosa em sistema automatizado VITEK-2 para esclarecimento da resistência. A população do estudo foi constituída de 54 pacientes com infecção por P. aeruginosa internados na UTI adulto, pediátrica e neonatal no período de janeiro de 2010 a março de 2012. Para investigação epidemiológica foram coletados dados demográficos, co-morbidades, tempo de permanência na UTI, classificação dos episódios de Infecção Relacionada à Assistência à Saúde (IRAS), uso de procedimentos invasivos, tipo de infecção, terapia utilizada e desfecho do paciente (alta ou óbito), escore de MacCabe Jackson, APACHE II, escore de Charlson. A identificação bacteriana foi realizada a partir dos testes bioquímicos e do sistema Vitek-2. O teste de sensibilidade foi realizado com a aplicação do método de referência microdiluição em caldo, e a detecção da produção de metalo-beta-lactamase pelo método do duplo disco e pela PCR. A genotipagem por amplificação por meio do sistema DiversiLab. A P. aeruginosa foi o segundo patógeno mais freqüente no hospital e esta ocorrência foi maior na UTI adulto. A infecção respiratória foi predominante na UTI adulto, enquanto a infecção de corrente sanguinea prevaleceu nas UTI neonatal e pediátrica. A multirresistência foi mais encontrada na UTI adulto, a média da faixa etária da população foi de 28 anos com tempo de internação em média de 87,1 dias, a maioria das doenças de base eram potencialmente fatais e os principais fatores de risco para aquisição de infecção por PaMR foram o uso de ventilação mecânica e sonda vesical. Podemos afirmar que após os resultados da metanálise foi possível evidenciar que as cepas MR apresentaram taxa de mortalidade maior, com duas vezes mais chances de ocorrer o óbito, sendo a multirresistência um fator de mau prognóstico em pacientes com infecção por PaMR. Foi detectado quatro isolados produtores da variante blaSPM-1 e na genotipagem figurou a presença de similaridade genética maior que 97%, as variações observadas podem ter relação com pressão seletiva existente na UTI adulto, somada a terapia inadequada. Este estudo mostrou a importância de investigação de infecções por patógenos multirresistentes em unidades críticas, contribuindo para o melhor monitoramento e controle destas infecções.
Abstract: The bacterial resistance is responsible for major concerns about the great problems on health systems. The proposal of this study was to determine the epidemiological, lethality and molecular characteristics of Pseudomonas aeruginosa isolated from patients admitted to the Intensive Care Unit (ICU) in a teaching hospital in city of Belem, Pará, Brazil and analyze the performance of susceptibility testing for P. aeruginosa in automated VITEK -2 to study the antimicrobial resistance. The target people of this study consisted of 54 patients with P. aeruginosa infection at the adult , pediatric and neonatal ICUs from January 2010 to March 2012. For the epidemiological research, demographic data, comorbidities, length of stay were collected. Episodes of Healthcare-associated infections were defined in accordance to Center for Disease Control and Prevention (CDC), use of invasive procedures, previous therapy and patient outcome, Jackson MacCabe score, APACHE II score and Charlson score were documented. The bacterial identification was performed by biochemical tests and VITEK-2 system. The sensitivity test was performed with the application of the method of broth microdilution , and detection of metallo-beta-lactamase by the double disc and PCR method. The test of Genotyping was made by amplification throug DiversiLab system. The P. aeruginosa was the second most common pathogen in the hospital and this occurrence was higher in the adult ICU. The respiratory infection was predominant in the adult ICU, while bloodstream infection was prevalent in pediatric and neonatal ICU. The multidrug resistance was higher in the adult ICU, the average age of patients was 28 years, with an average length of stay of 87.1 days, the diseases were potentially fatal and major risk factors for acquisition of PaMR infection were the use of mechanical ventilation and urinary catheterization. Through the meta-analysis study, we found that infections caused by MR strains showed higher mortality rate, and were twice as likely to death occurs, multidrug resistance a factor of poor prognosis in patients with infection PaMR. Four isolates producers blaSPM-1 variant was detected and genotyping figured the presence of genetic similarity greater than 97%, the changes observed may be related to selective pressure existing in the adult ICU, coupled with inadequate therapy. This study demonstrated the importance of investigations of infections with multidrug-resistant pathogens in critical care units, contributing to these data the possibility of better monitoring and control of these infections.
Keywords: Epidemiologia
Pseudomonas aeruginosa
Infecção por PaMR
Resistência bacteriana
Infecção hospitalar
Belém - PA
Pará - Estado
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::MICROBIOLOGIA::BIOLOGIA E FISIOLOGIA DOS MICROORGANISMOS::BACTEROLOGIA
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::EPIDEMIOLOGIA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Núcleo de Medicina Tropical
Program: Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais
Appears in Collections:Teses em Doenças Tropicais (Doutorado) - PPGDT/NMT

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_PerfilEpidemiologicoLetalidade.pdf6,3 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons