Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/9763
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 4-Nov-2010
metadata.dc.creator: MAIA, Fernando Luiz Costa
metadata.dc.contributor.advisor1: BARBOSA, Wagner Luiz Ramos
Title: Etnofarmácia na ilha de Cotijuba
Citation: MAIA, Fernando Luiz Costa. Etnofarmácia na ilha de Cotijuba. 2010. 140 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Meio Ambiente, Belém, 2010. Programa de Pós-Graduação em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia. Disponível em: <http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/9763>. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O crescimento da utilização de plantas medicinais e remédios caseiros se dão por avanços tecnológicos evidentes e pela busca cada vez maior por terapias menos agressivas. Este trabalho objetiva refletir sobre a utilização segura e eficaz das plantas medicinais e remédios caseiros que representam alternativas reais a impossibilidade de acesso aos chamados medicamentos alopáticos sintéticos não disponíveis e, sobretudo, o papel que cumpri a assistência farmacêutica junto a essas populações no sentido de melhor compreender sua utilização como um traço cultural arraigado ao seu cotidiano, suas crenças e vivências. Discute a importância da Etnofarmácia, pois ela nos permite acessar um conhecimento milenar sobre plantas medicinais, conhecer as relações que se estabelecem entre povos ou grupos sociais com remédios caseiros. E ainda, como ela estabelece a necessária correlação entre o uso desses remédios caseiros e suas possíveis ocorrências de intoxicações e efeitos colaterais, na perspectiva de avançar a farmacovigilância. O levantamento etnofarmacêutico, junto aos usuários do SUS, na ilha de Cotijuba, se dá através de entrevistas semi- estruturadas, determinando-se o perfil nosológico do território, a partir da coleta de dados, seleção dos ACS, preparação dos entrevistadores e sistematização e análise dos dados. Durante o levantamento os usuários citaram cerca de 170 espécies vegetais usadas, para os mais diversos problemas. Dessas destaca-se 10 espécies, como sendo as mais citadas, de acordo com a frequência relativa de alegação de uso de cada espécie para um dado agravo (FRAPS). Com isso permitiu-se construir uma proposta de memento fitoterapêutico da ilha. O trabalho, por fim, discute a consolidação da PNPMF e PNPIC, bem como a necessidade da implementação da PEPMF, a importância da Comissão Interna de Farmácia e Fitoterapia e a possibilidade de se elaborar um plano de negócios para a ilha, em áreas degradadas ou em degradação.
Abstract: The growing use of herbal and home remedies can take place through technological advances and the obvious growing search for less aggressive therapies. This paper reflects on the safe and effective herbal and home remedies that represent real alternatives to lack of access to so-called synthetic allopathic drugs are not available, and especially the role that compliance with pharmaceutical care to these populations in order to better understand its use as a cultural trait ingrained in their daily lives, beliefs and experiences. Discusses the importance of Etnopharmacy because it allows us to access ancient knowledge about medicinal plants, learning about the relationships that develop between people or social groups with home remedies. And yet, as it provides the necessary correlation between the use of home remedies and their possible intoxications and side effects, the prospect of moving to pharmacovigilance. The survey etnofarmacêutico, with users of SUS on the island of Cotijuba, takes place through semi-structured interviews, to determine the disease profile of territory, from the data collection, selection of ACS, and systematic preparation of interviewers and data analysis. During the survey the users cited about 170 plant species used for a variety of problems. Of these 10 species stands out as being the most cited, according to the relative frequency of alleged use of each species for a given offense (FRAPS). With this enabled it to build a proposed phytotherapeutic memento of the island. The paper finally discusses the consolidation of PNPMF and PNPIC as well as the need to implement the PEPMF, the importance of the Internal Commission of Pharmacy and Phytotherapy and the possibility of preparing a business plan for the island, on degraded or degradation.
Keywords: Plantas medicinais
Etnofarmacologia
Assistência farmacêutica
Farmacovigilância
Iha de Cotijuba - PA
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FARMACIA::FARMACOGNOSIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Meio Ambiente
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia (Mestrado) - PPGEDAM/NUMA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EtnofarmaciaIlhaCotijuba.pdf1,46 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons