Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/9176
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 2011
metadata.dc.creator: FERNANDES, Adriana Prado
metadata.dc.contributor.advisor1: MARTINS, Luisa Caricio
Title: Prevalência de enteroparasitoses e anemia e suas correlações com estado nutricional das crianças ribeirinhas do furo do Maracujá - Acará/PA
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: FERNANDES, Adriana Prado. Prevalência de enteroparasitoses e anemia e suas correlações com estado nutricional das crianças ribeirinhas do furo do Maracujá - Acará/PA. 2011. 100 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Núcleo de Medicina Tropical, Belém, 2011. Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais.
metadata.dc.description.resumo: Nas últimas décadas houve o reconhecimento que ações de prevenção de doenças e promoção de hábitos de vida saudáveis promovem, na criança, um pleno crescimento e desenvolvimento. Sendo que estas ações só são viáveis através de estudos sobre a população que a criança está inserida. Entretanto, estes benefícios tornam-se inviáveis as crianças que residem em comunidades ribeirinhas, já que os estudos sobre elas são extremamente escassos. Sabe-se que anemia e enteroparasitoses afetam o estado nutricional infantil prejudicando assim, o seu pleno desenvolvimento. Participaram do estudo 80 crianças com idade de 1 a 10 anos, sendo que 45 (56%) eram do sexo feminino e 35 (44%) eram do sexo masculino. Observou-se uma alta prevalência de enteroparasitoses, encontrando estas em todas as crianças. Os parasitas encontrados foram Entamoeba. histolytica/dispar (36,8%), Giardia. lamblia (31,2%), Ascaris. lumbricoides (23,2%), Trichuris. trichiura (4,8%), ancilostomídeos sp (2,4%) e Strongiloydes.stercoralis (1,6%). Houve também uma elevada prevalência de anemia (77,5%), observando-se que crianças de 1-5 anos de idade eram as mais atingidas. A correlação de anemia e deficiência de ferro sérico foi significante (p= 0.0001), já que, 91% das crianças estavam anêmicas e com deficiência de ferro. O mais surpreendente neste trabalho foi que 72,5% das crianças estavam eutróficas, perante tanto parasitismo intestinal e anemia. Não se achou quase nenhum estudo referente a estas variáveis na população infantil ribeirinha, mas só pelo que observamos e os resultados obtidos nos mostra um contexto marcado por precárias condições de vida.
Abstract: In recent decades there has been recognition that the actions of disease prevention and promoting healthy lifestyles promoted in the child a full growth and development. Since these actions are only viable means of population studies that the child is inserted. However, these benefits become unmanageable children who live in coastal communities, since these studies are extremely scarce. It is known that anemia and intestinal parasitic infections affect child nutritional status thus hindering the full development. The study include 80 children aged 1-10 years, and a 45 (56%) were female and 35 (44%) were male. We had a high prevalence of intestinal parasites found in all these children. The parasites found were E. histolytica/dispar (36.8%), G. lamblia (31.2%), A. lumbricoides (23.2%), T. trichiura (4.8%), hookworm (2.4%) and passing S. stercoralis (1.6%). There was also a high prevalence of anemia (77.5%), noting that children of 1-5 years of age were the hardest hit. The correlation of anemia and deficiency of serum iron was significant (p = 0.0001), since 91% of children were anemic and iron deficiency. The most surprising about this study was that 72.5% of children were well nourished before both intestinal parasites and anemia. We did not observe almost no studies relating to these variables in children riverside, but only by what we watch and shows the results obtained in a context marked by precarious living conditions.
Keywords: Doenças parasitárias
Saúde pública
Nutrição infantil
Parasitoses intestinais
Anemia
Crianças ribeirinhas
Enteroparasitoses
Furo do Maracujá - Acará (PA)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO::DESNUTRICAO E DESENVOLVIMENTO FISIOLOGICO
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::PARASITOLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Medicina Tropical
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Doenças Tropicais (Mestrado) - PPGDT/NMT

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_PrevalenciaEnteroparasitosesAnemia.pdf1,56 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons