Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8315
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorMIRANDA, Leonardo de Sousa-
dc.date.accessioned2017-05-08T14:38:12Z-
dc.date.available2017-05-08T14:38:12Z-
dc.date.issued2015-05-28-
dc.identifier.citationMIRANDA, Leonardo de Sousa. Filogeografia comparada de aves com distribuição trans-amazônica e trans-andina. 2015. 121 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, 2015. Programa de Pós-Graduação em Zoologia.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8315-
dc.description.provenanceSubmitted by Irvana Coutinho (irvana@ufpa.br) on 2017-05-08T14:37:39Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Tese_FilogeografiaComparadaAves.pdf: 3337628 bytes, checksum: 5035a96d97c51224b6f2cf9dc26c319c (MD5)en
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Irvana Coutinho (irvana@ufpa.br) on 2017-05-08T14:38:12Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Tese_FilogeografiaComparadaAves.pdf: 3337628 bytes, checksum: 5035a96d97c51224b6f2cf9dc26c319c (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2017-05-08T14:38:12Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Tese_FilogeografiaComparadaAves.pdf: 3337628 bytes, checksum: 5035a96d97c51224b6f2cf9dc26c319c (MD5) Previous issue date: 2015-05-28en
dc.description.sponsorshipCAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superiorpt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Parápt_BR
dc.publisherMuseu Paraense Emílio Goeldipt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectSistemática e Taxonomiapt_BR
dc.subjectFilogeografiapt_BR
dc.subjectAvifaunapt_BR
dc.subjectFloresta neotropicalpt_BR
dc.subjectCordilheira dos Andespt_BR
dc.subjectAmazôniapt_BR
dc.titleFilogeografia comparada de aves com distribuição trans-amazônica e trans-andinapt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Ciências Biológicaspt_BR
dc.publisher.initialsUFPApt_BR
dc.publisher.initialsMPEGpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::TAXONOMIA DOS GRUPOS RECENTESpt_BR
dc.contributor.advisor1ALEIXO, Alexandre Luis Padovan-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3661799396744570pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7303341770466881pt_BR
dc.description.resumoAs florestas Neotropicais possuem a avifauna mais rica do mundo, com muitos táxons endêmicos; e os padrões de distribuição e variação fenotípica dos organismos nessa região são muito complexos. Muitas hipóteses já foram propostas para tentar explicar os processos de diversificação que resultaram na atual diversidade e nos padrões de endemismo encontrados nessa região. A maior parte dessas hipóteses não havia sido testada devido à dificuldade de falseação das mesmas num contexto filogenético. Contudo, com o acumulo de informações e a disponibilidade de novos métodos analíticos, estão sendo desenvolvidos trabalhos voltados à análise das hipóteses biogeográficas a partir da descrição e dos testes de suas premissas. Estudos de paleoclimatologia e paleoecologia associados a informações da história geológica de uma área produzem cenários que, por sua vez, levam a formulação de hipóteses de diversificação. O contraste destas hipóteses com os padrões de distribuição e relações filogenéticas entre os organismos pode fornecer informações acerca dos eventos de diversificação que influenciaram a origem das espécies atuais. Dessa forma, o principal objetivo desse trabalho é usar dados moleculares de duas espécies de aves com distribuição trans-Amazônica e trans-Andina para contrastar as hipóteses de diversificação, incorporando informações sobre tempos relativos de divergência, áreas ancestrais e meios de diversificação, e realizando inferências sobre quais eventos no passado podem ter influenciado os processos de cladogênese. E finalmente foi avaliado se os padrões espaciais e temporais de divergência entre os filogrupos das espécies estudadas são congruentes para as mesmas barreiras consideradas (por exemplo, principais rios Amazônicos e a cordilheira dos Andes).pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Zoologiapt_BR
Appears in Collections:Teses em Zoologia (Doutorado) - PPGZOOL/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_FilogeografiaComparadaAves.pdf3,26 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons