Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/9123
Tipo: Dissertação
Fecha de publicación : 5-may-2015
Autor(es): ARAGÃO, José Ismael Viana de
Primer Orientador: QUARESMA, Juarez Antônio Simões
Primer Coorientador: ARAÚJO, Marizeli Viana de Aragão
Título : Epidemiologia molecular do papilomavírus humano (HPV) em pólipos gástricos e colorretais
Citación : ARAGÃO, José Ismael Viana de. Epidemiologia molecular do papilomavírus humano (HPV) em pólipos gástricos e colorretais. 2015. 61 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Núcleo de Medicina Tropical, Belém, 2015. Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais.
Resumen: A palavra pólipo refere-se a uma lesão macroscopicamente visível ou a um tumor que se projeta a partir de uma superfície epitelial. Os pólipos podem ser classificados como neoplásicos ou não neoplásicos. No Brasil, o câncer em geral configura-se como problema de saúde pública de dimensões nacionais. Com o aumento da expectativa de vida do povo brasileiro e a crescente industrialização e globalização, as neoplasias ganharam maior importância no perfil de mortalidade do país, ocupando o segundo lugar com causa de óbito. Os cânceres gástricos e de colón e reto estão entre os mais prevalentes na população brasileira. O papilomavírus humano (HPV) tem sido relacionado como um fator de risco associado à presença de vários tipos de cânceres. Considerando a capacidade dos pólipos evoluírem para neoplasia este estudo teve como objetivo verificar a prevalência do HPV em pólipos gástricos e colorretais. Foram analisadas 135 amostras de blocos parafinados de pólipos gástricos e colorretais em pacientes maiores de 18 anos de idade residentes no estado do Pará, divididos em três grupos: pólipos hiperplásicos gástricos (PHG), pólipos hiperplásicos de colón (PHC) e pólipos adenomatosos de colón (PAC). As amostras foram coletadas durante procedimentos de endoscopia ou colonoscopia. Para a detecção da presença do HPV foi utilizada a técnica da Reação em Cadeia da Polimerase (PCR). As amostras infectadas pelo HPV foram tipadas para os subtipos de HPV 6, 11, 16, 18, 31, 33, 35, 52 e 58 utilizando sondas específicas em PCR em tempo real. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Núcleo de Medicina Tropical da Universidade Federal do Pará. Os dados obtidos foram armazenados em planilha eletrônica e a análise estatística foi realizada pelo programa SPSS versão 20.0. Dos 135 pólipos coletados, 87 eram de mulheres e 48 em homens, a maioria dos indivíduos participantes do estudo tinha de 50 a 69 anos de idade. Os resultados encontrados indicaram a presença de HPV em 57 amostras (42,2% dos casos). Cinco amostras foram positivas para HPV 18, duas amostras foram positivas para HPV 16 e HPV 35. Uma amostra foi reagente para HPV 31, outra para HPV 33 e para HPV 52 isoladamente. Duas amostras de PAC estavam coinfectadas pelos HPVs 18 e 35. Nenhuma amostra (82,5%) foi positiva para os demais tipos testados. A presença de HPV não apresentou diferença estatisticamente significante entre os grupos (p= 0,306), contudo foi observada significância estatística entre as faixas etárias estudadas (p=0,004). A prevalência do HPV nos pólipos gástricos e colorretais encontrada no presente estudo sugere que a presença do HPV pode ser um fator etiológico importante no desenvolvimento das lesões neoplásicas. Diante disso mais estudos são necessários para afirmar a relação do HPV com o câncer gástrico e de cólon.
Resumen : The word “polyp” refers to a macroscopically visible lesion or to a tumor that protrudes from a epithelial surface. The polyps can be classified as neoplastic or non-neoplasic cells. In Brazil, cancer in general is set as a public health problem of national dimensions. With the life expectancy increase of brazillian people, the growing industrialization and globalization, neoplasms have acquired a larger importance in the country’s mortality profile, raking second place with cause of death. Gastric, colon and rectal cancers are among the most prevalent ones in brazillian population. Human papillomavirus (HPV) has been listed as a risk factor associated with the presence of many kinds of cancers. Considering the capacity of the polyps to evolve into neoplasia, this study aimed to verify the prevalence of HPV in gastric and colorectal polyps. It has been analyzed 135 samples of paraffined blocks of gastric and colorectal polyps in patients over 18 years old residents in the state of Pará, divided into three groups: gastric hyperplastic polyps (GHP), colon hyperplastic polyps (CHP) and colon adenomatous polyps (CAP). The samples were collected during endoscopy or colonoscopy procedures. For detecting the presence of HPV it was used the technique of Polymerase Chain Reaction (PCR). The samples infected by HPV have been typed to HPV subtypes 6, 11, 16, 18, 31, 33, 35, 52 and 58 using specific probes in PCR in real time. This study was approved by the Research Ethics Committee of the Tropical Medicine Center of the Federal University of Pará (UFPA). The obtained data were compiled in a spreadsheet and the statistical analysis was performed by the software SPSS 20.0. 135 polyps were identified (87 in women and 48 in men), the majority of the study participants were between 50 and 69 years old. The obtained results indicate the presence of HPV in 57 samples (42.2% of cases). Five samples were positive for HPV 18, two samples were positive for HPV 16 and HPV 35. One sample was reagent for HPV 31, another for HPV 33 and another isolated for HPV 52. Two samples were co-infected by HPV 18 and 35. No sample (82.5%) was positive for the other tested types. The presence of HPV had no statistically significant difference between the groups (p = 0,306), whereas statistical significance has been found between the studied age groups (p = 0,004). The prevalence of HPV in the gastric and colorectal polyps found in this study suggests that HPV's presence might be an important etiological factor in the development of neoplastic lesions. Therefore further studies are needed to affirm the HPV relationship with gastric and colon cancer.
Palabras clave : Doença sexualmente transmissível
Epidemiologia molecular
Saúde pública
Câncer gástrico
Câncer colorretal
Papilomavírus humano (HPV)
Pólipos
Pará - Estado
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::EPIDEMIOLOGIA
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::CANCEROLOGIA
País: Brasil
Editorial : Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Instituto: Núcleo de Medicina Tropical
Programa: Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Aparece en las colecciones: Dissertações em Doenças Tropicais (Mestrado) - PPGDT/NMT

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
Dissertacao_EpidemiologiaMolecularPapilomavirus.pdf731 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este ítem está sujeto a una licencia Creative Commons Licencia Creative Commons Creative Commons