Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/3045
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 30-Mar-2009
Authors: SANTOS, Eneida Canêdo Guimarães dos
First Advisor: ÁLVARES, Maria Luzia Miranda
Title: Mulher comerciária e sindicalismo: relações de gênero, relações de poder (um estudo de caso em Belém do Pará)
Citation: SANTOS, Eneida Canêdo Guimarães dos. Mulher comerciária e sindicalismo: relações de gênero, relações de poder (um estudo de caso em Belém do Pará). 2008. 191 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Belém, 2009. Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais.
Resumo: Esta dissertação pesquisa a participação sociopolítica das comerciárias na direção do Sindicato dos Empregados no Comércio do Pará - SEC/PA fundado em 1926. Em 1954-1956 a primeira mulher assume uma diretoria seguindo-se hiatos dessa presença; 1963-1965 participam três mulheres e novo hiato; 1972-1984, quatro sindicalistas assumem o poder. Na atualidade são oito mulheres entre dezenove diretores, ao todo 116 homens e 18 mulheres na direção. Interessa avaliar os condicionantes dessa situação, supondo-se que a sub-representação feminina deve-se às atividades extra-profissionais e ao padrão cultural sexista persistente nas instituições. Baseado na análise de gênero bidimensional de Fraser, conclui-se que a baixa presença feminina no poder sindical articula-se a fenômenos explicitados nas respostas das lideranças sobre representações dos papéis masculino/feminino desmistificando a ideologia do trabalho feminino como apoio ao masculino. Embora sendo o espaço sindical masculino e nele transitem os dois sexos, urge criar condições paritárias numa junção classe/gênero pautando na agenda sindical demandas femininas, assim gênero faz diferença.
Abstract: This dissertation research to social and political participation of business in the direction of the Trade Union of Employees of Pará - SEC / PA founded in 1926. In 1954-1956 the first woman takes a board according to presence of gaps; 1963-1965 involved three women and a new gap, 1972-1984, four union leaders take power. Currently eight are women between nineteen directors, in all 116 men and 18 women in direction. Appropriate to evaluate the constraints of the situation, assuming that the under-representation of women is due to extra-professional activities and the pattern continued in the sexist cultural institutions. Based on analysis of two-dimensional genus of Fraser, concluded that the low presence of women in trade union power is based on responses to phenomena out of leadership roles on representations of male / female demystify the ideology of women as support to men. Although the space union men and to pass the two sexes, need to create conditions in a joint junction class / gender agenda based on union demands female, so gender makes a difference.
Keywords: Mulheres
Sindicalismo
Belém - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA::OUTRAS SOCIOLOGIAS ESPECIFICAS
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Ciências Sociais (Mestrado) - PPGCS/IFCH

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_MulherComerciariaSindicalismo.pdf4,69 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons