Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/9122
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorABREU JUNIOR, José Maria de Castro-
dc.date.accessioned2017-09-28T14:11:44Z-
dc.date.available2017-09-28T14:11:44Z-
dc.date.issued2012-
dc.identifier.citationABREU JUNIOR, José Maria de Castro. Equinococose neotropicial: um estudo anatomopatológico para auxílio em uma sistematização diagnóstica correlacionada a morfologia. 2012. 71 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Núcleo de Medicina Tropical, Belém, 2012. Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/9122-
dc.description.abstractEquinococcosis is a disease caused by cestodes of the Echinococcus genus, that can be found at the small intestin of animals like bush-dog and domestic dog. Men behave as an accidental host by the ingestion of eggs of the parasite. The larval forms mainly develop at the liver, and sometimes at the lung, causing a cronic diesease that can be easily mistaken by neoplasias. At the State of Pará, North Brazil, there is a great number of cases of this rare diesease, related to Echinococcus vogeli in the Amazon.This study describes six new cases, five in the the liver, and one at the lung, making description a about the kind of inflammatory cells. Fibrosis, giant-cells, calcification and the laminated layer with the typical cerebroid pattern. Rostellar hooklets did not were found. The laminated layer, is not enough to describe the species of Echinococcus, but allows to consider that the worm´s gender is Echinococcus. Even though the number of cases is too small for a statistical analysis, were observed cells that can justify why the disease has a cronic evolution. More works like this, adding more cases are important, because equinococcosis is a neglected diesese.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Parápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectDoenças infecciosas e parasitáriaspt_BR
dc.subjectHistopatologiapt_BR
dc.subjectEquinococosept_BR
dc.subjectDoença hidátidapt_BR
dc.subjectEchinococcus vogelipt_BR
dc.subjectPará - Estadopt_BR
dc.titleEquinococose neotropicial: um estudo anatomopatológico para auxílio em uma sistematização diagnóstica correlacionada a morfologiapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentNúcleo de Medicina Tropicalpt_BR
dc.publisher.initialsUFPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::DOENCAS INFECCIOSAS E PARASITARIASpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::MORFOLOGIA::HISTOLOGIApt_BR
dc.contributor.advisor1BATISTA, Evander de Jesus Oliveira-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2206444845201080pt_BR
dc.contributor.advisor-co1SOARES, Manoel do Carmo Pereira-
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1483308844442427pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/3888150171594943pt_BR
dc.description.resumoEquinococose é uma doença parasitária causada por helmintos do gênero Echinococcus, que podem ser encontrados no intestino de diversos carnívoros silvestres e domésticos. O homem comporta-se como hospedeiro acidental adquirindo a infecção por via oral através da ingestão acidental de ovos de vermes adultos. Após deglutidos e com a liberação do embrião, este aloja-se comumente em órgãos como fígado e pulmão produzindo uma doença de evolução lenta e sintomatologia que assemelha-se a doenças neoplásicas. O Estado do Pará apesar da subnotificação apresenta uma casuística significativa desta rara enfermidade, associada na região ao Echinococcus vogeli. O estudo descreve seis novos casos, cinco localizados no fígado e um no pulmão utilizando microscopia de luz, caracterizando quanto ao tipo de infiltrado inflamatório e componentes celulares presentes. Observou-se fibrose, reação giganto celular, deposição de cálcio e a membrana laminar com seu aspecto cerebroide. Não foram vistos ganchos rostelares. A membrana laminar, não possibilita caracterizar a espécie, mas permite considerar como sendo um parasita do gênero Echinococcus . Ainda que a casuística seja pequena, não permitindo uma análise estatística notam-se achados que justificam uma doença de evolução crônica. Mais estudos como este, que ampliem a casuística são importantes já que a equinococose é uma doença neglicenciada.pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Doenças Tropicaispt_BR
Appears in Collections:Dissertações em Doenças Tropicais (Mestrado) - PPGDT/NMT

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EquinococoseNeotropicialEstudo.pdf5,18 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons