Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/9712
Compartilhar:
Type: Tese
Issue Date: 29-Nov-1989
Authors: FERREIRA, Clara Pantoja
First Advisor: AMARAL, Antonia Cecília Zacagnini
Title: Manguezais do Pará: fauna de galerias perfuradas por teredo em toras de Rhizophora
Sponsor: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: FERREIRA, Clara Pantoja. Manguezais do Pará: fauna de galerias perfuradas por teredo em toras de Rhizophora. 1989. 160 f. Tese (Doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, 1989. Programa de Pós-Graduação em Ecologia. Disponível em: <http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/9712>. Acesso em:.
Resumo: Considerando a reconhecida importância dos manguezais, a grande extensão que ocupam no litoral paraense e para que pudesse conhecer a composição de sua vegetação e demonstrar a importância das galerias perfuradas em toras de madeira, como habitat para diversas populações, foram realizadas coletas cíclicas de toras de Rhizophora. Paralelamente foram medidas a temperatura, pH, salinidade e oxigênio dissolvido da água. A região de estudo foi dividida em 2 ÁREAS. A primeira com 3 Subáreas no manguezal do Igarapé-Curuçambá (Ananindeua), onde as coletas foram efetuadas de abril de 95 a janeiro de 86, a segunda ÁREA com 4 Subáreas, nos municípios de Benevides, ilha de Mosqueiro, Vigia e São Caetano de Odivelas, cujas coletas foram realizadas em julho de 87 e janeiro de 88; estes períodos correspondem as estações seca e chuvosa. Os bosques de mangue de todas ÁREAS são bem desenvolvidos, particularmente os de Vigia e São Caetano de Odivelas que são estruturalmente os mais desenvolvidos. Rhizapbora ffanile foi a espécie dominante nas 2 ÁREAS. Um total de 45 espécies e 5022 indivíduos foram registrados nas galerias das 40 toras de Rhizophora analisadas. CRUSTÁCEA foi o táxon dominante em número de indivíduos e de espécies em quase todas as Subáreas, sendo o Anfipoda Grandidierella bonnieroides a espécie dominante da fauna, representando 43,5% do total dos indivíduos. O alto grau de afinidade da fauna na ÁREA I reflete a grande proporção de espécies comuns a Subáreas. O baixo valor de similaridade entre as Subáreas da ÁREA II, indica que a composição da fauna encontrada nas galerias é influenciada pelas diferentes condições físicas e biológicas a que estão sujeitas as toras de Rbizophora. Os valores relativamente altos de diversidade nas ÁREAS sugerem condições estáveis no interior das galerias, oferecendo possibilidades de adaptações e interações biológicas, que resulta na coexistência de várias espécies no interior das galerias.
Abstract: In view of the large area the mangroves occupy in the State of Para’s coast their well-known importance and with the purpose to investigate their plant composition and to demonstrate the importance of the galleries bored in the logs as an habitat to several populations, periodic collects of Rhizophora lags were conducted. Measurements of temperature, pH, salinity and dissolved oxigen were accomplished. The study region was divided into 2 AREAS. The first one located at the Igarape-Curumbá mangrove (Ananindeua), where the collects were carried cut from April 1985 through January 1986 and the second in the Municípios of Benevides, Belém (Mosqueiro Island), Vigia and São Caetano de Odivelas, in which collects were carried out in July 1987 and January 1988. The mangrove stands from both AREAS are well-developped, specially those from Vigia and São Caetano de Odivelas, that are structurally the most developped. Rhizophora wangle was the dominant species in the 2 AREAS. A total of 45 species and 5022 individuals was recorded from the galleries of the 40 Rhizophora logs analysed. CRUSTACEA was the dominant taxon both for individuals and species numbers in almost all Subareas. The amphipode Grandidierella bonnieroides was the dominant species in the fauna composing 43,5% of the total number of individuals. The high in the AREA I reflects the high proport of common species among Subareas. The low values among the species of the Subareas from AREA II indicates that the composition of the fauna found inside the galleries is affected both by the physical and biological conditions to which the Rhizophora logs are submitted. The relatively high species diversity values of the 2 AREAS suggests the existence of stable conditions inside the galleries, allowing biological adaptations and interactions.
Keywords: Ecologia dos manguezais
Ecologia animal
Rhizophora
Ecologia dos ecossistemas
Mangue
Vegetação de mangue
Teredo
Turu
Concentration Area: ECOLOGIA
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA::ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA::ECOLOGIA APLICADA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Estadual de Campinas
Institution Acronym: UNICAMP
Department: Instituto de Biologia – IB/UNICAMP
Program: Programa de Pós-Graduação em Ecologia – PPGECOL/UNICAMP
metadata.dc.source.uri: http://repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/314854
Appears in Collections:Teses em Ecologia (Doutorado) - PPGECOL/UNICAMP

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_ManguezaisEstadoPara.pdf3.36 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons