Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/9558
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 3-Nov-2017
metadata.dc.creator: ALVES, Nélisson Clei Ferreira
metadata.dc.contributor.advisor1: RODRÍGUEZ BURBANO, Rommel Mario
Title: Prevalência e associação da infecção gástrica por Helicobacter pylori e do vírus Epstein-Barr em casos de gastrite na população do Amapá
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: ALVES, Nélisson Clei Ferreira. Prevalência e associação da infecção gástrica por Helicobacter pylori e do vírus Epstein-Barr em casos de gastrite na população do Amapá. 2017. 61 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2017. Programa de Pós-Graduação em Neurociências Biologia Celular. Disponível em: <http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/9558>. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A epidemiologia da HP e do vírus Epstein-Barr (EBV) é mundial. A prevalência de ambos os agentes carcinogênicos na população humana mundial é de cerca de 45%. Um estudo recente sugere que coinfecção de EBV com HP cagA positiva, aumenta o potencial oncogênico desta bactéria. O objetivo deste trabalho foi identificar a prevalência da bactéria HP e do EBV e a associação desses patógenos e do gene cagA em pacientes com gastrite na população do Amapá. Foi realizado um estudo descritivo, do tipo transversal, onde foram analisadas 292 amostras de mucosa gástrica de pacientes com gastrite submetidos a endoscopia, com faixa etária entre 14 e 83 anos de idade. Para detecção da HP foi utilizado o teste da Urease e a Reação em Cadeia da Polimerase, esta metodologia também serviu para revelar as cepas cagA positivas da bactéria. Adicionalmente, foi utilizada a técnica de hibridação in situ para detecção do EBV e a análise microscópica que determinou as características histopatológicas da mucosa gástrica. Resultados: Nosso estudo mostrou alta prevalência de casos de HP em pacientes com gastrite com uma frequência relativa de 87,67% dos 292 casos analisados, sendo maior incidência, dos casos positivos para HP, no sexo feminino, 88,27%. A incidência do gene cagA em amostras de pacientes positivos para HP foi de 72,66%, com maior prevalência no sexo feminino, 75,32%. No presente estudo foram encontrados 8,59% dos pacientes com infecção viral causada por EBV em amostras positivas para HP com maior prevalência no sexo masculino, 9,18%. De acordo com a faixa etária nosso estudo mostrou maior prevalência do gene cagA e do EBV em pacientes positivos para HP no segmento entre 44 e 54 anos, com 23,12% e 36,37%, respectivamente. A maioria dos achados deste estudo assemelha-se aos relatos da literatura, contudo, evidenciou-se a necessidade de estudos com maior casuística a fim de melhor esclarecer se há ou não há correlação entre a infecção por HP e EBV no norte do Brasil.
Abstract: The epidemiology of HP and of the Epstein-Barr virus (EBV) is worldwide. The prevalence of both carcinogenic agents, in the world human population is about 45%. A recent study suggests that EBV coinfection with HP cagA positive increases the oncogenic potential of this bacterium. The objective of this study was to identify the prevalence of the bacterium HP and of the virus EBV and the association of those pathogens and of the cagA gene in patients with gastritis in the population of Amapá. A descriptive study was accomplished, of the traversal type, where 292 samples of gastric mucous of the patients were analyzed with gastritis submitted to the endoscopy, age group between 14 and 83 years. For detection of HP, Urease test and Polymerase Chain reaction were used; this methodology was also useful to reveal the positive cagA of the bacterium. Additionally, the technique of in situ hybridization was used for detection of EBV and the microscopic analysis that determined the histopathological characteristics of the gastric mucous. Results: The study showed high prevalence of cases of HP in patients with gastritis with a relative frequency of 87,67% of the 292 analyzed cases, a higher incidence, of HP positive cases, in female, 88,27%. The incidence of the cagA gene in samples of positive patients for HP was 72,66%, higher prevalence in female, 75,32%. In the present study 8,59% of the patients were found with viral infection caused by EBV in positive samples for HP with bigger prevalence in male, 9,18%. According to the age group, the study showed higher prevalence of the gene cagA and of EBV in positive patient for HP in the age group between 44 and 54 years, with 23,12% and 36,37%, respectively. Conclusion: Most of the findings of this study are similar to the reports from the literature, however, it is necessary other studies in order to explain if there is or there is no correlation between the infection for HP and EBV in the north of Brazil.
Keywords: Infecção bacteriana e viral
Epidemiologia, mucosa gástrica
Norte do Brasil
Helicobacter pylori
Epstein-Barr
Infecções por Helicobacter
Infecções por vírus Epstein-Barr
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: BIOLOGIA CELULAR
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOLOGIA GERAL
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::EPIDEMIOLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Neurociências e Biologia Celular (Mestrado) - PPGNBC/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_PrevalenciaAssociacaoInfeccao.pdf893,39 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons