Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/9206
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 8-Oct-2012
metadata.dc.creator: KHOURY, Eliana Dirce Torres
metadata.dc.contributor.advisor1: PINHEIRO, Maria da Conceição Nascimento
Title: Exposição ao mercúrio: avaliação neurológica com ênfase na investigação somatossensorial quantitativa em ribeirinhos da Amazônia
Citation: KHOURY, Eliana Dirce Torres. Exposição ao mercúrio: avaliação neurológica com ênfase na investigação somatossensorial quantitativa em ribeirinhos da Amazônia. 2012. 94 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Núcleo de Medicina Tropical, Belém, 2012. Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais.
metadata.dc.description.resumo: Apesar das evidencias de níveis de exposição ao mercúrio capazes de produzirem danos neurológicos às comunidades ribeirinhas da bacia do rio Tapajós, poucos estudos clínicos avaliaram alterações de funções neurológicas, principalmente as somatossensoriais, consideradas como as manifestações iniciais da intoxicação por metilmercúrio. Neste estudo avaliaram-se os níveis atuais de exposição ao mercúrio e as manifestações somatossensoriais em ribeirinhos adultos residentes em comunidades situadas em diferentes regiões hidrográficas. Duas, na bacia do Tapajós e uma na bacia do Tocantins. Participaram do estudo 78 ribeirinhos em Barreiras, 30 em São Luís do Tapajós (bacia do Tapajós) e 49 no Furo do Maracujá (Tocantins), com idade entre 13 e 53 anos, de ambos os sexos. Concentrações de mercúrio total foram quantificadas em cabelo através da espectrofotometria de absorção atômica e a avaliação neurológica foi realizada por exame convencional e através de medidas quantitativas para sensibilidade tátil por monofilamentos de Semmes-Weinstein, sensibilidade vibratória e discriminação de dois pontos. As concentrações de mercúrio nas comunidades da bacia do Tapajós foram maiores que a do Tocantins (p<0,0001). A avaliação das alterações neurológicas não mostrou diferença significativa entre as comunidades das áreas exposta e controle para as alterações observadas através do exame neurológico convencional, exceto para desvio da marcha (p <0,05). Os limiares do tato por monofilamentos de Semmes-Weinstein, exceto para o peito esquerdo; vibração, exceto para o esterno superior, e da discriminação de dois pontos foram maiores nos indivíduos em área de exposição quando comparados com os da área controle (p<0,05). Na correlação dos limiares com as concentrações atuais do Hgtotal no cabelo, correspondência diretamente proporcional só foi observada para os limiares do tato por monofilamentos de Semmes-Weinstein do lábio inferior (p-valor<0,0001). Conclui-se que alterações somatossensoriais leves predominaram nas áreas de exposição ao metilmercúrio. Manutenção do monitoramento da exposição, orientação em relação às medidas de saúde pública e novos estudos clínicos utilizando testes somatossensoriais quantitativos são necessários para esclarecimento da ocorrência de casos clínicos de intoxicação nas áreas ribeirinhas contaminadas por mercúrio.
Abstract: Despite evidence that exposure levels to mercury can produce neurological damage to the coastal communities of the Tapajos River basin, only a few clinical studies have assessed changes of neurological functions, especially somatosensory disturbance, considered as the initial manifestations of methylmercury poisoning. In this study we evaluated the current levels of exposure to mercury and sensory symptoms in adults from Riverside communities located in different river basins. Two in the Tapajós River basin and one in Tocantins basin. Participating in this study were 78 residents in Barreiras, 30 in São Luís do Tapajós (Tapajós River basin) and 49 in Furo do Maracujá (Tocantins basin), aged between 13 and 53 years, of both sexes. Total hair mercury concentrations were quantified by atomic absorption spectrophotometry and the neurological evaluation was carried out by conventional examination and by quantitative measures for tactile sensation by Semmes-Weinstein monofilaments, vibration sensation and two points discrimination. Concentrations of mercury in the Tapajós River basin communities were higher than that of Tocantins (p<0.0001). The evaluation of neurological changes showed no significant difference between the communities of exposed areas and control for the changes observed by conventional neurological examination, except for gait deviation (p<0.05). Thresholds for tactile sensation by Semmes-Weinstein monofilaments (except for the left chest), vibration sensation (except for the upper sternum) and discrimination of two points were higher in the subjects in the area of exposure when compared with those of the control area (p<0.05). On the correlation of the thresholds with current concentrations of Hgtotal in hair, directly proportional correlation was only observed for the thresholds of tactile sensation by Semmes-Weinstein monofilaments of lower lip (p-value<0.0001). It is concluded that mild changes in the sensitivity thresholds were predominant in the areas of exposure to methylmercury. Maintenance of exposure monitoring, guidance on public health measures and new clinical studies using somatosensory quantitative measures are required for clarification of the occurrence of clinical cases of poisoning in riparian areas contaminated by mercury.
Keywords: Doenças neurológicas
Toxicologia ambiental
Mercúrio
Exposição ambiental
Distúrbio somatossensorial
Ribeirinhos
Pará - Estado
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::NEUROLOGIA
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::FARMACOLOGIA::TOXICOLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Medicina Tropical
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Doenças Tropicais (Mestrado) - PPGDT/NMT

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_ExposicaoMercurioAvaliacao.pdf1,95 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons