Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/9184
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 2012
metadata.dc.creator: GORDON, Ariadne Siqueira de Araujo
metadata.dc.contributor.advisor1: XAVIER, Marília Brasil
Title: Incidência de Hanseniase em menores de 15 anos acompanhados no município de Imperatriz no período de 2004 a 2010
Citation: GORDON, Ariadne Siqueira de Araujo. Incidência de hanseniase em menores de 15 anos acompanhados no município de Imperatriz no período de 2004 a 2010. 2012. 62 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Núcleo de Medicina Tropical, Imperatriz, 2012. Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais.
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo teve como objetivo estimar a incidência global e em casos índices de hanseníase em menores de 15 anos no município de Imperatriz, analisando a distribuição espacial e ações de vigilância preconizadas pelo Ministério da Saúde. Foi um estudo longitudinal, de incidência sobre casos de hanseníase entre menores de 15 anos, retrospectivo, com informações geradas pelas notificações do agravo, retiradas do sistema SINAN NET. A coleta de dados foi feita no mês de junho de 2012, foram investigados 284 pacientes que foram notificados no município de Imperatriz, no período de 2004 a 2010, classificados como caso novo, no modo de entrada. O coeficiente de detecção teve o seu pico máximo no ano de 2005, 83,38/ 100.000 hab. O maior coeficiente de pacientes com Grau de Incapacidade Física (GIF) no diagnostico foi em 2004 onde foi 39,62%. O coeficiente de contatos examinados foi de 24,44%. Quanto á detecção de casos novos, predominou o sexo masculino (51,06%), a cor parda (55,65%), na faixa etária de 10 – 14 anos com 60,22 % e com escolaridades média de 6 a 11 anos de estudo (59,8%). Quanto a classificação e tratamento, o tipo Indeterminada (40,13%) e Tuberculóide (31,68%) prevaleceram, e a PQT Paucibacilar foi o tratamento de escolha em 72,17% dos casos notificados no período. A Incapacidade foi prevalente em 22,2 % de todos os casos. Os dados confirmam a manutenção da hiperendemicidade da hanseníase, especialmente em menores de 15 anos, demonstrando a manutenção da cadeia de transmissão da doença, com indicadores operacionais do programa de controle e vigilância bem aquém dos parâmetros aceitáveis. A distribuição dos casos no município ocorreu na área de maior aglomeração populacional e com condições sanitárias precárias, representadas pelo distrito 4, que é composto principalmente pelos bairros Santa Rita, São Jose e Nova Imperatriz. O numero de contatos examinados foi considerado precário e o indicador operacional que avaliou grau de incapacidade no momento do diagnóstico apresentou-se alto.
Abstract: The present study aimed to estimate the overall incidence and rate of leprosy cases in children under 15 years in the city of Imperatriz, analyzing spatial distribution and surveillance actions recommended by the Ministry of Health was a longitudinal study, the incidence of cases of leprosy among children under 15 years, retrospective information with notifications generated by the offense, aside SINAN NET system. Data collection was conducted in the month of June 2012, 284 patients were investigated that were reported in the city of Imperatriz, in the period 2004-2010, as ranked new case, the input mode. The detection rate had its peak in 2005, 83.38 / 100,000 inhabitants. The highest coefficient of patients with Grade Physical Disability (GIF) at diagnosis was in 2004 where it was 39.62%. The coefficient of contacts investigated was 24.44%. As for the detection of new cases were male (51.06%), the color brown (55.65%), aged 10-14 years with 60.22% and schooling average of 6 to 11 years study (59.8%). Regarding the classification and treatment, the type Indefinite (40.13%) and tuberculoid (31.68%) prevailed, and paucibacillary MDT was the treatment of choice in 72.17% of cases reported in the period. Disability was prevalent in 22.2% of all cases. The data confirm the maintenance of hyperendemicity leprosy, especially in children under 15 years, demonstrating the maintenance of the chain of disease transmission, with operating indicators for the surveillance and control program well short of acceptable parameters. The distribution of cases in the county occurred in the area of greatest agglomeration and poor sanitary conditions, represented by District 4, which is composed mainly by neighborhoods Santa Rita, San Jose and New Imperatriz. The number of contacts investigated was considered precarious and operational indicator that assessed degree of disability at diagnosis presented above, specifically with GIF II, demonstrating the late diagnosis of leprosy in children under 15 years in the city.
Keywords: Doenças infectocontagiosas
Saúde pública
Hanseníase
Saúde do adolescente
Imperatriz - MA
Maranhão - Estado
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM::ENFERMAGEM DE DOENCAS CONTAGIOSAS
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::EPIDEMIOLOGIA
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Medicina Tropical
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Doenças Tropicais (Mestrado) - PPGDT/NMT

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_IncidenciaHanseniaseMenores.pdf923,28 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons