Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/11544
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 4-Oct-2012
metadata.dc.creator: MIRANDA, Artur Gustavo Oliveira de
metadata.dc.contributor.advisor1: SOUZA FILHO, Pedro Walfir Martins e
metadata.dc.contributor.advisor-co1: ROLLNIC, Marcelo
Title: Hidrodinâmica e transporte de sedimentos em uma área de manguezal na planície costeira de Bragança, Amazônia Oriental – Brasil
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: MIRANDA, Artur Gustavo Oliveira de. Hidrodinâmica e transporte de sedimentos em uma área de manguezal na planície costeira de Bragança, Amazônia Oriental – Brasil. Orientador: Pedro Walfir Martins e Souza Filho. 2012. 50 f. Dissertação (Mestrado em Geologia e Geoquímica) – Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2012. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11544. Acesso em: .
metadata.dc.description.resumo: Os processos físicos que ocorrem nas áreas de intermarés são de fundamental importância para o ecossistema manguezal, devido o processo de interação existente entre oceanos e estuários, com os manguezais. Os canais de maré apresentam uma das mais importantes e peculiares características dos ambientes costeiros, devido à hidrodinâmica que controla tanto o fluxo das marés quanto a morfologia do canal. Este trabalho tem como objetivo analisar e compreender o processo hidrodinâmico e a dinâmica sedimentar na Planície Costeira de Bragança, especificamente na região conhecida como Canal de Maré do Furo do Meio. Foram realizados levantamentos hidrodinâmicos, medições das propriedades físico-químicas das águas, coleta de sedimentos superficiais, topográficos e quantificação da taxa de sedimentação. Como demonstrou o presente estudo o canal de maré apresentou um fluxo bidirecional bem definido, entretanto na área vegetada pelo mangue apresentou fluxo sem padrão de direção definido, logo a variação dos valores de velocidade de corrente em ambas as unidades morfológicas variaram de acordo com a sazonalidade. A média da concentração de sólidos em suspensão (CSS), entre os meses de março a setembro, mantevese em torno de 400 ppm no canal. Quanto à planície de maré dominada por floresta de mangue, obtivemos média de aproximadamente 21.000 ppm, enquanto que no mês de dezembro esses valores foram inferiores aos registrados nos meses anteriores, onde a máxima CSS no canal foi em torno de 270 ppm e no mangue foi de 1000 ppm. Não houve uma relação direta da CSS entre canal e o manguezal. A elevada CSS no manguezal está associada à remobilização do próprio sedimento na entrada da maré nesta área, não ocorrendo o significativo aporte sedimentar do manguezal para o canal. Alterações da cota topográfica corroboraram com valores adquiridos nas medições dos trapeadores e a variação das classes texturais dos sedimentos entre silte fino e areia fina estão associadas à variação sazonal da hidrodinâmica.
Abstract: The physical processes that occur in intertidal areas are essential for the existence of mangrove ecosystem, due process interaction between oceans and estuaries, with mangroves. The tidal channels represent the most important and peculiar features of coastal environments, due your circulatory system basics which controls both the tidal flow as the channel morphology. This paper presents a set of data to analyze and understand the hydrodynamic process and sediment dynamics in the coastal plain of Bragança, specifically the region known as Furo do Meio tidal channel. At this region were carried out topographic and hydrodynamic collection of data, physicochemical properties of water measurements, surficial sediment collection, and quantification of sedimentation rate according the seasonality pattern (March, July, September and December). As this study demonstrated, the tidal channel presented a well defined bidirectional flow, though the area vegetated by mangrove presented a turbulent flow, so the variation of current speed in both morphological units vary according to seasonality. The average concentration of suspended solids (CSS), between the months from March to September, remained at around 400 ppm in the channel. To the tidal flat dominated by mangrove forest, an average of approximately 21,000 ppm was obtained, while in the month of December, these values were lower than those recorded in previous months, where the maximum CSS in the channel was around 270 ppm and in the mangrove was 1000 ppm. There was not a direct relationship between the CSS and the mangrove channel, where high CSS in the mangrove is associated with the remobilization of the sediment itself at tide input in this area; there was not a significant sedimentary input of mangrove to the channel. Changes in topographical elevation corroborates the values obtained in measurements of trappers and the variation of sedimentary textural classes between fine silt and fine sand are associated with the seasonal hydrodynamic variation.
Keywords: Sedimentação e depósitos
Hidrodinâmica
Manguezais
Bragança - PA
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: GEOLOGIA
metadata.dc.subject.linhadepesquisa: GEOLOGIA MARINHA E COSTEIRA
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Geociências
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Geologia e Geoquímica
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Geologia e Geoquímica (Mestrado) - PPGG/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_HidrodinamicaTransporteSedimentos.pdf2,2 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons