Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/9723
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 22-Jun-2011
metadata.dc.creator: MONTEIRO, Maurícia Melo
metadata.dc.contributor.advisor1: BARBOSA, Wagner Luiz Ramos
Title: Papel das plantas medicinais na questão de gênero dentre as mulheres pescadoras-erveiras do espaço Erva Vida Sossego/Marudá/Marapanim
Citation: MONTEIRO, Maurícia Melo. Papel das plantas medicinais na questão de gênero dentre as mulheres pescadoras-erveiras do espaço Erva Vida Sossego/Marudá/Marapanim. 2011. 96 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Meio Ambiente, Belém, 2011. Programa de Pós-Graduação em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia. Disponível em: <http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/9723>. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Trabalhar a perspectiva da implantação da opção terapêutica com plantas medicinais no Sistema Único de Saúde, na vila de Marudá, município de Marapanim no litoral nordeste do Pará, a partir da experiência em etnofarmácia e etnomedicina do grupo feminino Erva Vida, formado por mulheres que antes de serem erveiras, eram pescadoras artesanais, descortinou um universo que perpassa pelas limitações sofridas por questão de gênero, pela persistência, a despeito das limitações, de se manterem unidas, até alcançar a autonomia, que se configurou na produção e comercialização de remédios elaborados com plantas medicinais, com base no saber popular transmitido ancestralmente pela oralidade e que foi revitalizado por essas mulheres. Contando com o aval, o entusiasmo e a cooperação das pescadoras-erveiras, a experiência do Erva Vida foi trabalhada como estudo de caso, utilizando-se técnicas de levantamento qualitativo, como observação participante e rodas de conversa durante a pesquisa de campo que perdurou por 15 meses. Foi traçado um viés, que dialoga com a situação da mulher pescadora (pesca artesanal) e o saber popular sobre o uso de plantas medicinais como remédio. O referencial teórico utilizado procurou prestigiar a boa bibliografia de autores amazônidas sobre as temáticas protagonistas, onde foi possível observar que a questão de gênero na pesca artesanal incomoda e vem sendo estudada pela Academia, assim como fica transparente na leitura dos trabalhos realizados na Amazônia que o uso de plantas medicinais é um saber vivo e interligado à comunidade amazônida ribeirinha ou litorânea. A conclusão da dissertação veio ao encontro do objetivo proposto, conhecer a experiência das pescadoras-erveiras do erva-vida com as plantas medicinais, gerando informações suficientes para compor um memento fitoterápico, necessário para a inclusão da opção terapêutica com plantas medicinais no SUS de Marudá, e, em decorrência, compreender o processo emancipatório das mulheres pescadoras-erveiras advindo do saber apropriado sobre o manuseio e uso de plantas medicinais.
Abstract: Work from the perspective of the deployment option of herbal therapy in the Health System in the village of Marudá, Marapanim municipality on the northeast coast of Pará, from experience in ethnopharmacy and ethnomedicine of women's group Herb Life, formed by women that before working with phytotherapeutic products were artisanal fishers, discerned a universe that pervades through the constraints imposed by the gender issue, by persistence, despite the limitations, of if remaining united until achieve autonomy, that whether configured in the production and marketing of medicines produced with medicinal plants, based on popular knowledge ancestrally transmitted by oral tradition and was revitalized by these women. With the endorsement, enthusiasm and cooperation of the herbalists-fishers, the experience of group Herb Life was worked as a case study, using qualitative survey techniques such as participant observation and chatting groups during the field research that lasted for 15 months. It was Traced a bias, that converses with the situation of fisherwoman (artisanal fishing) and the popular knowledge about use medicinal plants as medicine. Theoretical reference sought to pay tribute to the good bibliography the authors of de Amazon on the thematic protagonists, that it was possible observed that gender issue in artisanal fisheries bothers and has being studied by the Academy, therefore, as is clear in reading the work done in the Amazon that the use of medicinal plants is a learning alive and linked to riverside or coastal communities Amazonian. Conclusion of the dissertation went to meet the proposed goal know the experience of herbalists-fishers of the group herb life with medicinal plants by generating sufficient information to compose a phytotherapic mementum, necessary for the inclusion of the medicinal plants as therapy option in the SUS of Marudá and understand the process of emancipation of women herbalists-fishers, coming from the knowledge appropriate about the handling and use of medicinal plants.
Keywords: Plantas medicinais
Ervas - Uso terapêutico
Etnofarmacologia
Mulheres - Condições sociais
Marudá - PA
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: GESTÃO DOS RECURSOS NATURAIS E DESENVOLVIMENTO LOCAL
metadata.dc.subject.linhadepesquisa: GESTÃO AMBIENTAL
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA::SOCIOLOGIA DA CULTURA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Meio Ambiente
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia (Mestrado) - PPGEDAM/NUMA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_PapelPlantasMedicinais.pdf1,48 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons