Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/9291
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 12-Aug-2011
metadata.dc.creator: MOTA, Tatiane Cristina
metadata.dc.contributor.advisor1: BAHIA, Marcelo de Oliveira
Title: Avaliação in vitro dos efeitos genotóxicos e citotóxicos da droga antimalárica artesunato em linfócitos humanos
metadata.dc.description.sponsorship: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: MOTA, Tatiane Cristina. Avaliação in vitro dos efeitos genotóxicos e citotóxicos da droga antimalárica artesunato em linfócitos humanos. 2011. 45 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2011. Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular.
metadata.dc.description.resumo: O artesunato representa uma das principais drogas utilizadas como antimaláricos em diversos países. É um composto semi-sintético derivado de artemisinina, substancia extraída da planta chinesa Artemisia annua L. Apesar da ampla utilização do artesunato na terapêutica antimalárica, estudos demonstrando seus efeitos genotóxicos e citotóxicos em cultura de linfócitos humanos são ainda hoje quase inexistentes. Portanto, no presente trabalho, avaliamos os efeitos genotóxicos e citotóxicos do artesunato em cultura de linfócitos humanos. Nossos resultados demonstraram aumento significativo (p<0,05) no número de células apoptóticas dos linfócitos, tanto em 24 quanto em 48 h de tratamento. Desta forma, demonstrou-se em nosso trabalho, que o artesunato é uma droga genotóxica e citotóxica em cultura de linfócitos humanos, nas condições avaliadas.
Abstract: Artesunate is one of the main drugs used as antimalarials in various countries. It is a semi-synthetic compound from artemisinin, a substance extracted from the Chinese plant Artemisia annua L. Despite the widespread use of antimalarial artesunato in malaria treatment, studies demonstrating its cytotoxic and genotoxic effects in human lymphocyte cultures are almost nonexistent. Therefore, in this study, we evaluated possible cytotoxic and genotoxic effects of artesunate on cultured human lymphocytes. A significant increase (p <0.05) in the rate of DNA damage and micronucleus frequency was observed after artesunato treatment. We also observed that artesunato induces a statically significant increase (p <0,05) in the number of apoptotic cells in both 24 and 48 h of treatment. Thus, we conclude in our work that artesunate is a highly cytotoxic and genotoxic drug in cultured human lymphocytes.
Keywords: Doenças transmissíveis
Malária
Plasmodium falciparum
Antimaláricos
Artesunato
Linfócitos
Genotoxicidade
Artemisia annua
Artemisinina
Plantas medicinais
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA::MUTAGENESE
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Neurociências e Biologia Celular (Mestrado) - PPGNBC/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AvaliacaoInVitro.pdf1,41 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons