Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/11682
Tipo: Dissertação
Data do documento: 23-Set-2013
Autor(es): PAVANELLI, Sergio
Primeiro(a) Orientador(a): TOURINHO, Emmanuel Zagury
Título: Avaliação de um procedimento de aproximação sucessiva sobre a seleção de uma prática cultural complexa
Título(s) alternativo(s): Evaluation of a successive approximation procedure for the selection of a complex cultural practice
Citar como: PAVANELLI, Sergio. Avaliação de um procedimento de aproximação sucessiva sobre a seleção de uma prática cultural complexa. Orientador: Emmanuel Zagury Tourinho. 2013. 67 f. Dissertação (Mestrado em Teoria e Pesquisa do Comportamento) - Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento, Universidade Federal do Pará, Belém, 2013. Disponível em: . Acesso em:.
Resumo: O campo de estudos da seleção cultural tem se tornado mais consistente teórica e empiricamente no âmbito da análise do comportamento, especialmente a partir da consolidação do conceito de metacontingências proposto por Sigrid S. Glenn. No nível alcançado pelas investigações empíricas, uma questão desafiadora se refere à complexidade que os fenômenos culturais normalmente apresentam. Cavalcanti (2012) avaliou a possibilidade de aumentar a probabilidade de ocorrência de contingências comportamentais entrelaçadas (CCEs) mais complexas por meio de um procedimento de aproximações sucessivas (análogo à modelagem de respostas operantes) em uma tarefa que envolvia a escolha de linhas de uma matriz por membros do grupo. O presente estudo foi conduzido no Laboratório de Comportamento Social e Seleção Cultural desta Universidade (LACS/UFPA) e consistiu de uma replicação do primeiro experimento de Cavalcanti com acréscimo das seguintes alterações no procedimento: a) introdução da mudança de gerações; b) não alternância da ordem de escolha da linha pelos membros de cada linhagem da microcultura; e c) utilização de dois conjuntos de critérios para a produção da consequência cultural (um com cada microcultura). Participaram do estudo alunos de graduação provenientes de diversos cursos, exceto de psicologia, distribuídos em duas microculturas (A e B) compostas por 4 participantes posicionados em 4 linhagens diferentes (L1, L2, L3 e L4). Em cada microcultura os 4 participantes trabalharam simultaneamente emitindo respostas individuais (escolha de linhas numa matriz 10x10) que produziam consequências individuais (fichas trocáveis por dinheiro) toda vez que as contingências operantes em vigor (escolha de linhas ímpares) eram atendidas. Independente das contingências operantes houve também a liberação de consequência cultural reforçadora na forma de figuras carimbadas em uma cartela as quais foram trocadas por itens escolares para compor um kit ao final do experimento. A Sessão experimental consistiu em ciclos de tentativas (jogadas efetuadas pelas microculturas) e gerações de participantes. Cada geração correspondeu o equivalente a 20 ciclos de tentativas. A cada geração um novo participante foi inserido em substituição a outro com mais tempo no estudo. As substituições feitas aconteceram dentro de cada linhagem específica. O objetivo geral do estudo foi avaliar os efeitos do procedimento de aumento gradual da complexidade ambiental (critérios exigidos para a produção da consequência cultural) sobre a “modelagem” de práticas culturais, em um contexto de sucessão de gerações. Para as duas microculturas os dados encontrados sugerem a eficácia do procedimento de aumento gradual da complexidade ambiental na produção de CCEs complexas e conferem maior generalidade aos resultados encontrados por Cavalcanti. Todavia, não houve comparação das microculturas expostas ao aumento gradual da complexidade com a exposição continuada de uma microcultura ao ambiente mais complexo. Por essa razão, é possível afirmar que o procedimento análogo de modelagem foi efetivo na produção de CCEs complexas, mas não que foi mais efetivo do que a exposição de uma microcultura, pelo mesmo número de ciclos, continuamente ao ambiente mais complexo.
Abstract: The investigation of cultural selection has become more consistent theoretically and empirically in the Behavior Analysis especially after Sigrid S. Glenn proposed and developes the concept of metacontingencies. At the level reached by empirical investigations, a challenging issue relates to the complexity that cultural phenomena usually present. Cavalcanti (2012) evaluated the possibility of increasing the probability of complex interlocked behavioral contingencies (IBCs) by means of a successive approximation procedure (analogous to modeling operant response) involving a task of choosing rows of a matrix by group members. This study was conducted at the Laboratory of Social Behavior and Cultural Selection of this University (LACS / UFPA) and consisted of a replication with two microcultures, of Cavalcanti's first experiment with addition of the following changes in the procedure: a) introduction of generational change, b) steady order of choice by members of the lineages in the microculture and c) The use of two sets of criteria for the production of cultural consequence (one with each microculture). Study participants were undergraduate students from various courses, excluding psychology, distributed in two microcultures (A and B) consisting of 4 participants positioned in 4 different lines (L1, L2, L3 and L4). In each microculture 4 participants worked simultaneously sending individual responses (choice of lines in a 10x10 matrix) which produced individual consequences (exchangeable chips for money) every time the operant contingencies in place (choice of odd lines) were met. Regardless of operant contingencies was also the release of reinforcing cultural consequence in the form of figures stamped on a card which were exchanged for school items to make up a kit at the end of the experiment. The experimental session consisted of cycles of attempts (moves made by the microcultures) and generations of participants. Each generation corresponded equivalent to 20 cycles of trying. In each generation a new participant was inserted to replace the one with more time in the study. Substitutions made occurred within each specific strain. The general objective of the study was to evaluate the effects of the gradual increase in environmental complexity procedure (criteria required for the production of cultural consequences) on the "modeling" of cultural practices in the context of sucessive generations. For the two microcultures data suggest the efficacy of the procedure of gradual increase in environmental complexity in the production of complex IBCs and provide greater generality to the results found by Cavalcanti. However, the study provided no comparison of microcultures exposed of gradually increasing complexity with continued exposure of a microculture to the more complex environment. For this reason, it is clear that the procedure analogous to modeling was effective in producing complex IBCs, but not that it was more effective than the continuous exposure of a microculture, for the same number of cycles, to the more complex environment.
Palavras-chave: Behaviorismo - Psicologia
Avaliação do comportamento
Comportamento humano
Psicologia experimental
Metacontingências
Aproximação sucessiva
Práticas culturais complexas
Transmissão cultural
Área de Concentração: PSICOLOGIA EXPERIMENTAL
Linha de Pesquisa: ANÁLISE EXPERIMENTAL DO COMPORTAMENTO: BASES EXPERIMENTAIS E HISTÓRICO-CONCEITUAIS
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Instituto: Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento
Programa: Programa de Pós-Graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Fonte: 1 CD-ROM
Aparece nas coleções:Dissertações em Teoria e Pesquisa do Comportamento (Mestrado) - PPGTPC/NTPC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_AvaliacaoProcedimentoAProximacao.pdf1,16 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons