Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/9427
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 14-Feb-2017
metadata.dc.creator: PEREIRA, Fabiana da Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: VIERA, Ima Célia Guimarães
Title: Sustentabilidade da região metropolitana de Belém-Pará sob a ótica de diferentes índices
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: PEREIRA, Fabiana da Silva. Sustentabilidade da região metropolitana de Belém-Pará sob a ótica de diferentes índices. Orientadora: Ima Célia Guimarães Viera. 2017. 96 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Belém, 2017. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/9427. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Na Amazônia, mais de 70% da população vive em áreas urbanas. Esse processo de urbanização é recente e se deu de forma acelerada, o que tem causado diversos problemas socioeconômicos e ambientais, aprofundando ainda mais as desigualdades inter-regionais. A região metropolitana de Belém (RMB) é a segunda maior metrópole da Amazônia, concentrando aproximadamente um terço da população estadual. A RMB apresenta uma série de problemas infraestruturais e ambientais, que influenciam a sustentabilidade. Atualmente, existem várias metodologias de mensuração da sustentabilidade, entretanto, não há um sistema ideal para aplicação, pois é preciso considerar diferentes contextos e escalas. Desta forma, o presente trabalho objetivou analisar a sustentabilidade da RMB através da aplicação de diferentes índices, a fim de se conhecer o grau de sustentabilidade dos municípios que a compõe, e também testar diferentes índices na mesma unidade de análise. Foram aplicados três instrumentos de mensuração da sustentabilidade: Sistema de Índices de Sustentabilidade Urbana – SISU, Barômetro da Sustentabilidade – BS e Painel da Sustentabilidade – PS. Os resultados obtidos mostram que há desigualdade nos índices de sustentabilidade dos municípios da RMB, cujos melhores resultados foram apresentados pelo município núcleo dessa metrópole: Belém. A aplicação do SISU mostrou que há pouca variação no Índice de Qualidade Ambiental – IQA e Índice Desenvolvimento Humano Municipal – IDHM, e que é em relação ao Índice de Capacidade Político Institucional – ICP que esta metrópole representa a maior desigualdade intermunicipal, o que demonstra a necessidade do fortalecimento institucional e político dessa região. Já a aplicação do BS e PS mostrou que Belém e Ananindeua encontram-se em um nível de sustentabilidade melhor que os demais municípios da RMB. Os três instrumentos apresentaram algumas distorções em relação ao ranking dos municípios. Essas distorções podem ser relacionadas, principalmente, com o modo que é feita a interpolação dos dados e como os índices são apresentados, se de forma sintética ou não. Apesar do município de Belém apresentar um desempenho melhor, a avaliação intramunicipal, a partir de suas áreas de ponderação, mostrou que há uma grande desigualdade no município. As áreas mais centrais da capital apresentam os melhores resultados. Já as áreas mais periféricas apresentam resultados insatisfatórios, principalmente em relação às condições ambientais urbanas, infraestrutura e saneamento. Esses resultados mostram que além da avaliação no nível municipal, é necessária a avaliação no nível intramunicipal, uma vez que as médias municipais acabam ocultando as desigualdades existentes.
Abstract: In the Amazon more than 70% of the population lives in urban areas. Its urbanization is recent and has occurred in an accelerated way, which has caused a series of socioeconomic and environmental problems, deepening even more the regional disparities. The metropolitan region of Belém (RMB) is a second largest metropolitan area of the Amazon and it concentrates almost a third of the state population. The RMB presents a series of infrastructure and environmental problems that influence sustainability. Currently, there are several methodologies for measuring sustainability, however, a lot still needs to be learned about the ideal system to be applied in certain contexts and scales. In this way, the present work aimed to analyze the sustainability of the metropolitan area of Belém by application of different indexes, an aim to know the degree of sustainability of the municipalities that compose this region, and also to test different indexes in the same unit of analysis. Three systems of sustainability indexes were applied: Urban Sustainability Indexes System - SISU, Barometer of Sustainability – BS and Dashboard of Sustainability - PS. The results show that there is inequality in the sustainability indexes of municipalities of RMB, whose results were better applied to Belém. The application of the SISU showed little variation in the Index of Environmental Quality - IQA and Municipal Human Development Index - IDHM, and in relation to the Institutional Political Capacity - ICP that this metropolis presents a greater intermunicipal inequality that demonstrates a need of institutional and political strengthening of the region. The application of BS and PS shows that the municipality of Belém, followed by Ananindeua, has a better level of sustainability than the other municipalities in the surrounding area. The three systems present some distortions in relation to the ranking of municipalities. These distortions can be mainly related to the way in which results are interpolated and how the indices are indicated, whether synthetically or not. Although the results for the municipality of Belém presented a better performance, the intra-municipal evaluation showed that there is a great inequality within the municipality. The most central areas have the best results. On the other hand, the peripheral areas presented unsatisfactory results, mainly in relation to urban environmental conditions, infrastructure and sanitation. These results show that in addition to evaluation at the municipal level, evaluation at the intramunicipal level is necessary, since the municipal averages hide the existing inequalities.
Keywords: Urbanização
Sustentabilidade
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: CLIMA E DINÂMICA SOCIOAMBIENTAL NA AMAZÔNIA
metadata.dc.subject.linhadepesquisa: ECOSSISTEMAS AMAZÔNICOS E DINÂMICAS SOCIOAMBIENTAIS
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Museu Paraense Emílio Goeldi
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
MPEG
EMBRAPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Geociências
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Ciências Ambientais (Mestrado) - PPGCA/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_SustentabilidadeRegiaoMetropolitana.pdf3,15 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.